Barcelos

Ambiente | Barcelos sensibiliza proprietários para limpeza das florestas

Ambiente | Barcelos sensibiliza proprietários para limpeza das florestas

Pub

 

 

 

O colóquio “Cuidar da Floresta de Barcelos”, organizado em parceria pelo Município de Barcelos e a Cooperativa Agrícola do concelho, com o apoio da GNR, PSP, Proteção Civil e Amigos da Montanha, realizou-se esta quarta-feira, 3 de abril, no auditório da Câmara Municipal.

 

 

Na abertura da sessão, a vereadora com o pelouro da Fiscalização, Anabela Deus Real, explicou a estratégia municipal na gestão de combustíveis florestais, que coloca a tónica na sensibilização dos proprietários, tendo apresentado resultados muito positivos em 2018.

“Resolvemos adotar uma estratégia diferente, apostámos na pedagogia e correu muito bem, foi uma aposta ganha”, realçou Anabela Real, esclarecendo, posteriormente, em que consistiu a ação do município.

Assim, para o efeito, foram criadas nove equipas, constituídas por dois técnicos municipais, que percorreram as freguesias do concelho, com especial enfoque nas consideradas de maior risco, elucidando os proprietários sobre a nova legislação e o que deveriam fazer.

“Contactámos mais de 700 proprietários. Até 31 de maio de 2018, foram notificados 111 proprietários, sensibilizando-os para fazerem uma limpeza voluntária dos seus terrenos”, referiu a Vereadora, acrescentando que, “efetivamente, não houve necessidade de fazer limpezas coercivas”.

Anabela Deus Real adiantou, ainda, que até 15 de março, o Município de Barcelos fez uma “comunicação escrita a 210 proprietários sensibilizando-os para fazerem as suas limpezas”. Assim, “evita-se que haja denúncias e a aplicação de medidas coercivas”.

Desde o ano passado, a Câmara Municipal tem vindo a realizar o cadastro dos terrenos e respetivos proprietários, no sentido de facilitar o contacto com estes e sensibilizá-los para a limpeza das suas propriedades.

Recorde-se que, nesse âmbito, a Câmara Municipal aprovou em  reunião ordinária do executivo, no dia 19 de abril de 2018, um acordo com a Autoridade Tributária para a  cedência da “informação referente aos dados constantes da matriz predial dos prédios, para efeitos de identificação e notificação dos proprietários ou detentores de imóveis”.

A sessão foi moderada por José Costa, Presidente da Direção da Cooperativa Agrícola de Barcelos, e contou, ainda, com as intervenções de Hermenegildo Abreu, Comandante Operacional Distrital do CDOS, e de representantes da GNR e PSP.

 

**

*

Se chegou até aqui é porque provavelmente aprecia o trabalho que estamos a desenvolver.

Vila Nova é gratuita para os leitores e sempre será.

No entanto, a Vila Nova tem custos associados à sua manutenção e desenvolvimento na rede.

Se considera válido o trabalho realizado, não deixe de efetuar o seu simbólico contributo sob a forma de transferência bancária.

MB Way: 919983404

Netbanking ou Multibanco:

NiB: 0065 0922 00017890002 91
IBAN: PT 50 0065 0922 00017890002 91
BIC/SWIFT: BESZ PT PL

*

Pub

Categorias: Política, Sociedade

Acerca do(a) Autor(a) do artigo

Escreva um comentário

Apenas utilizadores registados podem comentar.