Guimarães

Mobilidade | Discussão Pública do Plano de Mobilidade Urbana Sustentável em curso até final do ano

Mobilidade | Discussão Pública do Plano de Mobilidade Urbana Sustentável em curso até final do ano

 

 

 

 

 

 

No final da reunião do Executivo Municipal de Guimarães, que teve lugar na manhã desta quinta-feira, 15 de novembro, o presidente da Câmara Municipal Domingos Bragança, apelou a todos os vimaranenses para que participem da discussão pública do Plano de Mobilidade Urbana Sustentável, em curso até 31 de dezembro de 2018, sendo realizada uma reunião plenária no dia 7 de dezembro, às 21h30, na Plataforma das Artes e da Criatividade.

 

 

 

Para Domingos Bragança, a participação de todos é muito importante, uma vez que estamos perante um plano que vai determinar o futuro da mobilidade em Guimarães, e onde estão vertidas as estratégias que pretendem dar resposta a 7 áreas de intervenção: A Cidade que Caminha (Rede pedonal e sua qualidade), A Cidade Ciclável (Rede, sistema e incentivo à mobilidade ciclável), A Promoção dos Transportes Públicos (Serviço, Infraestrutura e Material circulante), A Otimização do Sistema Viário (Rede viária, estacionamento e logística), A Integração de Modos (Intermodalidade), As Dinâmicas do Planeamento da Mobilidade (Instrumentos de Planeamento) e A Introdução de Nova Cultura de Mobilidade (Sensibilização e Formação).

O Presidente da Câmara, a esse propósito, destacou alguns dos projetos já discutidos em anteriores reuniões do executivo, como é o caso do fechamento da variante urbana – na ligação desde a saída da autoestrada em Pinheiro, Rodovia de Covas e Mesão Frio –, o descongestionamento da Avenida D. João IV – com a construção de um novo arruamento previsto no projeto do Monte Cavalinho e com uma nova ligação à zona do Teleférico –, a resolução do estrangulamento na rotunda do salgueiral/Rodovia – na saída para o Multiusos –, a mobilidade ciclável e pedonal e o Tramway (ou metro de superfície) que está a ser trabalhado em sede do Quadrilátero e que, segundo Domingos Bragança, poderá  envolver a Área Metropolitana do Porto  e constituir-se como um desígnio nacional.

As peças escritas e desenhadas do Plano Sustentável de Mobilidade Urbana podem ser consultadas no site do Município de Guimarães.

Domingos Bragança referiu-se ainda à anulação do concurso de reabilitação da Estrada Municipal 582, entre Fermentões, Pencelo e Selho S. Lourenço, justificando-a, para além da fundamentação técnico-jurídica, pelo facto do projeto de reabilitação do Parque Industrial de Selho S. Lourenço e Pencelo prever uma intervenção em parte do troço. “Não faz sentido estarmos a intervir agora para, mais tarde, ter que desfazer parte do que foi feito”, explica. “A ambição do executivo é muito maior e bem mais abrangente, pois queremos requalificar a E.M. 582, rua Eng. Duarte do Amaral, em Selho São Lourenço – Pencelo – Fermentões,  o Parque Industrial de Selho S. Lourenço e Pencelo, alargar a Ponte de Aldão, requalificar a rua 24 de Junho em Aldão até ao centro de Atães e intervir com uma rotunda no  entroncamento de ligação a Selho S. Lourenço de quem vem na estrada de São Torcato”, disse Domingos Bragança.

Prevê-se, salvo incidentes processuais, que o lançamento das obras a concurso aconteça durante o 1º trimestre de 2019, sendo o investimento na ordem dos 3 milhões e 500 mil euros.

 

Fonte: Município de Guimarães

 

Se chegou até aqui é porque provavelmente aprecia o trabalho que estamos a desenvolver. 

Vila Nova é generalista, independente, plural e gratuita para os leitores e sempre será. 

No entanto, a Vila Nova tem custos associados à manutenção e desenvolvimento na rede. Só um jornalismo forte pode garantir qualidade no serviço oferecido aos leitores.

Se considera válido o trabalho realizado, não deixe de efetuar o seu contributo, ainda que simbólico, sob a forma de donativo através de multibanco ou netbanking.

NiB: 0065 0922 00017890002 91
IBAN: PT 50 0065 0922 00017890002 91
BIC/SWIFT: BESZ PT PL

 

Pub

Categorias: Política, Sociedade

Acerca do(a) Autor(a) do artigo

Escreva um comentário

Apenas utilizadores registados podem comentar.