Braga

Ensino | Município de Braga contrata 33 assistentes operacionais para as escolas do concelho

Ensino | Município de Braga contrata 33 assistentes operacionais para as escolas do concelho

Pub

 

 

Decorreu esta sexta-feira, 27 de julho, no Salão Nobre da Câmara Municipal de Braga, a cerimónia de assinatura dos contratos de 19 assistentes operacionais que vêm reforçar os vários Agrupamentos de Escolas do concelho, depois de há cerca de 15 dias atrás terem sido contratados outros 14 elementos que irão desempenhar idênticas funções.

 

 

Segundo Ricardo Rio, presidente da Câmara Municipal de Braga, estas novas contratações vêm colmatar as necessidades detetadas no dia-a-dia nos estabelecimentos de ensino e pretendem melhorar o serviço prestado à comunidade educativa do território. “Queremos ter as nossas escolas dotadas de recursos humanos dedicados, com capacidade de responder às exigências atuais, acompanhando as crianças e toda a comunidade educativa”, referiu o autarca na cerimónia que contou também com a presença da vereadora da Educação, Lídia Dias.

O autarca salientou que a contratação destes novos colaboradores, que agora integram os quadros da Autarquia a título definitivo e que se juntam aos primeiros 14 colaboradores, igualmente acabados de recrutar e com contrato assinado no passado dia 16, “vem ajudar a resolver um problema estrutural com que a Câmara Municipal se deparava”.

Estes são os primeiros colaboradores de um grupo mais alargado de assistentes operacionais que o Município de Braga vai contratar por forma a colmatar as necessidades do dia-a-dia das escolas e,

Na ocasião, Ricardo Rio reiterou ainda a intenção de “continuar a reforçar o quadro de assistentes operacionais à medida que as necessidades forem surgindo”.

Aquando da assinatura de contratos do primeiro grupo de novos funcionários, o presidente da Câmara Municipal de Braga, Ricardo Rio, salientaria que “os assistentes operacionais são uma estrutura de apoio imprescindível para o bom funcionamento das escolas, desempenhado um papel fulcral na formação das nossas crianças e jovens”, tendo igualmente sublinhado no momento a importância de conferir a estes profissionais a estabilidade necessária para o adequado desempenho das suas funções, o que resulta da sua integração a título definitivo nos quadros da Autarquia.

Pub

Categorias: Sociedade

Acerca do(a) Autor(a) do artigo

Escreva um comentário

Apenas utilizadores registados podem comentar.