Barcelos

Novo Hospital | Bloco leva Projeto de Resolução à AR para a construção do novo Hospital de Barcelos

Novo Hospital | Bloco leva Projeto de Resolução à AR para a construção do novo Hospital de Barcelos

Pub

Em maio passado, pouco depois de ter sido criada uma Comissão de Defesa do Novo Hospital, o dirigente bloquista de Barcelos José Maria Cardoso comentava na Vila Nova Online: “Se há obra que é urgente há muito, que é consensual e de vontade coletiva, que é uma indispensabilidade cada vez mais evidente, é o da construção de um novo hospital.” Assim dito, assim feito. Amanhã, quarta-feira, 27 de Junho, a Comissão de Saúde da Assembleia da República discute o Projeto de Resolução apresentado pelo Bloco de Esquerda sobre a construção do novo hospital de Barcelos, que também servirá a população do concelho de Esposende.

 

 

O Bloco de Esquerda solicitou o agendamento, para a sessão da comissão desta quarta-feira, do Projeto de Resolução 1724/XIII/3º que “recomenda ao Governo que desencadeie as ações necessárias tendo em vista a construção do novo Hospital de Barcelos”. O Bloco considera que é imperativo que se assuma um compromisso efetivo pela construção do novo hospital de Barcelos e, tanto quanto se sabe, pretende garantir o compromisso de início da construção em 2019 mediante atribuição de verbas para o efeito no Orçamento de Estado para 2019.

No documento entregue na AR, o Bloco de Esquerda afirma que “a população servida pelo Hospital de Barcelos é vasta e merece ter acesso aos cuidados hospitalares de que necessita e aos quais tem direito”. Por isso “Barcelos precisa ter um hospital funcional, capaz de dar resposta diferenciada e de qualidade aos utentes da sua área de referenciação”.

Segundo o Bloco de Esquerda, “o Hospital de Santa Maria Maior, em Barcelos, presta cuidados de saúde à população dos concelhos de Barcelos e Esposende, que ascende a 154 mil pessoas”. Considera este partido político que “apesar da “promessa de construção de um novo hospital, os anos vão passando, os compromissos sucedem-se e a concretização não chega”.

“Ao longo do tempo, o edifício onde funciona atualmente o hospital tem vindo a ser alvo de algumas intervenções pontuais, com vista à melhoria dos espaços existentes, mas o edifício atual não tem mais por onde crescer”. Uma vez que se localiza no centro da cidade, nos dias em que se realiza a feira de Barcelos o acesso ao hospital não é tão simples quanto seria de desejar”, refere o Bloco de Esquerda.

Desta forma, o Bloco de Esquerda pretende que a Assembleia da República recomende ao Governo, que já se comprometeu com a construção da nova infraestrutura, mas sem data marcada para a sua concretização, que “sejam envidados os esforços necessários tendo em vista a construção do novo Hospital de Barcelos; garanta que a gestão no novo Hospital de Barcelos será pública e não uma parceria público privada (PPP); assegure os meios necessários ao normal funcionamento do Hospital de Santa Maria Maior; aprofunde os esforços para a contratação dos profissionais em falta; e proceda à aquisição dos equipamentos necessários e à substituição dos que se encontram obsoletos”.

Pub

Categorias: Política

Acerca do(a) Autor(a) do artigo

Escreva um comentário

Apenas utilizadores registados podem comentar.