Riba d’ Ave | Junta de Freguesia assegura posto local de Correios

Riba d’ Ave | Junta de Freguesia assegura posto local de Correios

Depois de várias manifestações públicas contra o encerramento da Estação de Correios de Riba d’Ave, num processo liderado publicamente pela Junta de Freguesia local, mas que uniu todos os eleitos da localidade em torno desta pretensão, o processo acaba por culminar com a referida Junta a assegurar a manutenção da distribuição postal na freguesia.

Entre outras, as diligências de procura de uma resposta, de preferência a manutenção do status quo vigente, incluíram a realização de uma vigília, a votação de uma moção, por unanimidade, proposta pelo PCP, em que se defendia a reposição dos correios para o setor público como “única forma de garantir às populações um serviço de qualidade e dignidade”, múltiplos contactos com deputados, membros do poder autárquico municipal, bem como da administração da empresa, e uma deslocação ao programa televisivo Prós e Contras na segunda-feira passada, 29 de janeiro, a Junta de Freguesia desta vila do Concelho de Famalicão vai passar a assegurar o serviço dos Correios, até aqui prestado pelo posto local dos CTT.

Susana Pereira, a Presidente da Junta, tentou evitar de todas as formas o fecho do posto dos CTT. “Quando percebemos que o encerramento das atuais instalações era inevitável, tivemos que avançar para o plano B de forma a preservar os superiores interesses da nossa comunidade”, referiu.

Para garantir a manutenção deste serviço público à população, mas também para evitar que o mesmo caísse nas mãos de privados, a Junta de Freguesia, em articulação e com o apoio da Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão, acordou com a administração dos CTT a instalação de um balcão na sede daquela autarquia local, a exemplo do que sucede em diversas outras freguesias do Concelho.

Segundo as informações de que dispomos, este posto de atendimento irá garantir todas as tarefas até agora prestadas no local. No entanto, em idênticas situações não é bem o que tem acontecido, uma vez que a comercialização de produtos financeiros e/ou de poupança não costuma ser atribuição deste tipo de estabelecimentos.

Para o efeito, a Câmara Municipal de Famalicão vai avançar, de imediato, com um conjunto de obras de remodelação e adaptação do espaço da Junta de Freguesia para acolher o novo serviço, que deverá ficar disponível durante o mês de março. A Junta de Freguesia criará um novo posto, admitindo um trabalhador para tratar exclusivamente de todas as questões relacionadas com o serviço postal e que, previamente ao exercício de funções, receberá formação específica sobre a atividade a desenvolver. Em contrapartida, os CTT assumem a respetiva compensação financeira em função do volume do serviço prestado.

Paulo Cunha, o presidente da Câmara Municipal,  afirmou que esta foi a solução encontrada para que “a população ribadavense  não perdesse este serviço essencial à dinâmica da freguesia.” O edil acrescenta ainda que esta “não é a solução que desejávamos, mas é a solução possível tendo em conta a realidade e os interesses maiores da população. Conseguimos manter todos os serviços que eram efetuados no Posto dos Correios, num espaço também central na freguesia, com condições de qualidade.”

Recorde-se que no início de janeiro,  a administração dos CTT anunciou um plano de reestruturação que previa o encerramento, no primeiro trimestre de 2018, de 22 balcões em todo o país, onde se inclui o de Riba de Ave, plano este muito contestado em quase todo o lado, mas em especial em Riba d’Ave.

Na altura, este anúncio gerou muita contestação junto da população e dos autarcas. No entanto, apesar dos protestos, o encerramento do(s) Posto dos Correios vai(ão) mesmo acontecer.

.

Imagem de destaque: Junta de Freguesia de Riba d’ Ave. Aqui passará a funcionar o novo posto de correios local (Imagem: arquivo do Município de Famalicão)

 

.

Pub

Categorias: Sociedade

Acerca do(a) Autor(a) do artigo

Pedro Costa

Diretor e editor.

Escreva um comentário

O seu endereço de email não será publicado.
Campos de preenchimento obrigatório*