13/12 | Maria Gambina traz a sua moda às “Improbabilidades Criativas” famalicenses

13/12 | Maria Gambina traz a sua moda às “Improbabilidades Criativas” famalicenses

As ‘Improbabilidades Criativas’ regressam a Famalicão no próximo dia 13 de dezembro. Desta feita, a convidada é a aclamada estilista Maria Gambina. A designer estará em Famalicão na próxima semana para explicar as várias etapas do processo criativo de uma coleção de moda.

.

.

Maria Gambina – logótipo da marca.

A Improbabilidade Criativa prevista para esta data será dedicada ao Design de Moda e terá como palco o Museu da Indústria Têxtil da Bacia do Ave, em Vila Nova de Famalicão. No centro das atenções, Maria Gambina.

Maria Gambina, cujo verdadeiro nome é Maria Cristina Lopes, para além da sua actividade de estilista, desenvolve também actividade como professora e coordenadora do curso de Moda da Escola Superior de Artes e Design, no ESAD, em Matosinhos. Previamente à sua formação como estilista no CITEX, atual Modatex, Maria Gambina frequentou o curso de Pintura da Escola Superior de Belas Artes do Porto.

Maria Gambina, cuja primeira loja foi aberta na zona da Foz, no Porto, já em 1993, é conhecida por desenhar streetwear, isto é roupas do dia-a-dia sem se preocupar com as modas da época, pelo contrário antes tentando transpor para as suas peças elementos citadinos de cor, alegria e humor que se coadunam perfeitamente com o seu gosto pela música jazz, soul e bossa nova que aprecia – recorde-se aqui que a autora passa também música em alguns bares do Porto. Desenhadora inconvencional, Maria Gambina  apresenta nas suas criações roupas práticas, mas de qualidade e que sejam funcionais e originais. Para o efeito, usa um mix de diversos estilos e materiais.

A autora, nascida em Oliveira de Azeméis, em 1969, criou a sua marca em 1992, com ela tendo ganho o prémio Coup de Lune, promovido pela Air France, e, em Lisboa, venceu o prémio da Bienal de Jovens Criadores da Europa e Mediterrâneo e Sangue Novo da iniciativa Moda Lisboa tendo desenvolvido uma impressionante carreira.

Desde então, tem vindo a apresentar as suas coleções em Portugal e no estrangeiro, participando em inúmeros projetos e desafios lançados por marcas, empresas e instituições. Contudo, Maria Gambina, como tantos autores, viveu já também fases menos boas na sua vida e na sua carreira. Em entrevista ao Público, em 2010, após ter interrompido a sua carreira durante 5 anos, a designer referia que “Parar com a minha marca não foi uma decisão muito fácil. Demorei um ano a tomá-la. Não tinha retorno, estava a criar para o meu umbigo, para o círculo fechado de clientes na Foz. Tinha lucro, mas não o suficiente” (“para pagar à costureira, à modelista, aos empregados das lojas e viver sem preocupações”, acrescentou o matutino).

O principal objetivo desta sétima edição das Improbabilidades Criativas, promovidas pelo Município famalicense, é dotar os formandos de uma maior autonomia no desenvolvimento de projetos de Design de Moda. Recorde-se que a iniciativa tem vindo a ser promovida desde 2015 pelo Gabinete das Indústrias Criativas da Câmara Municipal de Famalicão. As anteriores sessões das “Improbabilidades Criativas” foram dedicadas à música, fotografia, ilustração, pintura, cinema e dança.

As inscrições para a participação na iniciativa, que decorrerá entre as 10h00 e as 17h00, são gratuitas, mas limitadas a vinte participantes, Poderão ser efetuadas mediante contacto através do email:  industriascriativas@vilanovadefamalicao.org.

Aos formandos apenas é solicitado que tragam o seu próprio computador com o software Adobe Photoshop instalado.

 

Imagem de destaque: Maria Gambina (autor desconhecido / Alínea A; fotografia)

 

Pub

Categorias: Agenda

Acerca do(a) Autor(a) do artigo

Pedro Costa

Diretor e editor.

Comentários

Apenas utilizadores registados podem comentar.