7/10 a 20/1/2018 Galeria Municipal Ala da Frente

Artes Plásticas | Jorge Queiroz mostra ‘Uma Certa Quantidade’ em Famalicão

Artes Plásticas | Jorge Queiroz mostra ‘Uma Certa Quantidade’ em Famalicão

Pub

 

 

Jorge Queiroz expõe “Uma Certa Quantidade” na Galeria Municipal Ala da Frente, em Vila Nova de Famalicão. Com a curadoria de António Gonçalves, diretor artístico do espaço, a mostra decorre de 7 de outubro a 20 de janeiro.

 

Jorge Queiroz, a quem muito recentemente foi atribuído o galardão “Prémio Artes Plásticas”, pela Associação Internacional de Críticos de Arte, será o próximo, de entre um conjunto de grandes nomes do panorama artístico nacional, entre os quais Jorge Molder, Rui Chafes, João Queiroz, José Pedro Croft, Pedro Cabrita Reis, Pedro Casqueiro e Alberto Carneiro, a expor na Galeria Ala da Frente, situada  no Palacete Barão da Trovisqueira.

Nesta galeria, referência de contemporaneidade e vanguardismo em Famalicão, sob a designação “Uma Certa Quantidade”, será inaugurada ainda hoje, pelas 18h00, uma exposição de desenho e pintura que ali ficará patente ao público até 20 de janeiro do próximo ano de 2018.

Sobre a exposição, o seu curador e também artista plástico António Gonçalves, salienta que esta “desafia a atenção para o exercício de observação e que potencia uma contemplação e fruição muito particulares onde se possibilita aceder a outros espaços”.

Jorge Queiroz nasceu em Lisboa, em 1966. Expôs o seu trabalho nos Estados Unidos da América e pela Europa, destacando-se as exposições individuais na Fundação Carmona e Costa, Lisboa (2012), Museu de Arte Contemporânea de Serralves, Porto (2007); Horst-Janssen-Museum, Oldenburgo (2006) e no Künstlerhaus Bethanien, Berlin (2004), onde fez uma residência artística.

Jorge Queiroz participou ainda na Bienal de Rennes (2016), 4ª Bienal de Berlim (2006), 26ª Bienal de São Paulo (2004) e na 50ª Bienal de Veneza (2003). Após um longo período a viver em Berlim, atualmente Jorge Queiroz vive e trabalha em Lisboa.

**

*

VILA NOVA, o seu diário digital

Se chegou até aqui é porque provavelmente aprecia o trabalho que estamos a desenvolver.

Vila Nova é cidadania e serviço público.

Diário digital generalista de âmbito regional, a Vila Nova é gratuita para os leitores e sempre será.

No entanto, a Vila Nova tem custos, entre os quais a manutenção e renovação de equipamento, despesas de representação, transportes e telecomunicações, alojamento de páginas na rede, taxas específicas da atividade.

Para lá disso, a Vila Nova pretende produzir e distribuir cada vez mais e melhor informação, com independência e com a diversidade de opiniões própria de uma sociedade aberta.

Como contribuir e apoiar a VILA NOVA?

Se considera válido o trabalho realizado, não deixe de efetuar o seu simbólico contributo sob a forma de donativo através de netbanking ou multibanco (preferencial), mbway ou paypal.

NiB: 0065 0922 00017890002 91

IBAN: PT 50 0065 0922 00017890002 91

BIC/SWIFT: BESZ PT PL

MBWay: 919983484

Paypal: pedrocosta@vilanovaonline.pt

*

Obs: envie-nos os deus dados e na volta do correio receberá o respetivo recibo para efeitos fiscais ou outros.

*

Gratos pela sua colaboração.

*

Pub

Categorias: Agenda, Arte

About Author

Write a Comment

Only registered users can comment.