Obra, que deverá ficar concluída este mês de setembro, é complementar da modernização da rede de rega do concelho

Água | dst constrói estação elevatória para rega em Vila Verde

Água | dst constrói estação elevatória para rega em Vila Verde

 

 

A construtora dst, de Braga, é a empresa responsável pela construção da Estação Elevatória de Cabanelas do Aproveitamento Hidroagrícola de Sabariz – Cabanelas, em Vila Verde. A dst irá também realizar a  modernização da rede de rega concelhia. As duas empreitadas contam ainda com a intervenção da dte – instalações elétricas e hidromecânicas, da tconcrete e da tagregados, empresas do dstgroup.

Adjudicadas pelo valor de 4 202 893,16 euros pela Direção-Geral de Agricultura e Desenvolvimento Rural, as obras integram o Programa Nacional de Regadios e têm como objetivo melhorar as condições de produção para os agricultores, através da instalação de uma rede de rega moderna, que permitirá um melhor aproveitamento dos recursos hídricos da zona. Para além da intervenção hidráulica de captação e pressurização de água foi já construído um sistema de condução da mesma ao longo das parcelas agrícolas.

Com o prazo total de execução de 19 meses, a concretização destes projetos implicou, numa primeira fase, a construção da rede de rega constituída por 21 km de condutas e 150 hidrantes de rega. Está a decorrer a segunda fase, com a construção da Estação Elevatória de Cabanelas que será constituída por três obras, designadas como Edifício de Comando, Laje de RH’s e Tomada de Água. Prevê-se a conclusão do projeto no final de setembro do corrente ano.

O projeto foi elaborado pela COBA, empresa de consultores de engenharia e ambiente com mais de 50 anos de atividade nacional e internacional, posicionando-se como a maior empresa portuguesa nesta especialidade.

A fiscalização da obra cabe à CASP – Engineering & Management, empresa que atua na área da prestação de serviços de projeto de engenharia e arquitetura e da gestão e fiscalização de obras.

Fonte e Imagens: dst

*

Se chegou até aqui é porque provavelmente aprecia o trabalho que estamos a desenvolver.

Vila Nova é gratuita para os leitores e sempre será.

No entanto, a Vila Nova tem custos associados à manutenção e desenvolvimento na rede.

Se considera válido o trabalho realizado, não deixe de efetuar o seu simbólico contributo sob a forma de donativo através de multibanco ou netbanking.

NiB: 0065 0922 00017890002 91
IBAN: PT 50 0065 0922 00017890002 91
BIC/SWIFT: BESZ PT PL

*

Categories: Sociedade

About Author

Write a Comment

Only registered users can comment.