Após alguns meses de teste, medicamentos não provaram a sua eficácia

Saúde | OMS descontinua hidroxicloroquina e combinado de lopinavir e ritonavir para uso contra a Covid-19

Saúde | OMS descontinua hidroxicloroquina e combinado de lopinavir e ritonavir para uso contra a Covid-19

Pub

 

 

 

A OMS vai interromper os estudos avaliação de dois fármacos que estavam a ser testados no combate à Covid-19: a hidroxicloroquina e o combinado de lopinavir e ritonavir. A hidroxicloroquina, medicamento usado no combate à malária e que se tornou bastante conhecido depois da aposta de Donald Trump e dos Estados Unidos na sua utilização para combater a Covid-19, bem como do combinado lopinavir + ritonavir, utilizado no combate à SIDA, foram descontinuados por haver agora certezas da sua ineficácia.

O Comité Diretor Internacional do Estudo de Solidariedade que estava  a ser efetuado na busca de um tratamento eficaz contra a Covid-19 em pacientes hospitalizados formulou esta recomendação de interrupção à luz das evidências comparativas entre de tratamentos de hidroxicloroquina  e o combinado de lopinavir e o ritonavir  com outros tratamentos-padrão, à luz de uma revisão das evidências de todos os ensaios apresentados em Reunião de Cúpula da OMS de 1 a 2 de julho sobre pesquisa e inovação sobre a doença.

Esses resultados provisórios mostram que a hidroxicloroquina e o lopinavir + ritonavir produzem pouca ou nenhuma redução na mortalidade de pacientes com Covid-19 hospitalizados quando comparados ao padrão de atendimento. Os investigadores do estudo de solidariedade interrompem os estudos que vinham a desenvolver de imediato.

Para cada um dos medicamentos, os resultados intermédios também não fornecem evidências sólidas de aumento da mortalidade. Havia, no entanto, alguns sinais de segurança associados nos resultados do laboratório clínico desenvolvido num dos estudos.

Esta decisão aplica-se apenas à condução do estudo de solidariedade em pacientes hospitalizados e não afeta a possível avaliação em outros estudos de hidroxicloroquina ou lopinavir + ritonavir em pacientes não hospitalizados ou como profilaxia pré ou pós-exposição para Covid-19. Os resultados provisórios do estudo de solidariedade estão agora a ser preparados para publicação revista por pares.

 

Fonte e Imagem: OMS

**

*

Se chegou até aqui é porque provavelmente aprecia o trabalho que estamos a desenvolver; e não pagou por isso.

Vila Nova é cidadania e serviço público: diário digital generalista de âmbito regional, independente e pluralé gratuito para os leitores. Acreditamos que a informação de qualidade, que ajuda a pensar e a decidir, é um direito de todos numa sociedade que se pretende democrática.

Como deve calcular, a Vila Nova praticamente não tem receitas publicitárias. Mais importante do que isso, não tem o apoio nem depende de nenhum grupo económico ou político.

Você sabe que pode contar connosco. Estamos por isso a pedir aos leitores como você, que têm disponibilidade para o fazer, um pequeno contributo.

A Vila Nova tem custos de funcionamento, entre eles, ainda que de forma não exclusiva, a manutenção e renovação de equipamento, despesas de representação, transportes e telecomunicações, alojamento de páginas na rede, taxas específicas da atividade.

Para lá disso, a Vila Nova pretende produzir e distribuir cada vez mais e melhor informação, com independência e com a diversidade de opiniões própria de uma sociedade aberta e plural.

Se considera válido o trabalho realizado, não deixe de efetuar o seu simbólico contributo – a partir de 1,00 euro – sob a forma de donativo através de netbanking ou multibanco. Se é uma empresa ou instituição, poderá receber publicidade como forma de retribuição.

Se quiser fazer uma assinatura com a periodicidade que entender adequada, programe as suas contribuições. Estabeleça esse compromisso connosco.

Contamos consigo.

*

NiB: 0065 0922 00017890002 91

IBAN: PT 50 0065 0922 00017890002 91

BIC/SWIFT: BESZ PT PL

Obs: Envie-nos o comprovativo da transferência e o seu número de contribuinte caso pretenda receber o comprovativo de pagamento, para efeitos fiscais ou outros.

*

Pub

Categorias: Ciência, Sociedade

Acerca do(a) Autor(a) do artigo

Escreva um comentário

Apenas utilizadores registados podem comentar.