Aferir efeitos económicos e sociais e procurar mecanismos de apoio na mitigação da crise

Pandemia | PS Famalicão reúne com empresários e associações empresariais

Pandemia | PS Famalicão reúne com empresários e associações empresariais

Pub

 

 

O Partido Socialista de Vila Nova de Famalicão tem vindo, desde há cerca de duas semanas, a promover contactos junto de diversas entidades famalicenses com o objetivo de aferir os efeitos sociais e económicos da crise provocada pela pandemia da Covid-19.

Depois de uma primeira fase em que estes contactos se centraram nas IPSS do Concelho, e que, na realidade, ainda se vão prolongar dada a grande quantidade de instituições deste género no Concelho, a fim de se avaliar questões de caráter social e humanitário, o PS Famalicão desenvolve, agora, também contactos com empresários e associações empresariais famalicenses, com o objetivo de percecionar o entendimento do empresariado para o futuro próximo.

“Ouvir os empresários, perceber as dificuldades e entender as questões de empregabilidade” são, para Eduardo Oliveira, pontos essenciais, para que o PS Famalicão “prossiga dois objetivos: por um lado, encontrar mecanismos que possam ser implementados pela Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão, destinados a apoiar as empresas famalicenses, e, por outro lado, agregar informação relevante, que constitua uma visão realista sobre a retoma económica em Famalicão, encaminhando-a a entidades nacionais com responsabilidade nesta área, a fim de serem implementadas as melhores estratégias para debelar os efeitos nefastos desta crise”.

“O PS de Famalicão continuará a desenvolver contactos com as forças vivas do Concelho, sejam de caráter social, empresarial, desportivo, sindical, e outros, destinados a proceder, sistematicamente, a uma avaliação das condições de desenvolvimento do Concelho, em função das quais apresentará as suas propostas e dará os seus contributos para melhorar a qualidade de vida de todos os Famalicenses”, conclui.

 


Fonte e Imagem: PS

**

*

Se chegou até aqui é porque provavelmente aprecia o trabalho que estamos a desenvolver; e não pagou por isso.

Vila Nova é cidadania e serviço público: diário digital generalista de âmbito regional, independente e pluralé gratuito para os leitores. Acreditamos que a informação de qualidade, que ajuda a pensar e a decidir, é um direito de todos numa sociedade que se pretende democrática.

Como deve calcular, a Vila Nova praticamente não tem receitas publicitárias. Mais importante do que isso, não tem o apoio nem depende de nenhum grupo económico ou político.

Você sabe que pode contar connosco. Estamos por isso a pedir aos leitores como você, que têm disponibilidade para o fazer, um pequeno contributo.

A Vila Nova tem custos de funcionamento, entre eles, ainda que de forma não exclusiva, a manutenção e renovação de equipamento, despesas de representação, transportes e telecomunicações, alojamento de páginas na rede, taxas específicas da atividade.

Para lá disso, a Vila Nova pretende produzir e distribuir cada vez mais e melhor informação, com independência e com a diversidade de opiniões própria de uma sociedade aberta e plural.

Se considera válido o trabalho realizado, não deixe de efetuar o seu simbólico contributo – a partir de 1,00 euro – sob a forma de donativo através de netbanking ou multibanco. Se é uma empresa ou instituição, poderá receber publicidade como forma de retribuição.

Se quiser fazer uma assinatura com a periodicidade que entender adequada, programe as suas contribuições. Estabeleça esse compromisso connosco.

Contamos consigo.

*

NiB: 0065 0922 00017890002 91

IBAN: PT 50 0065 0922 00017890002 91

BIC/SWIFT: BESZ PT PL

Obs: Envie-nos o comprovativo da transferência e o seu número de contribuinte caso pretenda receber o comprovativo de pagamento, para efeitos fiscais.

*

Pub

Categorias: Política

About Author

Write a Comment

Only registered users can comment.