Parceria entre Município, Centros de Saúde e Junta de Freguesia de Nogueira, Fraião e Lamaçães

Saúde | Braga integra programa ‘Diabetes em Movimento’

Saúde | Braga integra programa ‘Diabetes em Movimento’

Pub

 

 

O Município de Braga aderiu ao programa ‘Diabetes em Movimento’, um projeto comunitário de exercício físico para pessoas com diabetes tipo 2. O projeto arrancou este mês de outubro e prolonga-se até junho de 2020. Durante este período, os participantes terão três sessões semanais gratuitas de exercício físico, com uma duração de 90 minutos, no Pavilhão Municipal de Lamaçães.

Em Braga, o projeto acontece em parceria entre o Município de Braga, o Agrupamento de Centros de Saúde (ACES) de Braga e a União de Freguesias Nogueira, Fraião e Lamaçães. Com este programa pretende-se proporcionar à população a prática de exercício físico recomendada para o controlo da diabetes pelas principais organizações científicas internacionais, sem custos diretos para os participantes.

As atividades são monitorizadas por professores de educação física e por enfermeiros, sendo que as sessões envolvem vários tipos de exercício físico (aeróbio, resistido, de agilidade e equilíbrio e de flexibilidade), mas também atividades de educação para a saúde e para a cidadania.

Durante a apresentação do projeto, que decorreu esta terça-feira, 2 de outubro, a vice-presidente do Município de Braga, Sameiro Araújo, referiu que as intervenções comunitárias para a promoção da atividade física “são consideradas como um dos melhores investimentos do Município para promover a atividade física na população, permitindo envolver um número alargado de cidadãos, utilizando os recursos locais já existentes e potenciando ainda a sua interligação”.

A dose semanal deste programa foi testada como ferramenta terapêutica para o tratamento da diabetes tipo 2, sendo todos os participantes acompanhados clinicamente através do controlo da glicemia capilar, da pressão arterial e da intensidade do esforço. Durante este período, decorrerão ainda atividades de educação para a saúde e para a cidadania, de forma a que, no final da intervenção, os utentes obtenham mais saúde e melhor atividade física.

Em Portugal, os números da diabetes têm vindo a crescer desde que há registos, ocupando um lugar na linha da frente dos países europeus com maior prevalência desta doença crónica, sendo que as estimativas apontam para uma prevalência entre 9,8% e 13,3% na população adulta e idosa (mais de um milhão de portugueses).

Braga pretende constitui-se como um modelo de inspiração para o desenvolvimento e disseminação de projetos semelhantes a implementar a nível local, algo que se tem verificado nos últimos anos”, concluiu Sameiro Araújo.

Fonte: Município de Braga; Imagens: (0) George Pagan III, (1) Município de Braga

**

*

Se chegou até aqui é porque provavelmente aprecia o trabalho que estamos a desenvolver.

Vila Nova é cidadania e serviço público.

Diário digital generalista de âmbito regional, a Vila Nova é gratuita para os leitores e sempre será.

No entanto, a Vila Nova tem custos, entre os quais se podem referir, de forma não exclusiva, a manutenção e renovação de equipamento, despesas de representação, transportes e telecomunicações, alojamento de páginas na rede, taxas específicas da atividade.

Para lá disso, a Vila Nova pretende pretende produzir e distribuir cada vez mais e melhor informação, com independência e com a diversidade de opiniões própria de uma sociedade aberta.

Se considera válido o trabalho realizado, não deixe de efetuar o seu simbólico contributo sob a forma de donativo através de mbway, netbanking ou multibanco. Se é uma empresa ou instituição, o seu contributo pode também ter a forma de publicidade.

MBWay: 919983484

NiB: 0065 0922 00017890002 91

IBAN: PT 50 0065 0922 00017890002 91

BIC/SWIFT: BESZ PT PL

*

Pub

Categorias: Política, Sociedade

Acerca do(a) Autor(a) do artigo

Escreva um comentário

Apenas utilizadores registados podem comentar.