Partido recorda encerramento sucessivo de balcões e respetiva degradação da qualidade do serviço

Legislativas | Bloco de Esquerda defende nas ruas de Viana do Castelo renacionalização dos CTT

Legislativas | Bloco de Esquerda defende nas ruas de Viana do Castelo renacionalização dos CTT

Pub

 

 

A candidatura do Bloco de Esquerda pelo círculo eleitoral de Viana do Castelo divulgou ontem, 19 de setembro, a petição em curso pela nacionalização dos CTT nas ruas desta cidade do Alto Minho.

 

 

O Bloco de Esquerda relembra que desde a privatização dos CTT, levada a cabo pelo anterior Governo PSD/CDS, em 2013, já encerraram 84 Estações de Correio em todo o país. Num relatório publicado pela ANACOM, entidade reguladora das comunicações, a 10 Janeiro de 2019, referia-se que “em 2018, os encerramentos de estações de correios pelos CTT – Correios de Portugal levaram a que tenham subido para 33 os concelhos em Portugal que já não têm estações de correios” e “de acordo com informação recebida dos CTT em novembro último, é expectável que o número de concelhos sem estações de correio suba para 48 no curto prazo, o que significa que 15,6% do número total de concelhos, onde residem mais de 411 mil habitantes, ficarão sem uma estação de correios “.

De encerramento em encerramento, considera esta estrutura política que “se delapida o património de uma outrora prestigiada empresa pública e prestadora de um serviço público de proximidade com as populações, agravando-se também todos os problemas de maior isolamento do interior e as assimetrias no país que, todos afirmam, querer combater: Governo, Assembleia da República, Presidência da República, partidos políticos, movimentos de utentes e/ou cidadãos”.

“O critério que tem contado – o da rentabilidade – tem aniquilado as reais necessidades das populações e a correção dos desequilíbrios territoriais que, de um momento para o outro, deixam de poder usufruir diretamente de um serviço público essencial: o serviço de correios, nos termos em que está definido no respetivo Convénio de Qualidade do Serviço Postal Universal”.

Os militantes deste partido político aproveitaram a ocasião para lembrar os cidadãos que podem subscrever uma Petição pública dirigida à Assembleia da República no sentido de forçar um debate que possa conduzir à tomada desta medida.

 

Fonte e Imagem: BE – Viana do Castelo

**

*

Se chegou até aqui é porque provavelmente aprecia o trabalho que estamos a desenvolver.

A Vila Nova é gratuita para os leitores e sempre será.

No entanto, a Vila Nova tem custos associados à manutenção e desenvolvimento na rede.

Se considera válido o trabalho realizado, não deixe de efetuar o seu simbólico contributo sob a forma de transferência bancária.

MB Way: 919983484

Netbanking ou Multibanco:

NiB: 0065 0922 00017890002 91
IBAN: PT 50 0065 0922 00017890002 91
BIC/SWIFT: BESZ PT PL

*

 

Pub

Categorias: Política

Acerca do(a) Autor(a) do artigo

Escreva um comentário

Apenas utilizadores registados podem comentar.