Primeiro romance do farmacêutico e naturopata famalicense

Livros | Rica Sainov lança “Fleur d’Oranger”

Livros | Rica Sainov lança “Fleur d’Oranger”

Pub

 

 

 

Fleur d’Oranger, o primeiro romance de Rica Sainov, pseudónimo de Ricardo Novais, teve o seu lançamento oficial na cidade de Vila Nova de Famalicão no dia 6 de julho, nas instalações da Biblioteca Municipal Camilo Castelo Branco. O livro tinha sido já apresentado na Feira do Livro de Lisboa.

O evento contou com a atuação de um trio de violinistas que interpretaram os temas “Jupiter”  de Gustav Holst e Polovtsian Dances” de Alexander Borodin. Para assinalar o apoio da autarquia à cultura esteve presente o Vereador Leonel Rocha, que brindou a plateia com uma motivadora introdução. Seguiu-se a apresentação do livro pelo autor e um verdadeiro “lançamento do livro”, com Rica Sainov a atirar o livro pelo ar e um dos seus filhos, Lucas, a apanhá-lo. Depois seguiram-se as dedicatórias de praxe e um porto de honra.

O romance, maioritariamente passado na cidade do Porto, mas que nos leva a visitar muitos outros lugares, promete ser a revelação literária deste ano — uma leitura leve e inovadora, excelente para elevar o espírito, que pretende quebrar os velhos padrões culturais da peculiar escrita nacional. Para já está a ser um sucesso em Portugal, mas as expectativas aumentam mediante o particular interesse além-mares, no Brasil, onde também se encontra à venda (no Rio de Janeiro e em São Paulo).

Sinopse:

Gabriel, um menino inteligente e bem-educado, vive aos doze anos de idade, em Fafe, um episódio fantástico e sobrenatural, que o vai catapultar para uma demanda interminável pelo seu verdadeiro propósito de existência.

Ao mudar-se com a sua família para o Porto, vai conhecer o seu inseparável companheiro Damian e também Rodolfo, Daniela e Sara. Eternamente apaixonado por Daniela, nunca dá a devida atenção aos crescentes avanços de Sara.

Com Daniela, Damian e Sara a orbitar constantemente na sua vida, em ciclos de afastamentos e reencontros, deparando-se com novas revelações, decide dedicar-se estrategicamente a uma vida dupla.

Numa senda muito própria, com coragem e determinação, vê-se obrigado a viajar a locais de beleza e de cultura únicos e até a enfrentar uma poderosa organização criminosa.

Um livro original e emocionante que nos vai obrigar a refletir sobre temas tanto supérfluos como profundos das nossas vidas.

 

Imagens: (0, 1) Ricardo Novais, (2) Modus Curandi

**

*

Se chegou até aqui é porque provavelmente aprecia o trabalho que estamos a desenvolver.

Vila Nova é cidadania e serviço público.

Diário digital generalista de âmbito regional, a Vila Nova é gratuita para os leitores e sempre será.

No entanto, a Vila Nova tem custos, entre os quais se podem referir, de forma não exclusiva, a manutenção e renovação de equipamento, despesas de representação, transportes e telecomunicações, alojamento de páginas na rede, taxas específicas da atividade.

Para lá disso, a Vila Nova pretende pretende produzir e distribuir cada vez mais e melhor informação, com independência e com a diversidade de opiniões própria de uma sociedade aberta.

Se considera válido o trabalho realizado, não deixe de efetuar o seu simbólico contributo sob a forma de donativo através de mbway, netbanking ou multibanco.

MBWay: 919983484

NiB: 0065 0922 00017890002 91

IBAN: PT 50 0065 0922 00017890002 91

BIC/SWIFT: BESZ PT PL

*

Pub

Categorias: Cultura

Acerca do(a) Autor(a) do artigo

Escreva um comentário

Apenas utilizadores registados podem comentar.