Construção | Gabriel Couto reconstrói Escola EB2,3 D. Dinis na Quarteira

Construção | Gabriel Couto reconstrói Escola EB2,3 D. Dinis na Quarteira

 

 

 

A construtora Gabriel Couto, que concluiu no final do ano transato o emblemático Centro de Alto Rendimento “The Campus”, localizado na Quinta do Lago, no concelho de Loulé, e depois de ter estado envolvida nas recentes  construções do “Mar Shopping Algarve”, o segundo centro comercial da IKEA Centres em Portugal, e no “Longevity Health & Wellness Hotel”, uma unidade hoteleira de luxo localizada no Alvor, vê agora ainda mais reforçada a sua posição como empresa construtora de referência no mercado algarvio, ao ser selecionada pela Câmara Municipal de Loulé para a Requalificação da Escola EB 23 D. Dinis, localizada em Quarteira, concelho de Loulé.

 

 

Com um valor de adjudicação de 6.200.000,00 € (seis milhões e 200 mil euros), no local de intervenção funciona atualmente 5 edifícios interligados através de passagens exteriores cobertas. Trata-se de um conjunto de edifícios de carácter pavilhonar, cuja tipologia foi repetida um pouco por todo o pais nas décadas de 80 e 90. As lógicas funcionais e construtivas destes encontram-se desadequadas às necessidades atuais.

Esta empreitada tem a assinatura do arquiteto Pedro Mendonça, do atelier de arquitetura “beAbstract”, este projeto de requalificação prevê adequar o número de salas de aula à atual população escolar, resultando num total de 33 espaços, repartidos por: 24 salas de aula; 2 salas de E.V.T.; 1 sala de E.T.; 2 Laboratórios; 2 salas de T.I.C.; 2 salas de música.

A obra, com um prazo global de 630 dias, prevê a demolição integral de todos os edifícios escolares existentes, substituindo-os por uma nova estrutura unificada e adaptada aos critérios funcionais e de conforto contemporâneos.

Para além dos espaços de ensino acima referenciados, a escola albergará a seguinte compartimentação complementar à atividade escolar: um centro de recursos; sala de convívio de alunos; bar e refeitório; cozinha e espaços anexos, espaços administrativos, espaços de trabalho e convívio de docentes, reprografia/papelaria, gabinete médico, gabinete de psicologia; sala de funcionários; instalações sanitárias/balneários/vestiários.

No final desta empreitada de requalificação, a nova escola terá uma área bruta de construção total de quase 7.000 m2, e uma área total de arranjos exteriores 12.000 m2.

“Convictos da importância do presente projeto, cabe-nos referir que a sua viabilização reflete uma postura de excelência de todo um Município e de toda uma Região com o intuito de promover o desenvolvimento e consolidação de saberes, permitindo uma maior motivação aos profissionais e aos alunos», diz Pedro Mendonça, citação que é também corroborada por Carlos Couto, CEO do grupo Gabriel Couto.

Possuidora de um alargado conhecimento e vasta experiência na área da reabilitação e requalificação urbanas, a Gabriel Couto vê, assim, com este projeto, o seu portfólio de obras reforçado nesta área da construção de edifícios escolares, tendo a mesma construído ao longo dos seus 70 anos de atividade mais de uma centena de edifícios escolares de relevo, entre escolas do ciclo preparatório, secundário e universitário.

 

*

Se chegou até aqui é porque provavelmente aprecia o trabalho que estamos a desenvolver.

Vila Nova é gratuita para os leitores e sempre será.

No entanto, a Vila Nova tem custos associados à sua manutenção e desenvolvimento na rede.

Se considera válido o trabalho realizado, não deixe de efetuar o seu simbólico contributo sob a forma de transferência bancária.

MB Way: 919983404

Netbanking ou Multibanco:

NiB: 0065 0922 00017890002 91
IBAN: PT 50 0065 0922 00017890002 91
BIC/SWIFT: BESZ PT PL

*

Pub

Categorias: Economia

Acerca do(a) Autor(a) do artigo

Escreva um comentário

Apenas utilizadores registados podem comentar.