Livros | Zélia Gonçalves: ‘Mãe Tudo / Mai Todo’ pretende promover competências sociais e emocionais nas crianças

Livros | Zélia Gonçalves: ‘Mãe Tudo / Mai Todo’ pretende promover competências sociais e emocionais nas crianças

Pub

 

 

 

Zélia Gonçalves, professora do 1º Ciclo de Ensino Básico no Agrupamento de Escolas Camilo Castelo Branco, em Vila Nova de Famalicão, acaba de lançar ‘Mãe Tudo / Mai Todo‘, um livro “que desenvolve e promove competências sociais e emocionais nas crianças, tais como adaptabilidade, autorregulação, comunicação, pensamento criativo, resiliência e/ou resolução de problemas”.

 

 

Mãe Tudo / Mai Todo‘ é um projeto no domínio da Educação e de Filosofia para crianças, editado pela Associação Portuguesa de Ética e Filosofia Prática (APEFP). Pretende ser uma espécie de pequeno “manual de orientação para professores, uma vez que, sob a forma de sinopse, se relembra como acabar com o comportamento débil da criança em 5 tempos, incluindo ainda diversos planos de aula”. Segundo a autora, o livro inclui “um portefólio de imagens a preto e branco para que possam ser pintadas e, desta forma, a criança poder dar asas à criatividade e treinar a motricidade fina”.

O livro chama-se “Mãe Tudo / Mai Todo”. Na sua base, esteve o “conceito de mãe, em particular no que à doçura da figura materna diz respeito, em que há um tudo que se completa através da imagem e da frase”.

“O entusiasmo pelo despertar consciências de que a mãe é um tudo foi o ponto chave para este livro”, afirma Zélia Gonçalves, “tal como a leveza, mas também a profundidade, das frases que fazem desta obra um livro que tem a convicção e a esperança de fazer pensar e refletir”, mediante momentos de tomada de consciência filosófica adequada à faixa etária dos mais pequenos. “Esta emoção é ainda partilhada  em mirandês e tem um toque especial, o que é uma razão suplementar de motivação para não deixarmos de o ler para aprender”.

A garantia do cheiro a chocolate que desperta os sentidos, tal como o CD incluído no mesmo com a tradução em Língua Gestual Portuguesa e uma música – “Simbiose” – que transcende o espaço, o tempo e transporta em viagem quem a ouve são ainda motivos de interesse suplementar desta obra.

Zélia Gonçalves é mestre em Literatura Moderna e Contemporânea e tem o Curso de Pós-Graduação em Educação Especial e Especialização em Igualdade de Género. Exerce atualmente funções docentes como Professora do 1º Ciclo de Ensino Básico no Agrupamento de Escolas Camilo Castelo Branco, em Vila Nova de Famalicão. É também Formadora – nas áreas de Português; Educação Especial; Sensibilização à Educação Especial, Educação Parental e Igualdade de Género. Zélia Gonçalves é ainda co-autora do livro “Ver de Ver a Diferença”.

 

Fonte: Zélia Gonçalves

 

Se chegou até aqui é porque provavelmente aprecia o trabalho que estamos a desenvolver. 

A Vila Nova é gratuita para os leitores e sempre será. 

No entanto, a Vila Nova tem custos, entre os quais se podem referir, de forma não exclusiva, a manutenção e renovação de equipamento, despesas de representação, transportes e telecomunicações, alojamento de páginas na rede, taxas específicas da atividade.

Se considera válido o trabalho realizado, não deixe de efetuar o seu simbólico contributo sob a forma de donativo através de netbanking ou multibanco.

NiB: 0065 0922 00017890002 91

IBAN: PT 50 0065 0922 00017890002 91

BIC/SWIFT: BESZ PT PL

 

Pub

Categorias: Sociedade

Acerca do(a) Autor(a) do artigo

Escreva um comentário

Apenas utilizadores registados podem comentar.