31/10 Vila Nova de Famalicão

Projeto Rios | Agrupamento de Escolas D. Sancho I sai ao Rio Pelhe para limpar o rio

Projeto Rios | Agrupamento de Escolas D. Sancho I sai ao Rio Pelhe para limpar o rio

Pub

 

 

 

No próximo dia 31 de outubro, quarta-feira, antes do feriado, o Agrupamento de Escolas D. Sancho I propõe-se limpar o rio Pelhe. O ponto de encontro é junto ao rio, no lugar de Moutados, na freguesia de Gavião, concelho de Vila Nova de Famalicão. O mapa abaixo ajuda a chegar ao ponto de encontro.

 

 

A atividade iniciar-se-á pelas 13h30, com almoço partilhado para quem quiser participar de maior comunhão de grupo.

No final de almoço, proceder-se-á à limpeza do rio e plantação árvores junto às margens para que se possa desenvolver uma galeria ripícola. Entretanto, alguns grupos irão proceder à monitorização do rio, preenchendo uma ficha de saída de campo.

Atividade destinada às famílias, para além de cuidar do rio, a atividade pretende promover a Educação Ambiental. Prevê-se que a atividade seja concluída cerca das 16h30.

No final, o rio Pelhe, o único rio que nasce no concelho estará melhor; e Famalicão também.

A atividade é alargada a toda a comunidade, pelo que a população está convidada a juntar-se e a participar nesta ação de limpeza do rio Pelhe. Promovida pelo Agrupamento de Escolas D. Sancho I, conta com a associação ambientalista Famalicão em Transição e do Município de Vila Nova de Famalicão, e insere-se no âmbito do Projeto Rios, coordenadoa nível nacional pela ASPEA – Associação Portuguesa de Educação Ambiental.

A ASPEA – Associação Portuguesa para a Educação Ambiental

Esta asociação, fundada em 1990, tem como objetivo principal o desenvolvimento da Educação Ambiental no ensino formal e não formal. Para levar a cabo este objectivo, desenvolve várias estratégias e acções que são levadas a efeito pelos membros da sua direção e pelos seus sócios, nomeadamente uma conferência anual para professores e outros técnicos interessados na Educação Ambiental, seminários e cursos de formação contínua de professores e de monitores de ambiente, redes de escolas, fomentando a cooperação nacional e internacional, desenvolvimento de recursos pedagógicos, organização de saídas de campo e programas de verão para crianças/jovens,
coopera com as autarquias, divulga as suas actividades e de educação ambiental em revistas da especialidade e através de apresentação de comunicação e participação, efetua conferências nacionais e internacionais e a edição de um boletim semestral. O ‘Projeto Rios‘ é, de entre todos os que desenvolve, aquele que tem tido mais visibilidade no plano nacional.

A Confederação Portuguesa das Associações de Defesa do Ambiente conferiu à ASPEA a Menção Honrosa do Prémio Nacional do Ambiente “Fernando Pereira”, 2003/2004 por se distinguir na sua acção como “amiga do ambiente”.

 

Fontes: Agrupamento de Escolas D. Sancho I, ASPEA e Famalicão em Transição

 

Se chegou até aqui é porque provavelmente aprecia o trabalho que estamos a desenvolver. 

A Vila Nova é gratuita para os leitores e sempre será. 

No entanto, a Vila Nova tem custos. Gostaríamos de poder vir a admitir pelo menos um jornalista a tempo inteiro que dinamizasse a área de reportagem e necessitamos manter e adquirir equipamento. Para além disso, há ainda uma série de outros custos associados à manutenção da Vila Nova na rede.

Se considera válido o trabalho realizado, não deixe de efetuar o seu simbólico contributo sob a forma de donativo através de multibanco ou netbanking.

NiB: 0065 0922 00017890002 91

IBAN: PT 50 0065 0922 00017890002 91

BIC/SWIFT: BESZ PT PL

 

Pub

Categorias: Agenda, Sociedade

Acerca do(a) Autor(a) do artigo

Comentários

Apenas utilizadores registados podem comentar.