Braga

OP 2018 | Município atribui 100 mil euros a projetos do OP Escolar

OP 2018 | Município atribui 100 mil euros a projetos do OP Escolar

 

 

O Município de Braga atribui uma parte do seu orçamento à comunidade educativa, através do Orçamento Participativo Escolar. A votação dos projectos aprovados no Orçamento Participativo Escolar para o ano lectivo 2018/2019 decorreu no Centro de Recursos Educativos, estando os directores dos 13 Agrupamentos e os representantes das respectivas associações de estudantes.

 

 

“Esta é uma forma de atribuir direitos, deveres e responsabilidade à comunidade escolar na medida em que todos os agentes educativos são convidados a identificar, debater e priorizar projectos para as escolas do Concelho”, referiu, Lídia Dias, vereadora da Educação da Autarquia Bracarense.

Dos 17 projectos a votação, os seis mais votados foram: “Memória Descritiva e Justificativa: Espaço Multiusos da Escola EB2/3 de Tadim”, pelo Agrupamento Trigal Santa Maria (18.850€); “Requalificação do Campo das Laranjeiras”, pelo Agrupamento Dr. Francisco Sanches (18.867€); “Laboratório de Robótica e Programação”, pelo Agrupamento André Soares (7.304€); “Remodelação da Sala de Convívio dos Alunos, pelo Agrupamento Braga Oeste (15.065€); “Mochila guardada, Saúde cuidada”, pelo Agrupamento de Celeirós (19.850€) e “Espaços de outra aprendizagem”, pelo Agrupamento Alberto Sampaio (18.694.77€).

Como explicou Lídia Dias, “este é um investimento na ordem dos cem mil euros que difunde uma Educação voltada para a cidadania, tornando os nossos alunos cidadãos a tempo inteiro e promovendo também a participação activa de toda a comunidade educativa. Envolver os mais jovens nas tomadas de decisão e fomentar a democracia participativa é um dos principais ensejos do OP Escolar”.

 

Pub

Categorias: Política, Sociedade

Acerca do(a) Autor(a) do artigo

Escreva um comentário

Apenas utilizadores registados podem comentar.