Cidadãos e famílias sinalizadas pela Ação Social do Município de Famalicão com apoio do Centro de Recolha Oficial (CRO), vulgo canil municipal, para tratamento de cães e gatos

Cheque-veterinário incentiva famílias carenciadas à adoção de animais de companhia

Cheque-veterinário incentiva famílias carenciadas à adoção de animais de companhia

Pub

 

 

As famílias famalicenses com cães ou gatos que não têm condições financeiras para os tratamentos médico-veterinários dos seus animais de companhia vão ter acesso ao cheque-veterinário, criado pela Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão em parceria com a Ordem dos Médicos Veterinários.

A medida abrange também as pessoas que adotem animais no Centro de Recolha Oficial (CRO) de Famalicão e a própria população animal residente no CRO, nomeadamente na vacinação, desparasitação e esterilização para controlar a reprodução.

O “Cheque-Veterinário” representa um investimento inicial de 15 mil euros por parte do Município e tem como objetivo criar uma rede de cuidados primários médico-veterinários para animais em risco, nomeadamente no que se refere à vacinação, desparasitação e esterilização, bem como outros tratamentos e urgências 24 horas. A esta parceria juntaram-se já dez
clínicas veterinárias do Concelho.

Combater o abandono e maus-tratos a animais de estimação

“O abandono e maus-tratos aos animais combate-se criando condições às famílias para conseguirem manter os seus animais em casa”, explica o presidente da Câmara Municipal, Paulo Cunha, acrescentando que “o cheque-veterinário é um apoio ao nível de cuidados de saúde para os animais destinado às famílias carenciadas do concelho, mas também para incentivar a adoção de animais”.

A proposta para a celebração do protocolo entre o Município de Famalicão e a Ordem dos Médicos Veterinários para a adesão ao Plano Nacional de Apoio à Saúde Veterinária para Animais de Companhia em Risco foi aprovada pelo executivo municipal durante a última reunião, que decorreu na semana passada.

A medida resulta do cumprimento de uma promessa eleitoral assumida pelo atual executivo, liderado por Paulo Cunha. Assim, no presente mandato foi criado o pelouro de Defesa dos Animais, pelouro este integrado no de Ambiente, salubridade e Higiene Pública coordenado por Pedro Sena.

 animais de companhia - cães - gatos - município - famalicão - ordem dos veterinários - cheque-veterinário - tratamento - saúde animal - cão - cães - gato - gatos - animais de estimação animais de companhia - cães - gatos - município - famalicão - ordem dos veterinários - cheque-veterinário - tratamento - saúde animal - amadeu - apoio financeiro - famílias carenciadas - famalicão - município - canil municipal - família - cães - gatos - animais de estimação - tratamento - abandono - bem-estar animal

Posso recorrer ao cheque-veterinário? Em que situações? Que fazer?

Em caso de dificuldade de saúde dos seus animais de companhia, os cidadãos e famílias devidamente sinalizadas pela Ação Social do Município de Famalicão dirigem-se diretamente ao pelouro de Defesa dos Animais ou ao Centro de Recolha Oficial (CRO), vulgo canil municipal, e solicitam apoio para assistência médica aos mesmos. Esta poderá, inclusive, ser utilizada mesmo em casos mais graves que envolvam cirurgias. Em seguida é dado o aval pelo Departamento de Ação Social e o proprietário do animal desloca-se a qualquer uma das dez de onze clínicas veterinárias existentes no Concelho que aderiram a este protocolo. No final, o Município acertará contas com a clínica escolhida.

A juntar a este programa o município de Vila Nova de Famalicão está a promover uma campanha de vacinação antirrábica e identificação eletrónica de cães e gatos no concelho, através dos Serviços Veterinários da Câmara Municipal. O serviço arranca esta sexta-feira, 29 de junho, e vai passar por todas as freguesias do concelho.

1ª Página. Clique aqui e veja tudo o que temos para lhe oferecer.vila nova online - jornal diário digital generalista com sede em vila nova de famalicão

VILA NOVA, o seu diário digital. Conte connosco, nós contamos consigo.

Se chegou até aqui é porque provavelmente aprecia o trabalho que estamos a desenvolver.

VILA NOVA é cidadania e serviço público.

Diário digital generalista de âmbito regional, a VILA NOVA é gratuita para os leitores e sempre será.

No entanto, a VILA NOVA tem custos, entre os quais a manutenção e renovação de equipamento, despesas de representação, transportes e telecomunicações, alojamento de páginas na rede, taxas específicas da atividade, entre outros.

Para lá disso, a VILA NOVA pretende produzir e distribuir cada vez mais e melhor informação, com independência e com a diversidade de opiniões própria de uma sociedade aberta. A melhor forma de o fazermos é dispormos de independência financeira.

Como contribuir e apoiar a VILA NOVA?

Se considera válido o trabalho realizado, não deixe de efetuar o seu simbólico contributo sob a forma de donativo através de mbway, netbanking, multibanco ou paypal.

MBWay: 919983484

NiB: 0065 0922 00017890002 91

IBAN: PT 50 0065 0922 00017890002 91

BIC/SWIFT: BESZ PT PL

Paypal: pedrocosta@vilanovaonline.pt

Envie-nos os seus dados e na volta do correio receberá o respetivo recibo para efeitos fiscais ou outros.

Visite também os nossos anunciantes.

Gratos pela sua colaboração.

Publicidade | VILA NOVA: deixe aqui a sua Marca

Pub

Acerca do Autor

Comente este artigo

Only registered users can comment.