Pandemia justifica desresponsabilização social?

Trabalho | Têxtil Adalberto de Santo Tirso despede dezenas de trabalhadores com vínculos precários

Trabalho | Têxtil Adalberto de Santo Tirso despede dezenas de trabalhadores com vínculos precários

Pub

 

 

A administração da Adalberto, inovadora empresa têxtil de Santo Tirso que detém a marca AdStyle, está a despedir todos os trabalhadores com vínculos precários, revela o Esquerda, site noticioso afeto ao BE. A denúncia do facto ocorreu no site Despedimentos.PT, uma plataforma montada por este partido político destinada a dar a conhecer publicamente situações daquilo que é vulgarmente considerado desresponsabilização social.

“Em causa estarão cerca de 50 trabalhadores a quem não estão a ser renovados os contratos a prazo”, decisão que acontece depois de a empresa ter recorrido ao regime de lay-off simplificado e tem vindo a ser muito criticada pelo partido político, mas também por numerosos setores da sociedade.

Possuidores de vínculo direto temporário com a Adalberto, estes trabalhadores estariam antes a trabalhar para a mesma durante cerca de um ano através de intermediação de empresas de trabalho temporário, indicam os relatos agora revelados.

Com esta decisão, a administração atira para o desemprego dezenas de trabalhadores, ocorrência que deixará em apuros as respetivas famílias, depois de ter beneficiado do apoio público para manter a atividade e o emprego, situação da qual o Bloco de Esquerda tem vindo publicamente a discordar e tem mesmo levado a atritos com o Governo.

“Os relatos descrevem a indignação dos trabalhadores perante a decisão da administração, uma vez que, embora seja justificada com o atual contexto, a empresa conseguiu recuperar a sua atividade ao longo da crise sanitária, nomeadamente reconvertendo a produção para o fabrico de máscaras”.  A produção das MOxAd-Tech, nomeadamente, vendidas aos balcões das lojas do Grupo Continente, terá permitido mesmo à empresa aumentar a sua faturação, tendo o sucesso da empresa neste período sido saudado pelo presidente da Câmara Municipal de Santo Tirso.

As denúncias asseguram ainda que, mesmo quando se encontravam em regime de lay-off, alguns funcionários terão sido forçados a trabalhar a partir de casa, embora com cortes salariais.

A Estamparia Adalberto é uma empresa de Rebordões, Santo Tirso, detida pelo atual presidente da Associação Têxtil Portuguesa. Fundada em 1969, inicialmente centrada na estampagem, ampliou muito a sua atividade e tem atualmente cerca de 400 funcionários e vários clientes internacionais.

 

Imagem: Despedimentos.pt

**

*

Se chegou até aqui é porque provavelmente aprecia o trabalho que estamos a desenvolver.

Vila Nova é cidadania e serviço público.

Diário digital generalista de âmbito regional, a Vila Nova é gratuita para os leitores e sempre será.

No entanto, a Vila Nova tem custos, entre os quais se podem referir, de forma não exclusiva, a manutenção e renovação de equipamento, despesas de representação, transportes e telecomunicações, alojamento de páginas na rede, taxas específicas da atividade.

Para lá disso, a Vila Nova pretende pretende produzir e distribuir cada vez mais e melhor informação, com independência e com a diversidade de opiniões própria de uma sociedade aberta.

Se considera válido o trabalho realizado, não deixe de efetuar o seu simbólico contributo sob a forma de donativo através de mbway, netbanking ou multibanco.

MBWay: 919983484

NiB: 0065 0922 00017890002 91

IBAN: PT 50 0065 0922 00017890002 91

BIC/SWIFT: BESZ PT PL

*

Pub

Categories: Sociedade

About Author

Write a Comment

Only registered users can comment.