Consumidores desinformados e desconfiados mas infelizmente também muitas vezes desinteressados das suas escolhas devido a inexistência de mensagens claras

Sustentabilidade | DECO alerta consumidores para produtos mal rotulados como ‘amigos do ambiente’

Sustentabilidade | DECO alerta consumidores para produtos mal rotulados como ‘amigos do ambiente’

Pub

 

 

Pouco informados e muito desconfiados das alegações ambientais – assim se consideram os consumidores europeus que a DECO PROTESTE e outras associações suas parceiras na Euroconsumers ouviram num inquérito desenvolvido a nível europeu sobre o impacto ambiental dos detergentes usados em nossas casas.

Apesar da maioria dos consumidores (70%) prestar pelo menos alguma atenção ao impacto ambiental dos detergentes de uso doméstico quando os compra, apenas 16% se consideram bastante influenciados pelas informações a esse respeito.

São também poucos (12%) os que se consideram estar bem informados sobre o assunto.  Os restantes afirmam que não dispõem da informação mínima necessária, mas também assinalam que enviar os consumidores para os sites dos fabricantes, para obterem mais informação, simplesmente não é eficaz – são muito poucos (2%) os que admitem fazê-lo.

Desinformação, desinteresse, desconfiança

Esta desinformação, e aparente desinteresse, fundam-se na desconfiança com que olham para as alegações ambientais dos detergentes. Quase 60% dos portugueses consideram esta informação mera estratégia de marketing, sem qualquer tradução prática e verdadeira.

Para facilitar a verificação destas mensagens, e a sua veracidade, os consumidores (93%) reclamam uma uniformização da forma de apresentação das alegações ambientais – um logótipo comum ou cores uniformizadas são duas das sugestões apresentadas.

Estes dados estão em linha com as conclusões de uma ação no terreno recentemente dinamizada pela DECO PROTESTE, em conjunto com o Continente, na área da Sustentabilidade – muitos consumidores entendem a importância do tema, mas dizem-se mal informados. Para lá disso, confiam pouco nos argumentos apresentadas por muitos produtos, temendo que não passem de meras estratégias publicitárias.

Em Portugal, o inquérito foi realizado online, entre 25 e 29 de setembro, tendo sido enviado um questionário via e-mail a uma amostra da população portuguesa adulta entre os 25 e os 74 anos. No total, a DECO PROTESTE recebeu 621 respostas válidas, que foram ponderadas de acordo com o género, a idade, a região do País e as habilitações literárias dos inquiridos, por forma a refletirem a realidade nacional.

CLEAN: informação fiável e verificável

Para contribuir para a melhoria deste diagnóstico, a DECO PROTESTE, em conjunto com organizações congéneres de Espanha, Itália e Bélgica, está a desenvolver o projeto CLEAN, que tem como principais objetivos prestar informação fiável e verificável e alertar os consumidores para alegações falsas ou abusivas. Até maio de 2021, o projeto estudará o setor dos detergentes domésticos.

Consumidores mais informados são consumidores mais exigentes.

Imagem: (0) Helena Hertz/Unsplash, (1) Euroconsumers

**

*

VILA NOVA, o seu diário digital

Se chegou até aqui é porque provavelmente aprecia o trabalho que estamos a desenvolver.

Vila Nova é cidadania e serviço público.

Diário digital generalista de âmbito regional, a Vila Nova é gratuita para os leitores e sempre será.

No entanto, a Vila Nova tem custos, entre os quais a manutenção e renovação de equipamento, despesas de representação, transportes e telecomunicações, alojamento de páginas na rede, taxas específicas da atividade.

Para lá disso, a Vila Nova pretende produzir e distribuir cada vez mais e melhor informação, com independência e com a diversidade de opiniões própria de uma sociedade aberta.

Como contribuir e apoiar a VILA NOVA?

Se considera válido o trabalho realizado, não deixe de efetuar o seu simbólico contributo sob a forma de donativo através de mbway, netbanking ou multibanco.

MBWay: 919983484

NiB: 0065 0922 00017890002 91

IBAN: PT 50 0065 0922 00017890002 91

BIC/SWIFT: BESZ PT PL

*

Pub

Categories: Sociedade

About Author

Write a Comment

Only registered users can comment.