Prémio da Fundação BPI la Caixa ajuda a criar unidade móvel de apoio a idosos no respetivo domicílio

Solidariedade | Engenho vai ‘estar [ainda] mais perto de quem precisa’

Solidariedade | Engenho vai ‘estar [ainda] mais perto de quem precisa’

Pub

 

 

A Engenho – Associação de Desenvolvimento Local do Vale do Este, de Arnoso Santa Maria, Vila Nova de Famalicão, foi contemplada com o prestigiado prémio BPI- la Caixa – 2020 com o projeto “Estar Mais Perto de Quem Mais Precisa”. Para o efeito será criada uma unidade móvel de apoio geriátrico que visa restabelecer ou reforçar laços sociais, serviços de proximidade e apoios terapêuticos e de saúde junto dos idosos que estão confinados em casa.

Deste modo, a associação conhecida por cumprir um inestimável papel de apoio social a toda a  comunidade do Vale do Este, poderá ‘estar [ainda] mais perto de quem [mais] precisa’.

Reconhecimento da Fundação BPI la Caixa beneficia comunidade do Vale do Este

Esta unidade, a funcionar muito em breve, vai realizar visitas domiciliárias a pelo menos 60 pessoas idosas em situação de mobilidade reduzida e vulnerabilidade social e de saúde, nas comunidades locais do território de intervenção da Engenho. As primeiras visitas destinam-se a fazer a avaliação diagnóstica e conceber o plano individual de assistência a cada idoso.

“É sempre gratificante receber um prémio, principalmente quando o mesmo tem em vista promover ações e projetos a favor dos outros, muito particularmente dos idosos mais vulneráveis. Este prémio traduz também o reconhecimento do trabalho, o zelo e profissionalismo de todos os colaboradores da Engenho, que, neste tempo duro e difícil de pandemia, têm dado o melhor de si, na linha da frente e numa luta desigual, no apoio aos idosos que cuidam”, sublinhou o presidente da direção da instituição, Manuel Augusto de Araújo.

Unidade móvel com apoio do município famalicense

Esta unidade móvel terá uma equipa multidisciplinar, com o apoio orientado de jovens voluntários. Desenvolverá, assim, sessões individuais de estimulação cognitiva, sensorial e psicomotora pelo menos duas vezes por semana, com cada um dos beneficiários do projeto, para além da prestação de outros serviços básicos. Esta equipa será também responsável por proporcionar contactos regulares com a família e amigos de cada um dos idosos acompanhados.

Paralelamente pretende-se promover a solidariedade intergeracional com voluntariado jovem, e a autonomia dos idosos que estão em casa, aumentando a sua capacidade de resiliência e a dos seus cuidadores.

Relevância social no centro dos apoios do BPI Solidariedade

O prémio atribuído tem o valor de 37.675,00 euros e, de acordo com o projeto, destina-se à aquisição de viatura de nove lugares, aquisição de material de apoio geriátrico e ajudas técnicas. A equipa técnica multidisciplinar – constituída por psicólogo, assistente social, enfermeiro e psicomotricista -, será assumida pela Engenho, com o apoio da Câmara Municipal de V. N. de Famalicão, na qualidade de entidade parceira deste projeto.

É de referir que a Engenho foi a única entidade famalicense premiada nesta edição do Prémio BPI la Caixa ‘Solidariedade’. A nível nacional, apenas 24 de 214 candidaturas concorrentes, sujeitas a avaliação segundo critérios de qualidade, sustentabilidade e relevância dos projetos, beneficiaram deste reconhecimento, nomeadamente a Cruz Vermelha de Braga e o Serviço Jesuíta aos Refugiados.

Solidariedade | Núcleo da Cruz Vermelha Portuguesa de Braga recebe Prémio BPI ‘la Caixa’ Solidário

Imigração | O exemplo inspirador do Serviço Jesuíta aos Refugiados

Imagem: Engenho

**

*

Se chegou até aqui é porque provavelmente aprecia o trabalho que estamos a desenvolver.

Vila Nova é cidadania e serviço público.

Diário digital generalista de âmbito regional, a Vila Nova é gratuita para os leitores e sempre será.

No entanto, a Vila Nova tem custos, entre os quais se podem referir, a manutenção e renovação de equipamento, despesas de representação, transportes e telecomunicações, alojamento de páginas na rede, taxas específicas da atividade.

Para lá disso, a Vila Nova pretende produzir e distribuir cada vez mais e melhor informação, com independência e com a diversidade de opiniões própria de uma sociedade aberta.

Se considera válido o trabalho realizado, não deixe de efetuar o seu simbólico contributo. Pode fazê-lo sob a forma de donativo através de mbway, netbanking ou multibanco.

MBWay: 919983484

NiB: 0065 0922 00017890002 91

IBAN: PT 50 0065 0922 00017890002 91

BIC/SWIFT: BESZ PT PL

*

Pub

Categories: Sociedade

About Author

Write a Comment

Only registered users can comment.