José Macedo: Não deixamos ninguém para trás

Solidariedade | Amigos de S. Vicente e Associação de Moradores das Andorinhas levam conforto aos fregueses

Solidariedade | Amigos de S. Vicente e Associação de Moradores das Andorinhas levam conforto aos fregueses

Pub

 

 

Durante o dia de ontem, 6 de maio, os Amigos da Freguesia de S. Vicente, de Braga, plataforma de cidadania, entregou juntamente com a Associação dos Moradores das Andorinhas, alguns cabazes alimentares junto das famílias mais necessitadas do Bairro. Esta união de sinergias, no âmbito da proteção social, entre estas duas entidades, permite cuidar dos vicentinos nesta altura de pandemia.

“Temos tentado levar algum conforto a quem está confinado, através dos parabéns cantados à porta do aniversariante, e também alguma géneros alimentares que nos foi oferecida por algumas empresas e particulares. Temos também reciclado computadores e entregue às crianças vicentinas que não têm acesso aos mesmos, por dificuldades económicas”, destaca José Macedo, coordenador deste grupo de solidariedade informal.

Além da página do Facebook ter crescido imenso em termos de visitas, atingindo cerca de 25.000  visualizações no último mês de abril, o responsável da plataforma vicentina refere ainda que os Amigos Vicentinos criaram  o grupo “Doar a quem precisa – Amigos S. Vicente”, para que os fregueses possam aí disponibilizar, mediante donativo, tudo o que ainda tenha possa ter vida útil. “Continuaremos a nossa missão de cuidar da freguesia e dos seus vicentinos“, complementa.

Em breve teremos novidades para os comerciantes vicentinos. Não deixamos ninguém para trás”, conclui, deixando perceber o entusiasmo que o move o auxílio a terceiros.

Fonte e Imagem: AFSV

**

*

Se chegou até aqui é porque provavelmente aprecia o trabalho que estamos a desenvolver; e não pagou por isso.

Vila Nova é cidadania e serviço público: diário digital generalista de âmbito regional, independente e pluralé gratuito para os leitores. Acreditamos que a informação de qualidade, que ajuda a pensar e a decidir, é um direito de todos numa sociedade que se pretende democrática.

Como deve calcular, a Vila Nova praticamente não tem receitas publicitárias. Mais importante do que isso, não tem o apoio nem depende de nenhum grupo económico ou político.

Você sabe que pode contar connosco. Estamos por isso a pedir aos leitores como você, que têm disponibilidade para o fazer, um pequeno contributo.

A Vila Nova tem custos de funcionamento, entre eles, ainda que de forma não exclusiva, a manutenção e renovação de equipamento, despesas de representação, transportes e telecomunicações, alojamento de páginas na rede, taxas específicas da atividade.

Para lá disso, a Vila Nova pretende pretende produzir e distribuir cada vez mais e melhor informação, com independência e com a diversidade de opiniões própria de uma sociedade aberta e plural.

Se considera válido o trabalho realizado, não deixe de efetuar o seu simbólico contributo – a partir de 1,00 euro – sob a forma de donativo através de netbanking ou multibanco. Se é uma empresa ou instituição, poderá receber publicidade como forma de retribuição.

Se quiser fazer uma assinatura com a periodicidade que entender adequada, programe as suas contribuições. Estabeleça esse compromisso connosco.

Contamos consigo.

*

NiB: 0065 0922 00017890002 91

IBAN: PT 50 0065 0922 00017890002 91

BIC/SWIFT: BESZ PT PL

Obs: Envie-nos o comprovativo da transferência e o seu número de contribuinte caso pretenda receber o comprovativo de pagamento, para efeitos fiscais ou outros.

*

Pub

Categories: Sociedade

About Author

Write a Comment

Only registered users can comment.