Operacionalizar medidas preventivas para evitar colocar em causa serviços de saúde

Pandemia | Proteção Civil de Viana do Castelo reúne para operacionalizar medidas preventivas de combate à doença

Pandemia | Proteção Civil de Viana do Castelo reúne para operacionalizar medidas preventivas de combate à doença

Pub

 

 

A Proteção Civil Municipal de Viana do Castelo vai reunir para analisar a atual situação epidemiológica e as medidas que serão decididas pelo Conselho de Ministros extraordinário convocado para este sábado para decidir novas ações imediatas de combate à pandemia por COVID-19. A reunião vai também procurar operacionalizar medidas preventivas que se tornem necessárias para não colocar em causa os serviços de saúde COVID e não-COVID.

De acordo com as normas em vigor, o Presidente da Câmara Municipal é a Autoridade Municipal de Proteção Civil, a quem compete presidir à Comissão Municipal de Proteção Civil. A Comissão é, assim, constituída pelo Presidente da Câmara Municipal, Comandante Operacional Municipal, representante do comando de cada Corpo de Bombeiros, representante da Cruz Vermelha Portuguesa, representante da PSP, representante da GNR, representante da Autoridade e da Polícia Marítima, autoridade de saúde, representante da Unidade Local de Saúde do Alto Minho, representante da Segurança Social, representante do Instituto Nacional e Emergência Médica, representante da Autoridade Florestal Nacional, representante da Administração de Porto de Viana do Castelo, representante da Estradas de Portugal, representante da Eletricidade de Portugal, representante da Portugal Telecomunicações, representante da União Distrital das IPSS, representante da Associação de Radioamadores e representantes das Associações Escutistas.

 

Imagem: ABelo/Município de Viana do Castelo

**

*

VILA NOVA, o seu diário digital

Se chegou até aqui é porque provavelmente aprecia o trabalho que estamos a desenvolver.

Vila Nova é cidadania e serviço público.

Diário digital generalista de âmbito regional, a Vila Nova é gratuita para os leitores e sempre será.

No entanto, a Vila Nova tem custos, entre os quais a manutenção e renovação de equipamento, despesas de representação, transportes e telecomunicações, alojamento de páginas na rede, taxas específicas da atividade.

Para lá disso, a Vila Nova pretende produzir e distribuir cada vez mais e melhor informação, com independência e com a diversidade de opiniões própria de uma sociedade aberta.

Como contribuir e apoiar a VILA NOVA?

Se considera válido o trabalho realizado, não deixe de efetuar o seu simbólico contributo sob a forma de donativo através de mbway, netbanking ou multibanco.

MBWay: 919983484

NiB: 0065 0922 00017890002 91

IBAN: PT 50 0065 0922 00017890002 91

BIC/SWIFT: BESZ PT PL

*

Pub

Categories: Sociedade

About Author

Write a Comment

Only registered users can comment.