Concerto integrado na apresentação do novo disco Amortempo

Música | Aníbal Zola apresenta-se nas CLAV Live Sessions de Guimarães

Música | Aníbal Zola apresenta-se nas CLAV Live Sessions de Guimarães

Pub

 

 

Aníbal Zola é um cantautor e contrabaixista do Porto, com formação académica em Jazz, que desde 2008 tenta utilizar a língua portuguesa como cúmplice no seu processo de composição. No próximo dia 13 de março, estará presente num dos concertos CLAV Live Sessions que estão a ser organizados pelo Centro e Laboratório Artístico de Vermil, em Guimarães. Tal como os demais, trata-se de um formato em mini-concerto pelo que o espetáculo é de caráter hiper-intimista, pelo que carece absolutamente de reserva de ingresso.

Aníbal Zola é o alter ego de José Aníbal Beirão, contrabaixista, cantautor e portuense, membro de bandas como os Palankalama, Les Saint Armand, Projecto Ferver, Carol Mello Quarteto e Charivari. Dois anos depois do primeiro disco, de nome “Baiumbadaiumbé”, acaba de chegar um novo capítulo da sua viagem musical. “Toquei o primeiro disco um pouco por todo o país principalmente com espectáculos de contrabaixo e voz, mas também em trio, experimentando várias instrumentações. Daqui veio uma vontade de fazer um novo disco, juntando o meu contrabaixo e voz a um conjunto de participações de músicos que tanto admiro”. O disco (…) assenta numa abordagem musical de busca de identidade. Procura essencialmente fundir música portuguesa com música latino americana e dá, com frequência, espaço para a improvisação. As letras não são mais do que as minhas próprias inquietações que se espelharam em temas já muito explorados pela humanidade e que em mim surgiram através de um processo bastante inocente”.

Em março de 2018, Aníbal Zola lançou o seu primeiro álbum “Baiumbadaiumbé”. Nele podem-se escutar canções acompanhadas apenas pelo contrabaixo, gravadas em 2016, para um disco de Pato Sentido, que nunca chegou a ser editado, e em que as canções contêm pequenos arranjos com diversos instrumentos tocados pelo próprio.

Este primeiro disco resultou de pequenas demos que o tempo fez com que evoluíssem e se transformassem em temas do seu primeiro trabalho. É um disco com um som muito particular e onde se podem sentir influências da música brasileira nordestina (há um baião e um maracatú), elementos plásticos que remetem para a música de Tom Zé e ao tropicalismo brasileiro, algum rock e algum folk anglo saxónico. Ao longo desse ano de 2018, Aníbal Zola apresentou o seu álbum por várias cidades do país e passou também pela Galiza, com espectáculos a solo (contrabaixo e voz) e em trio.

O novo disco de Aníbal Zola tem lançamento agendado para hoje mesmo, 28 de fevereiro. Valsa de Três Notas Só e Vida de Cão são os primeiros single do novo trabalho a circular por aí.

Dia: 13 de Março
Hora: 21h30
Localização: CLAV – Centro e Laboratório Artístico de Vermil
Morada: Rua das Almas nº 99, 4805-549, Vermil, Guimarães
Entrada: Donativo Livre
Lotação Limitada: 16 pessoas

Nota1: As sessões são limitadas a 16 lugares. Para assistirem presencialmente aos concertos é necessário um aviso prévio por mensagem para a página do CLAV ou para o evento em questão com os vossos nomes.

Nota2: O novo disco de Aníbal Zola é apresentado ao público pela primeira vez amanhã, 29 de fevereiro, no Auditório CCOP, no Porto, em concerto que o próprio deseja o mais fiel possível à gravação em estúdio e considera dificilmente repetível no futuro.

Apoios: Município de Guimarães , União Freguesias Airão Sta. Maria, Airão S. João e Vermil, Cervejaria Mau Maria

 

Fontes: AZ, CLAV, Imagens: (0) Catarina Carvalho/AZ, (1, 2) Katharina Leppert/CLAV

**

*

Se chegou até aqui é porque provavelmente aprecia o trabalho que estamos a desenvolver.

Vila Nova é cidadania e serviço público.

Diário digital generalista de âmbito regional, a Vila Nova é gratuita para os leitores e sempre será.

No entanto, a Vila Nova tem custos, entre os quais se podem referir, de forma não exclusiva, a manutenção e renovação de equipamento, despesas de representação, transportes e telecomunicações, alojamento de páginas na rede, taxas específicas da atividade.

Para lá disso, a Vila Nova pretende pretende produzir e distribuir cada vez mais e melhor informação, com independência e com a diversidade de opiniões própria de uma sociedade aberta.

Se considera válido o trabalho realizado, não deixe de efetuar o seu simbólico contributo sob a forma de donativo através de netbanking ou multibanco. Se é uma empresa ou instituição, o seu contributo pode também ter a forma de publicidade.

NiB: 0065 0922 00017890002 91

IBAN: PT 50 0065 0922 00017890002 91

BIC/SWIFT: BESZ PT PL

*

Pub

Categories: Agenda, Cultura

About Author

Write a Comment

Only registered users can comment.