Em Braga pode ouvir ‘música que se lê, ouve, cheira, sente e se prova’

Música | Angélica Salvi apresenta a sua harpa no Gnration

Música | Angélica Salvi apresenta a sua harpa no Gnration

Pub

 

 

O álbum de estreia de Angélica Salvi, editado pela Lovers & Lollypops, tem espalhado magia num ciclo de concertos de apresentação e chega finalmente a Braga, no âmbito do Circuito – Serviço Educativo da Braga Media Arts.

Depois de atuar em várias cidades portuguesas de norte a sul, a harpista espanhola, residente no Porto, estará esta sexta-feira, 16 de outubro, no gnration para um concerto que promete ser inesquecível.

Phantonegórico

Phantone, o primeiro disco a solo de Angélica Salvi, é um jogo de palavras que resulta da associação entre “pantone”, “phantom” (fantasma) e “tone/tom” e consolida a experiência da compositora em torno da improvisação e da música eletroacústica e experimental.

“O álbum de estreia de Angélica Salvi expressa aquilo que se tem vindo a aprender com o seu trabalho ao longo dos últimos anos, através das suas colaborações e participações em diversos projectos: tem uma habilidade única de comunicar e de se expressar livremente com o seu instrumento, a harpa”, afirma a Glam Magazine.

“O título Phantone é um jogo de palavras que revela as intenções das peças livres e genuínas de Angélica Salvi. A associação entre “pantone”, “phantom” (fantasma) e “tone/tom” consolida a experiência e as ideias formadas pela compositora em volta de improvisação e de música electroacústica e experimental”, acrescenta a publicação.

“O “fantasma” que existe nas sete peças de Phantone é bem real, mas menos formal do que se imagina.  Música que se lê, ouve, cheira, sente e se prova”, conclui.

O álbum foi gravado no Mosteiro de Rendufe, no âmbito do festival Encontrarte Amares, e carrega consigo toda a mística do próprio local. O imaginário do mosteiro, enquanto espaço de contemplação, serve de inspiração para um espetáculo, rico em ilusões sonoras, sombras, figuras, meditação e paisagens abstratas.

Este espetáculo soma-se aos vários momentos únicos que têm acontecido no contexto de Braga enquanto Cidade Criativa da UNESCO no domínio das Media Arts, desde 2017.

Trata-se de um momento pensado para toda a família. Mergulhe, junto com os seus, num ambiente de tranquilidade e fantasia ao som da harpa de Angélica Salvi.

Os bilhetes podem ser adquiridos em Gnration – bol online, noutros locais habituais e no balcão do gnration.

 

Fontes: Gnration, Glam Magazine; Imagem: Gnration

**

*

Se chegou até aqui é porque provavelmente aprecia o trabalho que estamos a desenvolver.

Vila Nova é cidadania e serviço público.

Diário digital generalista de âmbito regional, a Vila Nova é gratuita para os leitores e sempre será.

No entanto, a Vila Nova tem custos, entre os quais se podem referir, a manutenção e renovação de equipamento, despesas de representação, transportes e telecomunicações, alojamento de páginas na rede, taxas específicas da atividade.

Para lá disso, a Vila Nova pretende produzir e distribuir cada vez mais e melhor informação, com independência e com a diversidade de opiniões própria de uma sociedade aberta.

Se considera válido o trabalho realizado, não deixe de efetuar o seu simbólico contributo. Pode fazê-lo sob a forma de donativo através de mbway, netbanking ou multibanco.

MBWay: 919983484

NiB: 0065 0922 00017890002 91

IBAN: PT 50 0065 0922 00017890002 91

BIC/SWIFT: BESZ PT PL

*

Pub

Categories: Agenda, Cultura, LifeStyle

About Author

Write a Comment

Only registered users can comment.