Laboratório da Criatividade, Histórias como Bálsamos, Silence Lab e Arte – Terapia enriquecem projeto educativo da instituição

Formação | Novos projetos animam a Associação Gerações em 2020

Formação | Novos projetos animam a Associação Gerações em 2020

Pub

 

 

Num continuado e sustentado processo de crescimento, a Associação Gerações está a alargar também as parcerias criativas e de alto valor pedagógico que tem com outras instituições e com outras pessoas a título individual que possam enriquecer ainda mais o seu projeto educativo em 2020.

Foi com este objetivo que a instituição celebrou recentemente com Marta Maciel, formadora e terapeuta, uma parceria que vai permitir que se sucedam e se desenvolvam na Gerações um vasto conjunto de “ateliers” e de “workshops” direcionados para as crianças, para as famílias, para os jovens, para os seniores e para as colaboradoras da instituição. Os projetos a desenvolver são o “Laboratório da Criatividade”, o laboratório experimental “Silence Lab”, “Histórias como Bálsamos” e um ciclo de “workshops” de “Arte – Terapia”.

O “Laboratório da Criatividade” é um laboratório vivencial para o encontro e desenvolvimento da criatividade, através das Artes Expressivas. Tem como objetivo potenciar um espaço de pesquisa e ensaio da criatividade própria de cada pessoa. O ponto de partida é um desafio, um conceito, uma palavra, uma ideia ou simplesmente o vazio absoluto e cada pessoa, individualmente, em grupo ou em família é convidada a iniciar uma aventura para desvendar a sua criatividade.

O “Laboratório da Criatividade” tem agendados encontros mensais, aos domingos (3º domingo de cada mês), entre março e dezembro, na Associação Gerações, destinando-se a todas as famílias e a todas as pessoas com vontade de explorar a sua criatividade.

O “Silence Lab” é também um laboratório experimental que entrelaça silêncio, arte e criatividade, promovendo o silêncio interno, a escuta e o encontro com a força criativa. As sessões iniciam-se com um período de meditação e quietude. Segue-se um momento de criação artística, em silêncio, a partir da experimentação de um mediador artístico de movimento ou dança, pintura ou desenho, mandalas, escultura, colagem ou escrita. Finaliza com um momento de partilha da criação artística.

Os encontros são também mensais, na última segunda – feira de cada mês, entre as 18 e as 20 horas e destinam-se a jovens e adultos que “desconfiam” que o silêncio os leva a grandes descobertas.

“Histórias como Bálsamos” é um encontro criativo com histórias e sobre histórias. Parte-se de um mesmo livro que todos saboreiam durante um mês, partilhando-o depois no encontro conjunto, através da arte, das perspetivas, das sensações, das descobertas, das aventuras e dos caminhos que a leitura proporcionou a todos.

O projeto “Histórias com Bálsamos” realiza-se também mensalmente, na última segunda – feira de cada mês, entre as 14 e as 17 horas, e destina-se também a jovens e adultos que têm “estranhas” amizades com as palavras, gostam de saborear um bom livro e acreditam que há histórias que curam alguns desassossegos da vida.

O projeto “Arte – Terapia” é um ciclo de cinco “workshops”, a realizar nos meses de março, maio, julho, setembro e novembro de 2020, com uma forte componente corporal e sensorial, pretendendo-se proporcionar aos participantes uma viagem vivencial pelo universo da arte – terapia, à descoberta do significado do conceito.

Cada um dos “workshops” tem a duração de 6 horas, destinando-se preferencialmente a profissionais do ensino e das IPSS, terapeutas, psicólogos, animadores socio-culturais, educadores, professores e todos os que se interessam pelo potencial terapêutico e educativo da arte.

Fonte: Gerações; Imagens: (0) Gerações, (1) ELA

**

*

Se chegou até aqui é porque provavelmente aprecia o trabalho que estamos a desenvolver.

Vila Nova é cidadania e serviço público.

Diário digital generalista de âmbito regional, a Vila Nova é gratuita para os leitores e sempre será.

No entanto, a Vila Nova tem custos, entre os quais se podem referir, de forma não exclusiva, a manutenção e renovação de equipamento, despesas de representação, transportes e telecomunicações, alojamento de páginas na rede, taxas específicas da atividade.

Para lá disso, a Vila Nova pretende pretende produzir e distribuir cada vez mais e melhor informação, com independência e com a diversidade de opiniões própria de uma sociedade aberta.

Se considera válido o trabalho realizado, não deixe de efetuar o seu simbólico contributo sob a forma de donativo através de netbanking ou multibanco. Se é uma empresa ou instituição, o seu contributo pode também ter a forma de publicidade.

NiB: 0065 0922 00017890002 91

IBAN: PT 50 0065 0922 00017890002 91

BIC/SWIFT: BESZ PT PL

*

Pub

Categories: Sociedade

About Author

Write a Comment

Only registered users can comment.