‘A Escola é de todos e para todos’

Ensino | PS Famalicão inicia périplo pelas escolas

Ensino | PS Famalicão inicia périplo pelas escolas

Pub

 

 

 

O Partido Socialista de Famalicão iniciou, hoje, o roteiro da Educação “Continuar a construção da Educação e da Escola Pública” com uma visita e reunião de trabalho no Agrupamento de Escolas de Gondifelos . Em representação do partido, estiveram presentes Eduardo Oliveira, o líder da estrutura concelhia, e Augusta Santos.

“Este início de um ano letivo, tão atípico, tão imprevisível e, por isso, tão exigente, convoca-nos a todos para uma colaboração mais estreita e mais eficaz com a Educação e Escola Pública”, lembra o PS Famalicão,

“Este é o tempo em que a Escola continuará a desenvolver as suas funções primordiais: para além de ser um espaço de aprendizagens, tem de continuar a ser um espaço de afetos, de solidariedade, de convívio, de integração e inclusão”, acrescenta.

Neste sentido, o Partido Socialista realiza este roteiro, visitando todos os agrupamentos de escolas do Concelho, como forma de reconhecimento pelo excelente trabalho desenvolvido por todos os agentes educativos e, de igual forma, no sentido de proceder a uma apreciação dos diferentes territórios educativos e colaborar na procura das melhores soluções para os constrangimentos existentes.

‘A Escola é de todos e para todos’

“Mais do que nunca, assumimos que a Escola é de todos e para todos, razão porque a escola não pode faltar. A escola não pode falhar”, assume o PS famalicense.

E conclui: “O Partido Socialista manifesta a todos os professores, diretores e equipas diretivas, assistentes operacionais e técnicos, famílias e alunos a sua gratidão e votos de um ano letivo com esperança e confiança”.


Fonte e Imagem: PS

**

*

Se chegou até aqui é porque provavelmente aprecia o trabalho que estamos a desenvolver; e não pagou por isso.

Vila Nova é cidadania e serviço público: diário digital generalista de âmbito regional, independente e pluralé gratuito para os leitores. Acreditamos que a informação de qualidade, que ajuda a pensar e a decidir, é um direito de todos numa sociedade que se pretende democrática.

Como deve calcular, a Vila Nova praticamente não tem receitas publicitárias. Mais importante do que isso, não tem o apoio nem depende de nenhum grupo económico ou político.

Você sabe que pode contar connosco. Estamos por isso a pedir aos leitores como você, que têm disponibilidade para o fazer, um pequeno contributo.

A Vila Nova tem custos de funcionamento, entre eles, ainda que de forma não exclusiva, a manutenção e renovação de equipamento, despesas de representação, transportes e telecomunicações, alojamento de páginas na rede, taxas específicas da atividade.

Para lá disso, a Vila Nova pretende produzir e distribuir cada vez mais e melhor informação, com independência e com a diversidade de opiniões própria de uma sociedade aberta e plural.

Se considera válido o trabalho realizado, não deixe de efetuar o seu simbólico contributo – a partir de 1,00 euro – sob a forma de donativo através de netbanking ou multibanco. Se é uma empresa ou instituição, poderá receber publicidade como forma de retribuição.

Se quiser fazer uma assinatura com a periodicidade que entender adequada, programe as suas contribuições. Estabeleça esse compromisso connosco.

Contamos consigo.

*

NiB: 0065 0922 00017890002 91

IBAN: PT 50 0065 0922 00017890002 91

BIC/SWIFT: BESZ PT PL

Obs: Envie-nos o comprovativo da transferência e o seu número de contribuinte caso pretenda receber o comprovativo de pagamento, para efeitos fiscais.

*

Pub

Categories: Política

About Author

Write a Comment

Only registered users can comment.