Artigos de José Ilídio Torres

Voltar à página inicial
Crónica Sociedade

RIP | Um polícia na América matou um homem

    Era alto? Baixo? Gordo? Magro? Moreno, escuro, preto, branco, amarelo, cor de rosa? Somos todos uns santos populistas, ao ponto do André Ventura, à nossa beira, quase parecer

Crónica Sociedade

Inquietação | Confinamento do mal

    Já não «vêm pela noite calada, em bandos com pés de veludo», andam às claras e querem ser «mordomos do universo todo, Senhores à força, mandadores sem lei».

Crónica Sociedade

Alerta | Meter o dedo na ferida

    Uma ferida aberta não tem género, raça, cor, credo. Vivemos numa sociedade com tecidos rasgados por uma opressão mais ou menos declarada, mais ou menos velada, que todos

Crónica Sociedade

Género | Mulheres

    Frágeis, fortes, dependentes, independentes, confiantes, temerosas, apaixonadas, desiludidas, acarinhadas, abusadas, idolatradas, maltratadas, tristes, sorridentes… Todos os adjetivos e seus contrários num léxico interminável de emoções, parecendo muitos deles,

Crónica Sociedade

Encontro | O ‘Quim Zé’

    A noite passada conheci o Quim Zé. Foi numa esplanada com as devidas distâncias, que mais tarde se tornariam físicas apenas. Um grupo de jovens amigos, a um

Crónica Sociedade

Futebol | Nem que a vaca tussa

    Ou mesmo tenha febre… O futebol vai mesmo arrancar no início de junho. É uma indústria demasiado poderosa para estar tanto tempo confinada. Os jogos serão à porta

Crónica Sociedade

Brocardos | A cavalo dado não se olha o rabo

    Gostei deste título, e não faço a mínima ideia do que vou escrever a seguir, o que não abona muito a favor do cronista, que para contar alguma

Crónica Sociedade

Esperança | Crónica de uma nota só

    Era agosto e nada em ti era um sol posto. Os relógios afinavam-se sozinhos na mudança das horas, dos dias, com uma corda interminável de momentos irrepetíveis. As

Crónica Sociedade

Eventos | Uma excepção chamada ‘política’

    Em tempo de confinamento, e porque, dizem, a economia não pode parar, verifica-se um abrandamento das medidas restritivas, apesar de se manter o estado de calamidade que confere

Crónica Sociedade

Justiça | Pena de morte para a pena de morte

    Quando algum crime hediondo acontece, e nos últimos dias o país foi novamente sacudido com um desses em Peniche, cometido sobre uma indefesa criança de 9 anos, logo

Crónica Sociedade

Pátria | O ‘cigano’ Ventura

    André Ventura, presidente demissionário do «Chega» e já anunciado candidato ao lugar,  resolveu esta semana, porventura entediado pela quarentena do desporto a que chamam rei, que lhe dá

Crónica Sociedade

Vidas | “Carpe Diem”

    Que entediante deve ser a vida de quem sempre se guiou pelo politicamente correcto, medindo os passos e as decisões, acompanhando apenas aqueles que lhe podiam ser úteis.

Crónica Sociedade

Amor | Monólogo a quatro mãos

    Ninguém nasce para estar só, por mais afinidade que tenha com a solidão. O mundo está preenchido de gente só, na maior parte dos casos sem ter escolhido

Crónica Sociedade

Oportunidade | Uma crónica sem vírus

    Esta é uma crónica limpa, asseada. Tem os parágrafos preenchidos de esperança, a que nos faz falta para nos pintarmos, nos esculpirmos por dentro. Quantos de nós não

Crónica Sociedade

Abril | “Haja Saudinha”…

    Vem dos tempos dos meus avós a expressão, e certamente do tempo dos seus pais. Nunca gostei dela, porque me parece que serviu sempre de bode expiatório ao

Crónica Sociedade

Abril | A liberdade não está a passar por aqui

    Ninguém, em boa verdade, é capaz de prever o que se vai passar no mundo nos próximos tempos. Numa coisa parecemos todos concordar, que é a mais que

Crónica Sociedade

Quarentena | Um vírus mortal chamado estupidez

    Aquilo que aconteceu ontem em Martim, freguesia do concelho de Barcelos, e que. ao que se sabe, não terá sido exemplo único, é inqualificável. O beija-cruz pode e

Crónica Sociedade

Inquietação | E se o amor fosse uma pandemia?

    Os tempos difíceis que vivemos têm mostrado um lado altruísta dos portugueses que andava adormecido, quiçá alienado. Alienação parece-me aliás a palavra certa para descrever uma sociedade atordoada

Crónica Sociedade

Crónicas de Bem Viver | Sexo, eleições e futebol

    Nesta regra de 3 simples, quanto vale o Homem de hoje? Vale decididamente menos que uma noite de mau sexo, daquelas em que tudo corre mal, a começar

Crónica Destaque Sociedade

Crónicas de Bem Viver | Facebook meu amor

    Desenganem-se, esta não é uma crónica moralista sobre os efeitos perversos da exposição privada nas redes sociais, nem sobre os nefastos danos nos relacionamentos, muito menos um tratado

Crónica Destaque Sociedade

Crónicas de Bem Viver | A felicidade que existe na infelicidade

    Não há pachorra para gente que, experimentando a espaços a infelicidade, curva os ombros, baixa os olhos, e espera dos outros uma espécie de comiseração pela sua má