‘Monitorização Partilhada do Ambiente’ é desafio lançado às populações

Ambiente | Viana do Castelo gere ecopontos de passadiços e serviços de apoio às praias com participação ativa dos cidadãos

Ambiente | Viana do Castelo gere ecopontos de passadiços e serviços de apoio às praias com participação ativa dos cidadãos

Pub

 

 

Para assinalar o Dia Mundial do Ambiente, Viana do Castelo lançou hoje, 6 de junho, o Módulo de Monitorização Partilhada do Ambiente. Este Módulo consiste, nesta primeira fase, no lançamento de uma plataforma que permitirá a monitorização e apoio à gestão da recolha de resíduos nos ecopontos, nos recipientes instalados na rede de passadiços e, em breve, na Ecovia do Litoral Norte e no centro da cidade de Viana do Castelo, bem como, durante a época balnear, na monitorização partilhada entre as entidades competentes (Câmara Municipal, Serviços Municipalizados e Juntas de Freguesia) e os munícipes utilizadores dos balneários e sanitários das praias.

O Município de Viana do Castelo conta com a participação cívica de todos os envolvidos na monitorização e apoio à gestão da recolha de resíduos nos ecopontos, nos recipientes instalados na rede de passadiços e, em breve, na Ecovia do Litoral Norte e no centro da cidade de Viana do Castelo, uma vez que os utilizadores são aqueles que, em geral, mais apostam na conservação destas infraestruturas com a devida higiene e dignidade.

O módulo participativo baseia-se num trabalho de vários meses que consistiu na georreferenciação dos recipientes de recolha de resíduos e onde estão a ser colocados dísticos sinalizadores por forma a que o munícipe possa informar, através do uso de um código QR lido pelo telemóvel, que o recipiente está cheio e, portanto, em condições de ser recolhido.

A instalação dos dísticos sinalizadores iniciou-se hoje de manhã na rede de passadiços das praias da Foz do Lima, Cabedelo e Luziamar, e já está em pleno funcionamento. Este sistema permite que um utilizador sinalize um recipiente cheio e que requer esvaziamento, mas também que possa participar o asseio dos sanitários ou a necessidade de uma intervenção de manutenção especializada.

A plataforma de gestão que foi desenvolvida permite às entidades competentes monitorizar, em tempo real e em colaboração com a população, os equipamentos, podendo intervir de forma direcionada e atempada, permitindo uma gestão mais eficaz do Ambiente e dos recursos humanos empregues na proteção e conservação. É esperado que o sistema esteja totalmente instalado em todos os recipientes até ao último trimestre de 2020.

Recorde-se que o Módulo de Monitorização Partilhada do Ambiente consiste num dos componentes do Sistema de Monitorização de Variáveis Ambientais e de Proteção Civil, em desenvolvimento, com valências neste momento, ao nível da gestão da água da rega municipal, qualidade do ar em edifícios públicos municipais (radão) e na previsão de eventos climáticos extremos.

Fonte e Imagens: Município de Viana do Castelo

**

*

Se chegou até aqui é porque provavelmente aprecia o trabalho que estamos a desenvolver; e não pagou por isso.

Vila Nova é cidadania e serviço público: diário digital generalista de âmbito regional, independente e pluralé gratuito para os leitores. Acreditamos que a informação de qualidade, que ajuda a pensar e a decidir, é um direito de todos numa sociedade que se pretende democrática.

Como deve calcular, a Vila Nova praticamente não tem receitas publicitárias. Mais importante do que isso, não tem o apoio nem depende de nenhum grupo económico ou político.

Você sabe que pode contar connosco. Estamos por isso a pedir aos leitores como você, que têm disponibilidade para o fazer, um pequeno contributo.

A Vila Nova tem custos de funcionamento, entre eles, ainda que de forma não exclusiva, a manutenção e renovação de equipamento, despesas de representação, transportes e telecomunicações, alojamento de páginas na rede, taxas específicas da atividade.

Para lá disso, a Vila Nova pretende produzir e distribuir cada vez mais e melhor informação, com independência e com a diversidade de opiniões própria de uma sociedade aberta e plural.

Se considera válido o trabalho realizado, não deixe de efetuar o seu simbólico contributo – a partir de 1,00 euro – sob a forma de donativo através de netbanking ou multibanco. Se é uma empresa ou instituição, poderá receber publicidade como forma de retribuição.

Se quiser fazer uma assinatura com a periodicidade que entender adequada, programe as suas contribuições. Estabeleça esse compromisso connosco.

Contamos consigo.

*

NiB: 0065 0922 00017890002 91

IBAN: PT 50 0065 0922 00017890002 91

BIC/SWIFT: BESZ PT PL

Obs: Envie-nos o comprovativo da transferência e o seu número de contribuinte caso pretenda receber o comprovativo de pagamento, para efeitos fiscais.

*

Pub

Categories: Sociedade

About Author

Write a Comment

Only registered users can comment.