Realçar a importância da respetiva bacia hidrográfica no âmbito da região por onde se estende

Ambiente | Movimento Rio Sousa organiza Colóquio ‘Sousa Vivo’

Ambiente | Movimento Rio Sousa organiza Colóquio ‘Sousa Vivo’

Pub

 

 

Em Novelas, Penafiel, irá realizar-se o Colóquio ‘Sousa, um rio vivo’, no próximo dia 10 de outubro, sábado, a partir das 16h00. O local escolhido para apresentação e debate é a Associação Recreativa Novelense.

‘Sousa, um rio vivo’ insere-se nas atividades que o Movimento Rio Sousa tem vindo a realizar em prol da bacia hidrográfica do Sousa. Pretende-se com este colóquio levantar conhecimento e debate em torno do Rio Sousa e seus afluentes, numa perspetiva de preservação de todo um património.

Depois de na Marcha Pelo Rio Sousa, realizada em Penafiel, em 25 de setembro de 2019, ter congregado inúmeras pessoas numa demonstração de empenho na defesa do rio, o Movimento Rio Sousa reuniu com responsáveis de autarquias correlacionadas com a referida bacia hidrográfica. Através da realização do Colóquio “Sousa um Rio Vivo” o Movimento Rio Sousa espera que fique realçada a importância do Sousa no âmbito das regiões por onde esta se estende.

Serão temas e convidados:

  • “Importância Eco Sistémica dos Rios do Vale do Sousa”, por Pedro Soares, Geógrafo Docente no Instituto de Geografia e Ordenamento do Território da Universidade de Lisboa (IGOT-UL); e
  • “Caracterização Ecológica e Medidas de Reabilitação do Rio Sousa”, por Rui Cortes, Doutorado em Ciências Florestais e Professor Catedrático e membro do Conselho Geral da Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro (UTAD).

Será ainda exibido um vídeo com um panorama do Rio Sousa focado no seu percurso no Concelho de Penafiel. O vídeo foi produzido pela URTICA – Associação Para A Defesa do Ambiente e Ação Climática.

Fonte e Imagens: MRS

**

*

Se chegou até aqui é porque provavelmente aprecia o trabalho que estamos a desenvolver.

Vila Nova é cidadania e serviço público.

Diário digital generalista de âmbito regional, a Vila Nova é gratuita para os leitores e sempre será.

No entanto, a Vila Nova tem custos, entre os quais se podem referir, a manutenção e renovação de equipamento, despesas de representação, transportes e telecomunicações, alojamento de páginas na rede, taxas específicas da atividade.

Para lá disso, a Vila Nova pretende produzir e distribuir cada vez mais e melhor informação, com independência e com a diversidade de opiniões própria de uma sociedade aberta.

Se considera válido o trabalho realizado, não deixe de efetuar o seu simbólico contributo. Pode fazê-lo sob a forma de donativo através de mbway, netbanking ou multibanco.

MBWay: 919983484

NiB: 0065 0922 00017890002 91

IBAN: PT 50 0065 0922 00017890002 91

BIC/SWIFT: BESZ PT PL

*

Pub

Categories: Agenda, Sociedade

About Author

Write a Comment

Only registered users can comment.