APOM realiza encontro em Famalicão

APOM realiza encontro em Famalicão

Pub

 

 

Nos dias 13 e 14 de janeiro, Famalicão vai acolher a 3.ª edição de ‘APOM em Movimento’ uma iniciativa promovida pela Associação Portuguesa de Museologia (APOM), com o apoio do Município de Vila Nova de Famalicão, que pretende constituir-se como um momento de encontro entre os profissionais dos museus, promovendo a partilha de experiências e a criação de sinergias.

A iniciativa arranca na sexta-feira, dia 13, pelas 14h30, com um encontro na Fundação Cupertino de Miranda, em Famalicão, onde vai decorrer a apresentação de projetos da região distinguidos nos Prémios APOM ao longo dos últimos anos, bem como o impacto desta atribuição nas respetivas instituições museológicas.

O programa da 3.ª edição do ‘APOM em Movimento’ fica completo no dia seguinte, 14 de janeiro, com a visita acompanhada a alguns museus e exposições famalicenses, com início pelas 10h00.

A inscrição é obrigatória e gratuita, para qualquer um dos dias do evento.

apom em movimento - apom - famalicão - museus - museologia - encontro - vila nova de famalicão - fundação cupertino de miranda

Famalicão com lugar de destaque entre as iniciativas da APOM (Associação Portuguesa de Museologia)

A APOM foi fundada em 1965 com o objetivo de servir a comunidade de profissionais de museus portugueses e atribui, anualmente, desde 1997, os Prémios APOM a museus, projetos, profissionais e atividades desenvolvidas no setor.

De recordar que a Rede de Museus de Vila Nova de Famalicão já foi distinguida pela APOM com o prémio ‘Melhor Museu do Ano’ em 2006, entregue na altura à Casa-Museu de Camilo, em Seide, e em 2015 recebeu uma menção honrosa pela nova sinalética que ajuda a descobrir os museus que fazem parte da rede municipal. Nesta mesma edição, a Fundação Cupertino de Miranda foi agraciada com uma menção honrosa no âmbito do ‘Prémio Investigação’ – “A Reinvenção do Real”. Já em 2020, os Museus de Famalicão receberam uma menção honrosa na categoria ‘Informação Turística’, pelo roteiro ‘Famalicão Turismo Industrial’, que agrega três museus famalicenses, e a Fundação Cupertino de Miranda voltou a ser premiada, desta vez, com o ‘Prémio Incorporação’, pelo conjunto de 47 obras de Isabel Meyrelles, e o ‘Prémio Catálogo’, pela publicação: ‘Cruzeiro Seixas – Ao longo do longo caminho’.

Maria Pimentel expõe ‘Quatro Paredes, Mais ou Menos’ em Ribeirão

1ª Página. Clique aqui e veja tudo o que temos para lhe oferecer.vila nova online - jornal diário digital generalista - solidariedade social - voluntariado - dar-as-mãos - reffod - famalicão - mário passos - chma - raquel varela - escola - escola pública - docência - docentes - professores - escolas privadas - retrocesso social - reformas - classe social - liberdade - amor - gays - lésbicas - direito à diferença - migrantes - migrações - cgtp-in - nações unidas - antónio guterres- famalicão - unicef - cidade amiga das crianças - infância

Imagens: MVNF

O (não) viver de Cruzeiro Seixas

Cruzeiro Seixas: 99 anos a surrealizar por aí

‘Como a sombra [de Isabel Meyrelles] a vida foge’

A síntese perfeita de Cesariny em ‘Poemas Dramáticos e Pictopoemas’

A lenta exalação do universo (ou a vida depois de Yang)

Pub

Acerca do Autor

Comente este artigo

Only registered users can comment.