Amares lança 3ª edição do Prémio de Poesia Sá de Miranda

Amares lança 3ª edição do Prémio de Poesia Sá de Miranda

Pub

 

 

Amares, através da Biblioteca Municipal e com a colaboração do Centro de Estudos Mirandinos, acaba de lançar a 3.ª edição do Prémio Literário Francisco de Sá de Miranda, na modalidade de Poesia da autoria de escritores de Língua Portuguesa. O galardão, atribuído bienalmente pela Câmara Municipal de Amares, pretende homenagear este grande vulto das letras portuguesas.

Francisco Sá de Miranda, um poeta inovador nas letras portuguesas

Nascido em Coimbra, mas falecido em Amares, Sá de Miranda viveu entre finais do Século XV e meados do Século XVI e foi o responsável pela introdução em Portugal do soneto, da ode, da elegia e até da comédia em prosa e tragédia.

Condições para candidatura ao Prémio de Poesia da Biblioteca Municipal de Amares

Com o valor pecuniário de 7.500 euros, o prazo de candidaturas à 3.ª edição do Prémio Francisco de Sá de Miranda decorre até 23 de abril de 2023 e contempla a modalidade de poesia da autoria de escritores de Língua Portuguesa.

Podem concorrer ao Prémio autores maiores de 18 anos, com obras editadas em livro e escritas em língua portuguesa, cuja primeira edição tenha ocorrido durante os anos de 2021 e 2022.

As obras a concurso poderão ser entregues pessoalmente na Biblioteca Municipal Francisco de Sá de Miranda ou enviadas via CTT.

Ana Luísa Amaral e Nuno Júdice vencedores das 2 edições anteriores

Em edições anteriores o Prémio Literário Francisco de Sá de Miranda foi atribuído a dois nomes maiores da literatura portuguesa contemporânea – Ana Luísa Amaral, em 2021, com a obra Ágora, e a Nuno Júdice, em 2019, com o livro O Mito de Europa.

prémio literário sá de miranda - poesia - galardão - amares - centro de estudos mirandinos - francisco sá de miranda - ana luísa amaral - nuno júdice

1ª Página. Clique aqui e veja tudo o que temos para lhe oferecer.vila nova online - jornal diário digital generalista - solidariedade social - voluntariado - dar-as-mãos - reffod - famalicão - mário passos - chma - raquel varela - escola - escola pública - docência - docentes - professores - escolas privadas - retrocesso social - reformas - classe social - liberdade - amor - gays - lésbicas - direito à diferença - migrantes - migrações - cgtp-in - nações unidas - antónio guterres- famalicão - unicef - cidade amiga das crianças - infância

Imagem: MAMR

Aqui não se passa nada! (para uma aula de poesia)

Maria Pimentel expõe ‘Quatro Paredes, Mais ou Menos’ em Ribeirão

 

Pub

Categorias: Agenda, Amares, Literatura, Poesia

Acerca do Autor

Comente este artigo

Only registered users can comment.