Famalicão quase atinge ‘Point of No Return’ em Torres Vedras

Famalicão quase atinge ‘Point of No Return’ em Torres Vedras

Pub

 

 

O FC Famalicão deslocou-se a Torres Vedras para defrontar o Torreense, equipa do segundo escalão de futebol português, em jogo para a Taça da Liga – ronda 3 da fase de grupos. A equipa famalicense regressou a casa com uma justa derrota por um a zero.

É mais uma exibição pálida do FC Famalicão que se soma a tantas outras nesta temporada. Não se dislumbrou, em todo o jogo, um único remate enquadrado com a baliza de Vagner – Guardião do Torreense – durante os 90 minutos (mais tempo de compensação).

‘Point of No Return’

A estrutura directiva do FC Famalicão, a sua equipa técnica e o seu plantel terão que fazer uma reflexão profunda sobre o atual momento do clube. Afinal, o plantel famalicense é o sexto mais caro da Primeira Liga Portuguesa, logo atrás dos cinco grandes nacionais.

Não se vê – nem se tem visto em toda a época – um futebol condizente com o investimento realizado. Exige-se mais e exigem-se melhores resultados. A somar ao pior que é a falta de atitude e garra que este plantel do FC Famalicão exibe em campo.

Há sempre o mercado janeiro, mas – parafraseando em ‘Bom Português’: ‘Nunca confiando…’. Nem sempre o mercado de janeiro será prodigioso. Se se continuar a insistir nos ajustes de meia época, a descida de divisão será uma realidade dentro de um certo prazo.

E já se sabe como é, infelizmente. Quando tal acontece, lá se vão os anéis, isto é, os presidentes, os treinadores e os plantéis com dezenas de futebolistas. Lembra até o título desse clássico filme que é ‘E Tudo o Vento Levou’! Mas ficam os dedos, ou seja, os adeptos, pelo menos os mais resistentes, porque também há aqueles que só aparecem quando a equipa está a ganhar.

Refira-se ainda, voltando à arte do cinema e da TV, que o FC Famalicão está a chegar a um ‘Point of No Return’. O clube está mesmo prestes a chegar àquele ponto da história em que o protagonista está numa fase em que já ‘não pode bater mais no fundo’ e tem que agir para dar a volta por cima e se salvar. Esperemos que assim aconteça!

Muito pouco futebol!

O Torreense foi sempre superior ao FC Famalicão, em todos os capítulos de jogo. E, pior mesmo do que isso, o #VILANOVA nunca criou perigo ao Torreense em qualquer lance de ataque.

Apenas na primeira parte os famalicenses efetuaram um remate para o belíssimo ‘Castelo de Torres Vedras’, tão alto que o esférico subiu.

Já na segunda parte, houve também um lance individual de Iván Jaime – que não passou de um esboço sem consequências -, logo a seguir ao golo do Torreense, de penalty, aos 59 minutos, marcado por João Vieira – ponta-de-lança desta equipa de Torres Vedras.

Tudo o mais foi ver um FC Famalicão a jogar de forma previsível e em primeira ou segunda velocidade, sem criatividade e atitude para dar a volta a uma desvantagem e ainda conseguir levar de vencida um adversário que é 15° classificado da II Liga com 10 pontos. As classificações querem sempre dizer alguma coisa.

‘Pontos de Interesse’

Deste jogo o que há a retirar é a belíssima paisagem desde o estádio de Torres Vedras. Melhor só mesmo a paisagem a partir do Estádio Magalhães Pessoa, em Leiria, e uma cena para os ‘apanhados’ ou ‘insólitos’. Jhonder Cádiz e o Capitão Riccieli protestaram pela marcação de um penalty em que J. Cádiz lança o braço ao esférico quando a bola ia ‘directinha’ à baliza de Luíz Júnior.

Como é possível! E veja-se lá…

Saiu um amarelo óbvio para cada um destes dois futebolistas. Mais à frente no jogo, aos 79 minutos, Riccieli arranjaria ainda maneira de ser despedido, com segundo amarelo.

Os Incríveis ‘Fama Boys’

Esta época, o melhor de tudo do FC Famalicão têm mesmo sido os ‘Fama Boys’.

Neste jogo, em Torres Vedras, foram incansáveis desde o primeiro ao último minuto. Os Fama Boys estão sempre presentes em todos os jogos do FC Famalicão e fazem-se ouvir de forma permanente, apoiando a equipa. Esta é, sem dúvida, uma das melhores claques portuguesas.

FC Famalicão recebe o Tondela na próxima jornada

Depois deste jogo em que defrontou a equipa da região do Oeste, o FC Famalicão recebe agora o Tondela, no dia 9 de dezembro, a próxima sexta feira, em novo jogo para a Taça da Liga.

Até agora, o clube famalicense – que partiu teoricamente como ‘cabeça de série’ do Grupo H – só conseguiu conquistar um único ponto nos diversos encontros já disputados.

Superorganização Sul-coreana vence Portugal no Qatar 2022

Roleta americana – o mais lucrativo dos jogos online

Quer poupar tempo e fazer o seu CV em 5 minutos?

Bracarenses ficarão a ‘ver Braga por um canudo’?

Pessoas e fronteiras em tempos de ascensão da extrema-direita

1ª Página. Clique aqui e veja tudo o que temos para lhe oferecer.vila nova online - jornal diário digital generalista com sede em vila nova de famalicão - braga - plogging - reflorestar braga - árvores - arvoredo - arbustos - escolas - alunos - floresta - monte picoto - guimarães - política - partido scocislaista - ps - ricardo costa - saúde - aces alto ave

Pub

Categorias: Mais recentes

Acerca do Autor

Francisco Oliveira

Viciado em Imprensa Futebolística desde miúdo, época em que devorava Jornais & Revistas Futebolísticas. Desfruta da Escrita Futebolística desde que começou a escrever para a Página Só nas 4 Linhas na temporada 2018/19. Criador & Pensador da Página Culto Futebolístico nos tempos livres (como sempre!).

Comente este artigo

Only registered users can comment.