Manual de Escrita Criativa: os dez mandamentos do escritor

Manual de Escrita Criativa: os dez mandamentos do escritor

Pub

 

 

Primeiro. Amarás a Literatura acima dos interesses comerciais, da sedução das tabelas de venda e da popularidade. Mesmo que isso signifique viver incógnito e ser reconhecido apenas depois da morte, como sucedeu a John Keats, Emily Dickinson ou Fernando Pessoa, entre tantos outros.

Segundo. Não tomarás o santo nome de escritor em vão. Entrega-te à arte de corpo e alma, assumindo-te como autor, ainda que apenas perante a família e os amigos. A escrita é um dom registado no teu ADN, personalidade e sonhos. Não podes escapar a esse destino, belo ou trágico, mas sempre único.

Terceiro. Trabalharás aos Domingos, os feriados e não conhecerás férias. Numerosos autores sacudiram a fadiga, depois de uma jornada extenuante no emprego, e dedicaram-se ao vício secreto da escrita. Por exemplo, Zora Neale Hurston, criadora do clássico Os Seus Olhos Contemplavam Deus, limpava casas de banho durante o dia e, depois, escrevia noite dentro.

Quarto. Honrarás os teus pais e mães, isto é os homens e mulheres de letras que te influenciaram, aceitando que, na arte, ‘do nada, nada vem‘. O escritor é uma gralha, recolhendo inspiração e ideias aqui e além, para construir esse ninho que é o texto. Todos os materiais cintilantes lhe servem: os livros, os filmes, os quadros e, claro, a vida.

Quinto. Não matarás os teus sonhos, nem desistirás de projetos quixotescos. A escrita requer persistência, mesmo nos piores momentos, quando os editores rejeitam um original ou os críticos zurzem o teu livro mais amado. Como afirmou Richard Bach, ‘um escritor profissional é um amador que não desistiu’.

Sexto. Pecarás contra a castidade da folha em branco. Rasgarás centenas de páginas, rabiscarás blocos inteiros, escreverás no verso de guardanapos, como J. K. Rowling, a autora da saga Harry Potter. E nunca te sentirás impotente perante uma folha limpa, pois guardas em ti o potencial imenso da imaginação.

Sétimo. Não plagiarás. A cópia constitui um crime punível pela lei, que arruinaria a tua reputação perante a comunidade literária de críticos, leitores e casas editoriais.

Oitavo. Não levantarás falsos testemunhos, não entrarás em polémicas inúteis, não sentirás inveja! Contudo, pugnarás pelas tuas causas políticas e éticas, usando a palavra como arma. Grandes escritores mudaram o curso da História, graças à coragem das suas obras.

Nono. Não desejarás a musa, ninfa ou fauno de nenhum outro escritor. Encontra o teu caminho.

Décimo. Não cobiçarás nunca os escritos alheios. O estilo tem de ser o teu, pois mais vale um mau original do que uma boa imitação. Sê ambicioso e, como no poema de Miguel Torga, ‘de nenhum fruto queiras só metade‘.


Obs: publicação original em “Mancelos, João de. Manual de Escrita Criativa. Lisboa: Edições Colibri, 1.ª ed., 2012; 4.ª ed., 2021″. O texto – uma viagem pela criatividade em forma de escrita – sofreu ligeiras adequações editoriais, nomeadamente ao nível da inclusão de negritos e inclusão de hiperligações.

#escritacriativa #joaodemancelos #manualdeescritacriativa

Algumas raparigas são quartos de hotel

O Amor

1ª Página. Clique aqui e veja tudo o que temos para lhe oferecer.vila nova online - jornal diário digital generalista com sede em vila nova de famalicão - braga - plogging - reflorestar braga - árvores - arvoredo - arbustos - escolas - alunos - floresta - monte picoto - guimarães - política - partido scocislaista - ps - ricardo costa - saúde - aces alto ave

‘Uma biografia’ de Pessoa desvenda o homem e a obra literária

Miguel Torga continua bem vivo para quem o sabe estimar

Eduardo Lourenço (1923 – 2020)

Donativos

‘Terra Sonâmbula’ – primeiro livro de Mia Couto é um romance carregado de poesia

‘A guerra não tem rosto de mulher’: um monumento de Svetlana Alexievich à coragem e ao sofrimento

Um livro fundamental: ‘Se isto é um homem’ de Primo Levi

VILA NOVA: deixe aqui a sua Marca

‘O pior cego é aquele que não quer ler’ [Saramago]

A mão do oleiro e o relevo do mundo: lendo ‘A Caverna’, de Saramago

1ª Página. Clique aqui e veja tudo o que temos para lhe oferecer.vila nova online - jornal diário digital generalista com sede em vila nova de famalicão - braga - plogging - reflorestar braga - árvores - arvoredo - arbustos - escolas - alunos - floresta - monte picoto - guimarães - política - partido scocislaista - ps - ricardo costa - saúde - aces alto ave

Pub

Categorias: Cultura, Literatura, Poesia

Acerca do Autor

Comente este artigo

Only registered users can comment.