FC Famalicão – 0 x SL Benfica – 1

Rafa dá vitória por margem mínima ao Benfica sobre FC Famalicão

Rafa dá vitória por margem mínima ao Benfica sobre FC Famalicão

Pub

 

 

Rafa Silva marcou um golo pelo Benfica e deu uma vitória ao clube da Luz sobre o FC Famalicão pela margem mínima. Depois de uma derrota em Portimão, em que seria importante conseguir pontuar, o FC Famalicão recebeu o SL Benfica em jogo grande desta jornada 6°da Liga Bwin 2022/23 e, infelizmente para a maioria dos presentes, mas também de certo modo já expectável, o Benfica acabou por ganhar por um a zero (1-0). A margem mínima foi suficiente para a vitória dos ‘encarnados’, resultado que ilustra também o decurso da partida. Domínio claro do SL Benfica, mas com poucas oportunidades de golo e lances emotivos dentro das áreas de qualquer dos clubes, ao longo de todo o jogo.

Paradigmático da necessidade de um novo estádio onde possa jogar e receber mais público que o habitual, o Estádio Municipal 22 Junho quase esgotou para receber o clube com mais simpatizantes em Portugal.  O ’22 Junho’ não tem lotação suficiente para toda a massa adepta do FC Famalicão, tendo o jogo sido exclusivo para associados do clube famalicense. Além disso, se este jogo se realizasse numa fase mais final do Campeonato e com o Benfica prestes a ser campeão, certamente não haveria lugares para todos os pretendentes. Por fim, acrescente-se o facto de a bancada de maior lotação do Estádio não ser coberta, dessa forma afastando também algum público potencial.

‘Ponto de Partida’

SL Benfica sem vários futebolistas de peso e importantes no fio de jogo da equipa. É  o caso de Gonçalo Ramos e João Mário, entre outros. Por outro lado, desde o início, o técnico Roger Schmidt lanços, logo de início, o craque Draxler. A Estrela Alemã fez o seu primeiro jogo como titular para o campeonato frente ao FC Famalicão aqui em Fama City.

Petar Musa, por sua vez, começou fixo no ataque, ou não fosse pelas suas características um ponta-de-lança feito para jogar nessa pré-posição táctica.

Início Auspicioso

Desinibido, o FC Famalicão entrou no jogo com disposição para disputar o resultado. Mal tinha iniciado a partida, ainda não haviam decorridos 2 minutos, e Francisco Moura, adaptado a extremo, teve uma óptima oportunidade para abrir o marcador. O Defesa Lateral Esquerdo fez um bom jogo e saiu desgastado no início da segunda parte.

‘Dia Bom versus Dia Mau’

Entretanto, o FC Famalicão continuava a ‘carregar no acelarador’. Pouco depois, Odysseas Vlachodimos – que é, sem dúvida, o melhor Guardião a jogar em Portugal com os pés – intercepta deficitariamente o esférico que sobra para Alex Millan. Mas o famalicense não conseguiu mais que uma tentativa frustrada para marcar. Era um indício que ficava de um possível ‘Dia Mau para o SL Benfica e um Dia Bom para o FC Famalicão’. Contudo, tal acabaria por não se verificar. Por pouco!

‘Carrega, FC Famalicão!’

Quase de imediato, numa sucessão de trocas de bola ‘à boa moda do Tiki-Taka, Pelé, em zona frontal à baliza encarnada conduz o esférico, mas com muita cerimónia na hora de rematar, o esférico foi interceptado pelas ‘Águias Vermelhas’. Pelé foi o melhor em campo do FC Famalicão e fez um ‘jogão’ enquanto esteve em campo.

‘Melhores Futebolistas estão Sempre à Altura do Momento e dos Grandes Jogos’

Luiz Júnior protagonizou uma defesa de alto nível, aos 4 minutos, numa mancha a um atacante do SL Benfica que poderia ter feito o primeiro golo da partida. E aqui ter começado a queda do FC Famalicão neste jogo.

Mas os grandes futebolistas estão sempre à altura do momento e, em especial, dos grandes jogos.

Aos 35 minutos, nova grande defesa para a enorme galeria de grandes defesas de Luíz Júnior, com os pés, num momento em que algum desnorte se parecia apoderar da área famalicense. Ao longo da partida, foram vários o smomentos em que o Guardião teve oportunidade de brilhar e mostrar a sua categoria até ao final do tempo regulamentar.

Faltava a ‘Chama Imensa Encarnada’!

Se o SL Benfica tinha mais posse de bola e trocava o esférico a seu ‘bel-prazer’ , na hora de partir para o assalto à baliza do FC Famalicão faltava-lhe a ‘chama imensa encarnada’ que tem iluminado muito a equipa benfiquista e os seus adeptos ao longo dos tempos.O FC Famalicão susteve bem os ataques encarnados. A título de exemplo, num contra-ataque em que Alex Millan conduz o esférico pela direita o jovem Defesa Central António Silva é imprudente na maneira como aborda o número 9 Espanhol do FC Famalicão e, ao abalroá-lo, bate com o braço na barriga do Avançado oriundo do Villarreal.

Aos 18 minutos, no entanto, houve uma das melhores oportunidades não concretizadas pelo SL Benfica. Petar Musa, quase isolado, pontapeia em arco o esférico para defesa que acabaria por ser de pouca dificuldade para Luiz Júnior.

Quando corriam os 20 minutos, Pelé leva o esférico pela direita e cruza para um colega atacante Famalicense que se encontrava em boa posição tentar o remate, mas este é desarmado.

FC Famalicão: uma Equipa Compacta (como devem ser as Equipas nos Grandes Jogos com os ‘Grandes’)

A estratégia do FC Famalicão foi muito eficaz na abordagem do jogo: a equipa manteve-se compacta do início ao final. Sólida a defender e criteriosa a atacar, como devem ser as equipas quando jogam com os ‘Grandes’. Afinal, quem tinha a obrigação de vencer eram os visitantes. E  não houve nenhuma equipa, até ao momento, capaz de criar as dificuldades que o FC Famalicão criou ao mais sério candidato ao título em Portugal nesta temporada 2022/23.

Já a caminho do final, decorriam os minutos de compensação, o melhor futebolista de meia distância do FC Famalicão – Youssuf – rematou fortíssimo à entrada da grande área, num remate em altitude que seria um golaço, seria até talvez o golo da jornada se a pontaria saísse afinada e o golo se tem concretizado. Youssuf é exímio a aparecer na ‘carreira de tiro’ e vai certamente marcar mais golos desta natureza durante a época, tal como marcou o golo da única vitória do FC Famalicão, na 4° jornada, em casa, frente ao Santa Clara.

Queda Livre!

A estratégia delineada pelo FC Famalicão acabaria por ruir, aos 62 minutos e depois de uma segunda parte até então de clara supremacia encarnada. Houve vários lances quase consecutivos de ataque do SL Benfica a rondar a baliza de Luiz Júnior que teve de se aplicar em várias situações. Até que Rafa Silva, após assistência da esquerda de Grimaldo, em situação que se adivinhava, apareceu perspicaz e cheio de oportunidade, aplicando o seu saber, com um pequeno jeito de corpo e toque de bola junto à baliza do Guardião Brasileiro. Foi golo! E um balde de água fria que atingiu Luiz Júnior e todos os demais famalicenses presentes no ’22 de Junho’.

Até então, era ‘quase’ tudo bom demais para ser verdade. A partir desse momento, os ‘minutos de fama’ do FC Famalicão acabaram e o SL Benfica tomou conta do jogo. Gerou o resultado da exibição em cima de um golo e de uma vitória mínima.

Para as equipas grandes, como o SL Benfica, que têm a obrigação de vencer todos os jogos do seu campeonato e mais os outros de outras competições, por vezes basta jogar o suficiente para ganhar. Foi o que aconteceu; e conseguiu a vitória.

‘Jogar q.b.’ + um golo de Rafa Silva com valor de 3 pontos

‘Jogar q. b. traduz as exigências dos grandes clubes e o seu ‘resultadismo’, no jogo de hoje, traduziu o jogo do SL Benfica. É o que se chama de pragmatismo, pondo a estratégia à frente do ‘espectáculo’.

Quando é para dar espectáculo, há espectáculo; quando é preciso ir à luta, há luta; e o que interessa são os três pontos finais.

Do momento do golo benfiquista até ao final não houve mais oportunidades flagrantes para marcar por parte das duas equipas, embora o ‘Fama’ não tenha desistido e tenha dado a sua luta até ao último minuto.

O golo de Rafa Silva, aos 62 minutos, valeu como o momento-chave desta partida.

Próximo Jogo do FC Famalicão é no ‘Mágico Jamor’

A próxima partida a disputar pelo ‘Fama’ realiza-se dia 18 deste mês de setembro, em Lisboa, no Estádio Nacional do Jamor, frente ao Casa Pia (que joga no Estádio Nacional por falta de condições do seu estádio para permitir a realização de jogos da I Liga portuguesa).

Se jogar mais vezes como jogou hoje, é uma certeza que ainda iremos ‘bater muitas palmas’ a esta equipa do FC Famalicão.

‘Boa sorte, Famalicão!’

1ª Página. Clique aqui e veja tudo o que temos para lhe oferecer.vila nova online - jornal diário digital generalista com sede em vila nova de famalicão

Imagens: DR

Defesa central João Pedro viveu no FC Famalicão época de goleador

‘Carnes e Caldos’ leva sabores de outono a Guimarães

António Costa, o Governo e PS merecem um cartão laranja, ainda que…

‘Homens Imprudentemente Poéticos’, de Valter Hugo Mãe – um livro muito visual e de uma enorme beleza

Brinquedos sexuais podem ajudar a intimidade do casal

‘Alice in Magical Garden’ nomeado para Remarkable Venue Awards

Famalicão protege ambiente com recolha óleos usados

Pub

Categorias: Desporto, Famalicão, Futebol

Acerca do Autor

Francisco Oliveira

Viciado em Imprensa Futebolística desde miúdo, época em que devorava Jornais & Revistas Futebolísticas. Desfruta da Escrita Futebolística desde que começou a escrever para a Página Só nas 4 Linhas na temporada 2018/19. Criador & Pensador da Página Culto Futebolístico nos tempos livres (como sempre!).

Comente este artigo

Only registered users can comment.