Conhecer as tecnologias da nova vaga de aplicações digitais

Primeiro curso Blockchain e Webmarketing 3.0 chega a Portugal

Primeiro curso Blockchain e Webmarketing 3.0 chega a Portugal

Pub

 

 

O primeiro curso sobre blockchain e as novas tecnologias que compõem a Web 3.0 arranca no Porto e em formato presencial a 1 de outubro, numa organização conjunta da Sphere Elephant e da EDIT – Disruptive Digital Education. O curso irá focar-se no entendimento das tecnologias que envolvem a nova vaga de aplicações digitais, denominada de Web 3.0, e nos novos paradigmas de comunidade e customização que estes implicam.

Hugo Silva Pereira, responsável pela orientação do curso e fundador e diretor-geral da Sphere Elephant, também ela a primeira agência de media portuguesa exclusivamente focada em projetos da mais recente fase na internet que, assim se espera, poderá vir a dominar o futuro das comunicações online, salienta que este curso é dedicado a gestores de marca ou de ‘experiência’.

“Nesta fase, o objetivo passa por educar profissionais, nas mais diversas áreas de negócio, sobre o que é, verdadeiramente, a blockchain e de que forma irá mudar a nossa forma de pensar o cliente e o negócio”, afirma o gestor.

Termos como blockchain, metaverso ou criptomoedas já entraram no léxico dos portugueses, embora muitos ainda não dominem ou olhem com desconfiança para o assunto. Daniel Devera, fundador e diretor-geral da escola EDIT – Disruptive Digital Education, esclarece, por seu turno, que este “não é um curso de trading”. Aquilo que se pretende, de facto, é “educar sobre os benefícios da tecnologia e de que forma pode mudar o panorama da publicidade digital”. É que para lá de um novo entendimento económico coletivo e descentralizado, esta nova onda tecnológica traz consigo novas ferramentas de comunicação, plataformas e formas de comunicar.

Indústria digital em mudança acelerada

Com investimentos multimilionários de empresas como a Google, a Microsoft, a IBM e, particularmente, a META, anteriormente conhecida como Facebook e que mudou o nome deliberadamente para reforçar a sua convicção e posicionamento no metaverso, parecem existir poucas dúvidas que a indústria digital adivinha uma mudança no paradigma atual e está a prepará-la. “Ainda é preliminar. Ainda não é fácil para qualquer utilizador entrar neste meio, mas os estudos estão aí: a adoção de tecnologia como a realidade imersiva ou a blockchain estão a despertar a atenção dos utilizadores e os gestores de negócio precisam de se posicionar já para as experiências que podem oferecer às suas comunidades”, acrescenta Hugo Silva Pereira.

Curso de Blockchain e Webmarketing 3.0 com colaboração de diversos especialistas

Esta primeira edição do Curso arranca aos fins-de-semana, no Porto, a partir do próximo dia 1 de Outubro, mas, segundo Daniel Devera, chegará também a Lisboa. “Criaremos uma versão remote assim que terminarmos o primeiro ciclo do curso. Ao sermos pioneiros, temos a responsabilidade de trabalhar conjuntamente com os alunos para criar algo sólido e construtivo”. Além de Hugo Silva Pereira, o curso contará com outras figuras de renome na área, como Afonso Urbano, customer expert nos projetos FLUX e ADAX.PRO, Fernando Pereira Pinto, advogado na RMV – Associados, André Carvalho, head of digital strategy na agência Bastarda, Ricardo Martins Costa, chief of communication office na Dotmoovs e João Machado, senior marketing manager na Qredo.

1ª Página. Clique aqui e veja tudo o que temos para lhe oferecer.vila nova online - jornal diário digital generalista com sede em vila nova de famalicão

Criptomoedas. Uma Análise em Português Simplificado

Portugal favorece ambiente criptoamigável no país

Desassossego pela metamorfose societária frente à Inteligência Artificial

Tecnologia lidera reconhecimento e valor das marcas no grande consumo

Huawei Mate X2, um dos ‘smartphones’ mais atraentes do mercado

Quando cinema e videojogos se cruzam entre si

Pub

Acerca do Autor

Artigos Relacionados

Comente este artigo

Only registered users can comment.