As boas histórias devem ser contadas e os espetadores poderem escolher entre assistir ao filme ou viver em primeira pessoa nos títulos dos videojogos

Quando cinema e videojogos se cruzam entre si

Quando cinema e videojogos se cruzam entre si

Pub

 

 

O cinema e os videojogos partilham entre si uma incrível sinergia. Na verdade, são setores do mundo do entretenimento que se têm vindo a combinar para serem cada vez atraentes.

Exemplos maiores de uma conexão a cada dia com mais sucesso, ambas as indústrias vivem narrativas fantásticas que geram no público os mais diversos sentimentos.

Os amantes da sétima arte são, em geral, mais contemplativos. Ir ao cinema ou assistir a uma série exige foco, atenção e compreensão da mensagem que está a ser passada, seja nos diálogos ou nos cenários elaborados pelo cineasta. Já os gamers são mais ativos. Ainda que seja necessário estar atento à história, seguir a narrativa e maravilhar-se com os gráficos, é também fundamental estar atento aos comandos para enfrentar e superar os desafios.

Nestes dois setores da indústria de entretenimento, tudo gira ao redor da história. É justamente essa matéria-prima que tem sido utilizada de maneira igual nas duas indústrias. São muitos os videojogos inspirados em filmes e ainda mais as produções audiovisuais baseadas em títulos de jogos. Vejamos, então, as produções cinematográficas mais populares oriundas do mundo gaming.

Das consolas para o cinema

O título mais recente a cruzar a fronteira entre indústrias foi Uncharted: Fora do Mapa (2022). O filme protagonizado por Tom Holland e Mark Wahlberg é um clássico videojogo exclusivo das plataformas PlayStation. Nos jogos, assim como no filme, Nathan Drake, um famoso caça-tesouros, dá a volta ao mundo atrás de relíquias de valor inestimável. No entanto, os vilões também estão à procura desse espólio. Nos videojogos e no filme, a aventura é repleta de quebra-cabeças e enigmas que devem ser decifrados para seguir em frente com a aventura. Sem dúvida, uma grande adaptação do jogo para o cinema.

cinema - vídeo - jogos - espetáculo - vieogames - games - videojogos

Um personagem clássico dos anos 90 que também teve a sua história narrada no cinema é o Sonic. O simpático ouriço azul, grande símbolo da SEGA, conquistou os jogadores da Mega Drive e voltou recentemente para encantar a nova geração. O primeiro filme – Sonic: O Filme (2020) – em torno do personagem revela as suas origens, como chegou à Terra e a eterna perseguição do vilão Robotnik, protagonizado por Jim Carrey. O êxito foi enorme e garantiu, desde logo, a respetiva sequela, Sonic: O Filme – 2 (2022). Na segunda parte, Sonic une forças a Tails para impedir que o Robotnik encontre a esmeralda mística.

A principal rival de mercado da SEGA, a Nintendo, também conta com títulos que se transformaram em filmes. Desde logo, a animação Pokémon: Detetive Pikachu (2019) foi um êxito. Apesar da ideia de um Pikachu falante não parecer a melhor, o filme consegue trazer uma boa dose de aventura, diversão e mistério. E tudo indica que não deverá ficar-se apenas pelo filme, pois especula-se em torno de uma série sobre o simpático Pokémon na Netflix. Por outro lado, o carro-chefe da empresa, o Mario, não conseguiu repetir o sucesso das consolas nos ecrãs. A produção Super Mario Bros. (1993) carrega consigo dois títulos: a primeira adaptação de jogo para o cinema e o pior filme baseado num videojogo.

Filmes e séries nas slot machines

Uma das modalidades mais tradicionais dos casinos, as slot machines conseguiram sobreviver e manter a sua relevância devido à boa capacidade de se adaptarem aos tempos e evoluir para assegurar o interesse dos jogadores.

Com a migração para o mundo online, as slot machines ganharam designs atualizados e diversos novos temas, superando os clássicos símbolos do passado. Dentre as temáticas mais populares encontram-se filmes, séries e reality shows. No campo das produções para o cinema, existe uma slot totalmente inspirada em Jumanji (1995), cuja história gira em torno de um jogo de mesa que leva os seus jogadores a um mundo de fantasia. Na versão original, o destaque fica por conta do saudoso Robin Williams.

Mas as séries também entraram no jogo. Narcos (2015), uma produção original da Netflix, ganhou um slot machine inspirado na história, que está relacionado com a ascensão de Pablo Escobar. E um reality show que superou a televisão e aparece nos ecrãs das slot machines é o Hell’s Kitchen (2005), comandado pelo conhecido chef Gordon Ramsay.

Com efeito, a parceria entre o cinema e os videojogos é sólida e a tendência é de crescimento. As boas histórias devem ser contadas e os espetadores poderem escolher entre assistir ao filme ou viver em primeira pessoa a ação nos títulos dos videojogos. Na verdade, não é preciso escolher, pode-se fazer os dois e desfrutar em dose dupla.

Imagens: 0) Geoffrey Moffett / Unsplash 1) Ben Griffiths / Unsplash

1ª Página. Clique aqui e veja tudo o que temos para lhe oferecer.vila nova online - jornal diário digital generalista com sede em vila nova de famalicão - música - concertos - espetáculo - cultura -livro - literatura - política - trabalho - rendimento - segurança - saúde - cinema - proteção civil - segurança - ribeirão - riba d'ave -

Pub

Categorias: Cinema, Gaming, Lazer

Acerca do Autor

Comente este artigo

Only registered users can comment.