Músico inglês apresenta-se a 16 de julho naquele que é um dos mais relevantes festivais do género na atualidade em Portugal

Alfa Mist no Matosinhos em Jazz

Alfa Mist no Matosinhos em Jazz

Pub

 

 

O fantástico MC britânico Alfa Mist anima o fim de tarde de sábado, 16 de julho, do Matosinhos em Jazz que regressou em 2022 para animar os melómenos da e na cidade nos fins de tarde e noites deste tórriso verão. O cartaz daquele que é um dos mais relevantes festivais da região Norte, quiçá mesmo de Portugal, mistura diferentes vertentes do jazz nacional e internacional, apresentando uma programação eclética que dará a escutar, entre outros nomes, Ashley Henry, Rebecca Martin e os portuguesíssimos Grupo Novo Rock (GNR) de Rui Reininho e Companhia com a Orquestra Sinfónica do Porto Casa da Música. O espetáculo acontece pelas 18h00, como aliás todos os demais com exceção dos dois últimos.

O festival arrancou a 1 de julho com a exposição de obras criadas por vários artistas portugueses. O desafio do festival consistia numa releitura de capas icónicas da história mundial do jazz. André Tentúgal, Clara Não, Joana Linda, João Fazenda e Vasco Gargalo formam o leque de artistas que aceitaram o desafio de repensar capas icónicas de álbuns de artistas como Charles Mingus, Nina Simone, Ornette Coleman, Sonny Rollins e Chet Baker. A exposição patente no Jardim Basílio Teles poderá ser visitada até 31 de julho.

Pianista e compositor, Alfa Mist chega do Reino Unido como uma das maiores referências do jazz contemporâneo. No dia seguinte, 17 de julho, atua a saxofonista Camilla George, nascida na Nigéria e com projeção ganha em Inglaterra.

Diretamente do Porto, com residência em Londres e a aterrar em Matosinhos para este espetáculo, 23 de julho é a vez da guitarrista, cantora e compositora Raquel Martins atuar. Ashley Henry, por sua vez, tem atuação agendada para o dia 24 de julho. Com formação na Royal Academy of Music, em Londres, o seu trabalho tem sido reconhecido como uma das grandes certezas da composição e performance em piano do jazz contemporâneo.

Para os dois últimos dias do festival estão previstas as atuações de Rebecca Martin & Orquestra Jazz de Matosinhos (29 de julho, 22h00) e dos GNR & Orquestra Sinfónica do Porto Casa da Música (30 de julho, 22h00). Estes dois espetáculos decorrem na Praça Guilhermina Suggia, em Matosinhos.

Todos os espetáculos são de entrada livre.

Até agora, deram-se já a ouvir neste Matosinhos em Jazz 2022 as músicas Mimi Froes e Jéssica Pina.

 

 

Pub

Categorias: Agenda, Cultura, Matosinhos, Música

Acerca do Autor

Comente este artigo

Only registered users can comment.