A mão do oleiro e o relevo do mundo: lendo ‘A Caverna’, de Saramago

Pub     [começar] «Fui ao cemitério, dei um cântaro a uma vizinha e temos um cão lá fora, acontecimentos de grande importância todos eles» (p. 51). Sublinhei a frase … Continue a ler A mão do oleiro e o relevo do mundo: lendo ‘A Caverna’, de Saramago