Cineclube de Braga realiza em maio ciclo de cinema com obras de uma das figuras maiores da cinematografia italiana e europeia

Pasolini celebrado em ano de centenário pelo Lucky Star

Pasolini celebrado em ano de centenário pelo Lucky Star

Pub

 

 

O centenário do nascimento de Pier Paolo Pasolini, uma das figuras maiores da cinematografia italiana e europeia, é celebrado em Maio pelo Lucky Star – Cineclube de Braga com o ciclo “Pasolini – A Consagração da Vida” que integra cinco filmes.

“Passarinhos e Passarões”, de 1966, é a proposta do cineclube bracarense para o dia 17. Tendo como protagonista o famoso actor cómico Totó – que aqui desempenhou o seu último papel -, é uma obra de carácter alegórico que reflecte sobre os encontros e os desencontros entre o cristianismo e o marxismo.

Para o dia 24 o Lucky Star tem programado “Rei Édipo” (1967), um filme em que Pasolini recria a obra clássica de Sófocles para a transformar numa autobiografia. “Conto a história do meu próprio complexo de Édipo”, disse o cineasta a propósito do filme.

A fechar o ciclo “Pasolini – A Consagração da Vida” será ainda apresentado “Pasolini”, de Abel Ferrara, uma obra biográfica de 2014 que, centrando-se nas últimas horas da vida do cineasta, assassinado a 2 de Novembro de 1975, relembra momentos marcantes de um percurso iconoclasta e repleto de controvérsias que lhe valeram o desprezo e a condenação de muitos e a admiração de outros tantos.

Este ciclo de cinema “Pasolini – A Consagração da Vida” teve início no dia 3 com “Accattone” (1961), o primeiro filme realizado por Pasolini. A partir da existência ociosa e marginal de um proxeneta, Vittorio, traça um retrato cru da vida indigente, e frequentemente trágica, dos habitantes num subúrbio de Roma na época pós-Segunda Guerra Mundial.

No passado dia 10, o Lucky Star exibiu também “O Evangelho Segundo São Mateus” (1964), que recria a vida de Jesus Cristo a partir do texto bíblico. Considerado um clássico do cinema neo-realista, o filme conquistou o Grande Prémio do Júri do Festival de Veneza. Em 2015, o jornal L’Osservatore Romano, propriedade do Vaticano, considerou-o o melhor filme de sempre sobre Cristo.

As sessões decorrem, como habitualmente, na Biblioteca Lúcio Craveiro da Silva, (BLCS), sempre às terças-feitas, a partir das 21h30. A entrada custa 1 euro para estudantes e utentes da BLCS e 3 euros para o restante público.

1ª Página. Clique aqui e veja tudo o que temos para lhe oferecer.vila nova online - jornal diário digital generalista com sede em vila nova de famalicão

A vida numa boa (ou seja, o cinema)

Carolina Amaral, talento do teatro e cinema da nova geração

Imagens: LSCdB

VILA NOVA. Conte connosco, nós contamos consigo.

O seu diário digital VILA NOVA Online é gratuito para os leitores e sempre será.

Se considera válido o trabalho realizado, não deixe de efetuar o seu simbólico donativo através de mbway, netbanking, multibanco ou paypal.

MBWay: 919983484

IBAN: PT 50 0065 0922 00017890002 91; BIC/SWIFT: BESZ PT PL

Paypal: pedrocosta@vilanovaonline.pt

Envie-nos os seus dados. Receberá, na volta do correio, o recibo para efeitos fiscais ou outros.

Publicidade (promoções e tabelas em vigor):

Basta enviar-nos o comprovativo da sua compra e o conteúdo a publicar.

Envie-nos os seus dados. Receberá, na volta do correio, o recibo para efeitos fiscais ou outros.

Contacte-nos para situações especiais.

Gratos pelo seu apoio e colaboração.

‘Braga Natural’ premiado em festival internacional de cinema

Passos Zamith distinguido em festival de cinema indiano

Pub

Categorias: Agenda, Braga, Cinema, Cultura

Acerca do Autor

Comente este artigo

Only registered users can comment.