‘Excelente performance operacional e de concretização nas diferentes Grandes Opções do Plano’

Viana do Castelo com mais elevada capacidade de execução orçamental de sempre em 2021

Viana do Castelo com mais elevada capacidade de execução orçamental de sempre em 2021

Pub

 

 

O Relatório de Atividades e Prestação de Contas de 2021 de Viana do Castelo foi aprovado esta quarta-feira, 20 de abril, em reunião ordinária do Executivo Municipal. O documento apresenta a mais elevada capacidade de execução de sempre da Câmara Municipal de Viana do Castelo, de 76,3 milhões, num aumento de 8,7% comparativamente com 2020.

Mesmo após mais um ano que ficará na história como um dos mais conturbados do último século face à globalização da pandemia de COVID-19, 2021 apresentou, em Viana do Castelo, sinais de retoma económica e social que permitiram a maior capacidade de execução da autarquia vianense. A receita fixou-se nos 76,4 milhões de euros, com origem positiva heterogénea, nomeadamente no Imposto Municipal Sobre as Transmissões Onerosas de Imóveis (IMT) (mais 32%) e no Imposto Único de Circulação (IUC) (mais 5,7%).

Reflexo dos efeitos colaterais da crise pandémica em Portugal e na região, o relatório apresenta a redução de receita nos domínios da Derrama (menos 39,9%) e no Imposto Municipal sobre Imóveis (IMI) (menos 1,5%) em resultado da aposta no apoio às famílias numerosas e na Reabilitação Urbana.

O documento destaca, na execução, o forte incremento nas transferências correntes, mais 18,4%, para apoio às instituições e associações, garantindo o seu desenvolvimento e mitigação dos efeitos da pandemia COVID-19, bem como a maior transferência financeira para as Uniões e Juntas de Freguesia de sempre, que obtiveram mais 22,6%, cerca de 6,29 milhões de euros, corolário da redução dos encargos com a aquisição de bens e serviços (menos 3,1%) e com encargos financeiros (menos 25,3%).

‘Excelente performance operacional e de concretização nas diferentes Grandes Opções do Plano’

Na apresentação do documento, o edil Luís Nobre, releva “a excelente performance operacional e de concretização nas diferentes Grandes Opções do Plano, nomeadamente Coesão Territorial (17,3%), Educação (15,4%), Habitação e Urbanização (14,3%), Comunicações e Transportes (9%), Desporto e Tempos Livres (8,6%) e Cultura (5,6%), demonstração de uma trajetória de apoio e mitigação às adversidades económicas e sociais dos vianenses”.

Neste Relatório de Atividades e Prestação de Contas refere-se que Viana do Castelo “não teve como não enfrentar a exigência de um período pandémico como o que sentimos também em 2020, colocando uma pressão sobre as contas municipais nunca observada”. No entanto, mesmo nesse contexto, “não deixou a Câmara Municipal de avançar com ações concretas no apoio, de forma transversal, ao setor da Saúde e 3.º Setor (Social, Bombeiros Voluntários e Cruz Vermelha), bem como de apoio aos nossos agentes económicos (com particular destaque para os setores do comércio, restauração e turismo), num valor superior 1,5 milhões de euros.

No plano do investimento privado, foram celebrados 9 novos contratos de investimento, num investimento de 60 milhões de euros que permitiu a criação de 1.227 novos postos de trabalho diretos.

Luís Nobre assume preocupação social do Município de Viana do Castelo durante a pandemia

Luís Nobre destacou também o facto de, no Anuário Financeiro dos Municípios Portugueses, Viana do Castelo está fora da lista de municípios com maior receita obtida através de impostos e receita fiscal, no que toca aos municípios de média dimensão.

“O Período Pandémico que vivemos marcou de forma indelével todos os setores da nossa sociedade, das pessoas e, naturalmente, de forma impactante, também todo o exercício económico de 2021. Não obstante este cenário adverso, posso assegurar que garantimos a continuidade de serviços de qualidade, de operacionalidade e de resposta às solicitações dos nossos munícipes, dos movimentos culturais e associativos, das entidades e Uniões e Juntas de Freguesia, bem como destacável capacidade de captação de Fundos Comunitários que, muito positivamente, contribuíram para a capacidade de investimento demonstrada”, declara o autarca no Relatório.

“Foram ainda concretizadas todas as ações necessárias para assegurar a segurança e proteção da saúde dos trabalhadores do Município que foram o garante, mais um ano, do cumprimento da Visão, Missão e Valores estabelecidos nas Agendas 2030 da Inovação e para a Economia do Mar”, assegura ainda Luís Nobre.

Nova ponte ciclopedonal irá surgir em Viana do Castelo

1ª Página. Clique aqui e veja tudo o que temos para lhe oferecer.vila nova online - jornal diário digital generalista com sede em vila nova de famalicão - comunidade

Jorge Moreira da Silva à Presidência do PSD? Sim, porque Sim

VILA NOVA, o seu diário digital. Conte connosco, nós contamos consigo.

Se chegou até aqui é porque provavelmente aprecia o trabalho que estamos a desenvolver.

VILA NOVA é cidadania e serviço público.

Diário digital generalista de âmbito regional, a VILA NOVA é gratuita para os leitores e sempre será.

No entanto, a VILA NOVA tem custos, entre os quais a manutenção e renovação de equipamento, despesas de representação, transportes e telecomunicações, alojamento de páginas na rede, taxas específicas da atividade, entre outros.

Para lá disso, a VILA NOVA pretende produzir e distribuir cada vez mais e melhor informação, com independência e com a diversidade de opiniões própria de uma sociedade aberta. A melhor forma de o fazermos é dispormos de independência financeira.

Como contribuir e apoiar a VILA NOVA?

Se considera válido o trabalho realizado, não deixe de efetuar o seu simbólico contributo sob a forma de donativo através de mbway, netbanking, multibanco ou paypal.

MBWay: 919983484

NiB: 0065 0922 00017890002 91

IBAN: PT 50 0065 0922 00017890002 91

BIC/SWIFT: BESZ PT PL

Paypal: pedrocosta@vilanovaonline.pt

Envie-nos os seus dados e na volta do correio receberá o respetivo recibo para efeitos fiscais ou outros.

Visite também os nossos anunciantes.

Gratos pela sua colaboração.

José Milhazes apresenta ‘A mais breve História da Rússia’ no Diana Bar

CIVITAS Braga questiona os valores da Liberdade

Pub

Acerca do Autor

Comente este artigo

Only registered users can comment.