‘A música passa em direcção ao mar e eu não posso partir e também não sei o que poderá estar a acontecer do outro lado da encosta.’

Tenho um sonho, mas talvez não o possa realizar

Tenho um sonho, mas talvez não o possa realizar

Pub

 

 

Tenho um sonho, mas talvez não o possa realizar.

O céu escureceu e vejo uma estranha luz intermitente depois da encosta. Sente-se no ar, vê-se entre as nuvens, como se houvesse fogo ou um lamento de sangue.

É bem possível que eu não possa abandonar a terra lamacenta e a dolorosa peregrinação dos meus irmãos: gritos, medo, a desordem geral por um fio, uma carcaça ou quase nada.

Quedo-me nesta beira. Tento evitar a direcção do vento e o cheiro das coisas ardidas. Oiço os vizinhos que passam com as notícias ou correm e gritam deixando palavras espalhadas, coisas que não me consolam.

Vai caindo o dia e eu também. As pernas frágeis – alguma ferida aberta – e, nesta altura, canto baixo, suavemente. Vejo a neblina que passa e reúne sobre as águas. A música passa em direcção ao mar e eu não posso partir e também não sei o que poderá estar a acontecer do outro lado da encosta.

Junto à cabana, havia um pequeno bosque e uma fonte. Nunca precisei de cerca para os animais. Também eu sou livre, pensava. E agora as palavras descem, caem, arrepiam e eu tenho os pés gelados e as mãos. Passo um dedo sob as órbitas e sinto a pele enrugada e um último som – uma voz ainda jovem, soprada sob os salgueiros.

É provável que adormeça ou que não possa acordar. A história parece antiga ou vivida por alguém, a história não é só minha.

Na esplanada da Praia Grande de Porto Covo

JYSK Portugal - Vila Nova de Famalicão - Lagoa - Atlantic Park - Decoração - Têxteis-lar - Casa - Habitação - Loja - Residência - Morada - conforto - bem-estar - JYSK - JYSK Portugal - Vila Nova de Famalicão - loja - estabelecimento comercial - atlantic park - decoração - têxteis-lar, colchões - roupa de cama - roupa de banho - mobiliário - conceito - 3.0 - hygge - bem-estar - conforto - tranquilidade - preço - desconto - reabertura - investimento - postos de trabalho

1ª Página. Clique aqui e veja tudo o que temos para lhe oferecer.vila nova online - jornal diário digital generalista com sede em vila nova de famalicão - comunidade

Obs: texto previamente publicado na página facebook de José Miguel Braga, tendo sofrido ligeiras adequações editoriais. na presente edição.

Imagem: DR/Twitter

VILA NOVA, o seu diário digital. Conte connosco, nós contamos consigo.

Se chegou até aqui é porque provavelmente aprecia o trabalho que estamos a desenvolver.

VILA NOVA é cidadania e serviço público.

Diário digital generalista de âmbito regional, a VILA NOVA é gratuita para os leitores e sempre será.

No entanto, a VILA NOVA tem custos, entre os quais a manutenção e renovação de equipamento, despesas de representação, transportes e telecomunicações, alojamento de páginas na rede, taxas específicas da atividade, entre outros.

Para lá disso, a VILA NOVA pretende produzir e distribuir cada vez mais e melhor informação, com independência e com a diversidade de opiniões própria de uma sociedade aberta. A melhor forma de o fazermos é dispormos de independência financeira.

Como contribuir e apoiar a VILA NOVA?

Se considera válido o trabalho realizado, não deixe de efetuar o seu simbólico contributo sob a forma de donativo através de mbway, netbanking, multibanco ou paypal.

MBWay: 919983484

NiB: 0065 0922 00017890002 91

IBAN: PT 50 0065 0922 00017890002 91

BIC/SWIFT: BESZ PT PL

Paypal: pedrocosta@vilanovaonline.pt

Envie-nos os seus dados e na volta do correio receberá o respetivo recibo para efeitos fiscais ou outros.

Visite também os nossos anunciantes.

Gratos pela sua colaboração.

Deixarei a janela aberta

O Amor

Pub

Categorias: Literatura, Poesia

Acerca do Autor

José Miguel Braga

Professor, encenador, ator.

Comente este artigo

Only registered users can comment.