Luísa Salgueiro visita um dos mais antigos bairros sociais da cidade onde foram agora investidos cerca de 2,8 milhões de euros no bem-estar dos moradores

Matosinhos reabilita Conjunto Habitacional da Cruz de Pau

Matosinhos reabilita Conjunto Habitacional da Cruz de Pau

Pub

 

 

Matosinhos assinalou a conclusão dos trabalhos de reabilitação do Conjunto Habitacional da Cruz de Pau, através de uma visita de Luísa Salgueiro, a presidente da Câmara, a um dos mais antigos núcleos de habitação social da cidade, onde a autarquia matosinhense investiu 2,8 milhões de euros no bem-estar dos respetivos moradores e se prepara ainda para gastar mais 520 mil euros em arranjos urbanísticos na qualificação da área envolvente.

A primeira fase da intervenção prevista para esta zona residencial abrangeu 104 fogos dos seis blocos do Conjunto Habitacional da Cruz de Pau construídos em 1963 e a empreitada, realizada em articulação com a MatosinhosHabit, orçou em 2,8 milhões de euros. A obra na Cruz de Pau incluiu a beneficiação do interior e do exterior dos blocos habitacionais, bem como a substituição integral das infraestruturas de água, saneamento, eletricidade, telecomunicações e gás.

Com o objetivo de melhorar a eficiência energética e o conforto das habitações, a Câmara Municipal de Matosinhos avançou com o isolamento térmico dos edifícios, através do sistema ‘Capoto’, um dos mais frequentemente utilizados nos dias de hoje, e com a substituição de todas as caixilharias com vidros duplos com corte térmico.

O interior das habitações do Conjunto Habitacional da Cruz de Pau também foi renovado, nomeadamente no que respeita a cozinhas, casas de banho, pavimentos, portas e janelas.

Requalificação do espaço público vai avançar

O próximo passo da Câmara Municipal de Matosinhos, no Bairro da Cruz de Pau, é agora a requalificação do espaço público envolvente aos blocos habitacionais neste núcleo residencial histórico de Matosinhos, que tem em curso várias intervenções municipais de qualificação urbana e de mobilidade.

O projeto, com um custo de execução estimado de 520 mil euros, prevê a reconversão e qualificação dos passeios, o ordenamento do estacionamento automóvel (criação de 4 lugares para veículos de condutores com mobilidade condicionada), a colocação de mobiliário urbano coletivo, a colocação de suportes para bicicletas, a relocalização de escadas em pontos de ligação entre blocos, a implementação de passadeiras sobre-elevadas para redução da velocidade na rua Dr. António Teixeira de Melo, a redefinição dos espaços verdes junto aos edifícios, entre outras melhorias.

Também as zonas de circulação pedonal serão reorganizadas, de forma a cumprirem os critérios normativos para a mobilidade reduzida em meio urbano.

Está igualmente prevista a demolição de apropriações indevidas e de espaços verdes com vegetação inadequada que acumula lixo, situação que provoca a propagação e infestação de roedores.

A visita de Luísa Salgueiro ao Conjunto Habitacional da Cruz de Pau ocorreu já durante o período de preparação para o último ato eleitoral. Na ocasião, Luísa Salgueiro fez-se acompanhar de Manuela Álvares, presidente do Conselho de Administração da MatosinhosHabit, e outros elementos da empresa municipal como Helena Vaz e Carlos Mouta, Vasco Pinho, vereador do Desporto, e Paulo Carvalho, o presidente da junta da União das Freguesias de Matosinhos e Leça da Palmeira.

1ª Página. Clique aqui e veja tudo o que temos para lhe oferecer.vila nova online - jornal diário digital generalista com sede em vila nova de famalicão

Imagens: MMTS

VILA NOVA, o seu diário digital. Conte connosco, nós contamos consigo.

Se chegou até aqui é porque provavelmente aprecia o trabalho que estamos a desenvolver.

VILA NOVA é cidadania e serviço público.

Diário digital generalista de âmbito regional, a VILA NOVA é gratuita para os leitores e sempre será.

No entanto, a VILA NOVA tem custos, entre os quais a manutenção e renovação de equipamento, despesas de representação, transportes e telecomunicações, alojamento de páginas na rede, taxas específicas da atividade, entre outros.

Para lá disso, a VILA NOVA pretende produzir e distribuir cada vez mais e melhor informação, com independência e com a diversidade de opiniões própria de uma sociedade aberta. A melhor forma de o fazermos é dispormos de independência financeira.

Como contribuir e apoiar a VILA NOVA?

Se considera válido o trabalho realizado, não deixe de efetuar o seu simbólico contributo sob a forma de donativo através de mbway, netbanking, multibanco ou paypal.

MBWay: 919983484

NiB: 0065 0922 00017890002 91

IBAN: PT 50 0065 0922 00017890002 91

BIC/SWIFT: BESZ PT PL

Paypal: pedrocosta@vilanovaonline.pt

Envie-nos os seus dados e na volta do correio receberá o respetivo recibo para efeitos fiscais ou outros.

Visite também os nossos anunciantes.

Gratos pela sua colaboração.

Pub

Categorias: Matosinhos, Urbanismo

Acerca do Autor

Comente este artigo

Only registered users can comment.