Raid das Masseiras com maior participação de sempre

Raid das Masseiras com maior participação de sempre

Pub

 

 

A vila de Aguçadoura recebeu, este domingo, 6 de fevereiro, mais de 500 participantes no Raid das Masseiras, competição organizada pela Bikeservice com o apoio da Câmara Municipal da Póvoa de Varzim e uma das mais populares provas de ciclismo amador na região Norte, naquela que foi a competição mais concorrida até aos dias de hoje pelos trilhos da região hortícola à beira-mar plantada.

Decorrendo em duas distâncias, 35 ou 50 quilómetros, a prova está “enquadrado no conceito habitualmente designado por Maratona de BTT e naquilo que a Federação Portuguesa de Ciclismo define como prova Aberta, respeitando a regulamentação respetiva, bem como as regras do Código da Estrada. Não se trata de uma competição, mas sim de um evento desportivo com fins de ócio, turísticos ou culturais, características que, de resto, definem esta variante do ciclismo”. O “Raid”, com epicentro na Aguçadoura, percorreu os trilhos da zona hortícola das masseiras, abrangendo também localidades vizinhas, como é o caso da Estela.

Raid das Masseiras 2022 by trek - aguçadoura - produtos hortícolas

produtos hortícolas - raid das masseiras - aguçadoura - póvoa de varzim

Os vencedores individuais desta edição que classificou mais de 500 participantes foram Miguel Ribeiro (Centro Social Bonitos de Amorim), e Carla Vieira (equipa Carpa), que completaram o percurso de 35 quilómetros em 01:11:46 e 01:30:53, respetivamente; e Filipe Ramos (Centro Social Bonitos de Amorim) e Virgínia Miranda (SAERTEX), que percorreram os 50 quilómetros em 01:33:480 e 1:56:03. Por equipas, os Lobos de A-ver-o-mar foram a equipa melhor classificada quer na prova de 35 km, quer na de 50 km.

As inscrições para a Maratona BTT, que se realiza, na Póvoa de Varzim, a 16 de outubro, abrem a 10 de fevereiro.

1ª Página. Clique aqui e veja tudo o que temos para lhe oferecer.vila nova online - jornal diário digital generalista com sede em vila nova de famalicão

Duatlo Famalicão regressa à Devesa pela mão dos Amigos do Pedal

Imagens: Tiago Ferreira/RdM e Matias Novo/RdM

VILA NOVA, o seu diário digital. Conte connosco, nós contamos consigo.

Se chegou até aqui é porque provavelmente aprecia o trabalho que estamos a desenvolver.

VILA NOVA é cidadania e serviço público.

Diário digital generalista de âmbito regional, a VILA NOVA é gratuita para os leitores e sempre será.

No entanto, a VILA NOVA tem custos, entre os quais a manutenção e renovação de equipamento, despesas de representação, transportes e telecomunicações, alojamento de páginas na rede, taxas específicas da atividade, entre outros.

Para lá disso, a VILA NOVA pretende produzir e distribuir cada vez mais e melhor informação, com independência e com a diversidade de opiniões própria de uma sociedade aberta. A melhor forma de o fazermos é dispormos de independência financeira.

Como contribuir e apoiar a VILA NOVA?

Se considera válido o trabalho realizado, não deixe de efetuar o seu simbólico contributo sob a forma de donativo através de mbway, netbanking, multibanco ou paypal.

MBWay: 919983484

NiB: 0065 0922 00017890002 91

IBAN: PT 50 0065 0922 00017890002 91

BIC/SWIFT: BESZ PT PL

Paypal: [email protected]

Envie-nos os seus dados e na volta do correio receberá o respetivo recibo para efeitos fiscais ou outros.

Visite também os nossos anunciantes.

Gratos pela sua colaboração.

Luís Gomes triunfou na Póvoa de Varzim em prova clássica da primavera

Pub

Acerca do Autor

Comente este artigo

Only registered users can comment.