Em lazer ou trabalho, algumas dicas ajudam a organizar com mais facilidade a mala de viagem

Viagem de curta duração: o que não pode faltar na bagagem

Viagem de curta duração: o que não pode faltar na bagagem

Pub

 

 

Sem dúvida, viajar em negócios não é tão prazenteiro quanto viajar em férias. Ainda assim, o planeamento para os dois tipos de deslocação tem sempre algo em comum: a preparação da mala de viagem e respetiva bagagem. Esta nunca deverá ser demasiado grande, para ser fácil de manusear e transportar. Além disso, hoje em dia, numa época em que as casas têm dimensões cada vez mais reduzidas, nem precisa de a comprar, pois há empresas que as alugam ao seu gosto e pelo tempo necessário; só precisa mesmo de a escolher e preparar.

O que é, então, indispensável transportar na mala de viagem?

Se boa parte das pessoas acha que preparar uma mala para férias é exigente, a maior parte delas, pelo contrário, considera que preparar uma mala de viagem para tratar de negócios, ou trabalho, é simples. Basta colocar algumas roupas sociais de tons sóbrios e ela está pronta; mas, de facto, não é bem assim. Não se trata de colocar apenas roupas na mala, sem pensar, por exemplo, no calendário, no clima da cidade e na estrutura ou características sociais do lugar onde se vai passar alguns dias. modo a estar sempre confortável fora de casa?

Cuidados de bagagem relativos ao clima

Nos dias de hoje, com a globalização, as viagens – de férias ou de negócios ou trabalho – tornaram-se muito frequentes, sejam elas de curta ou longa distância. Assim, é fácil sermos confrontados com situações de diversidade climática natural.

Se a viagem está agendada, por exemplo, para uma região que esteja a atravessar o período de inverno, e os dias forem passados em reuniões em ambiente com uma boa estrutura e isolamento contra o frio, peças de peso médio e um bom casaco são o suficiente. Já se o frio não é extremo, mas os ambientes não possuem boa climatização, provavelmente será necessário vestir mais camadas de roupa.

Por seu turno, se o destino da viagem é um lugar mais quente, o importante é equipar a mala com peças fabricadas em tecidos naturais, mais leves e frescos. Há que ter em atenção um cuidado suplementar: no verão é mais difícil repetir roupas, já que temos tendência a transpirar mais. Por isso, ao preparar a mala  de viagem, há que pensar se é possível proceder à higiene e lavagem das peças de vestuário durante a deslocação. É de toda a conveniência evitar transportar consigo uma estrutura para lavar e secar as roupas, ainda que de reduzida dimensão, pois irá diminuir bastante o tamanho da bagagem, principalmente se a viagem durar mais de uma semana.

Tendo em conta estes fatores, é relevante perspetivar quantas vezes será possível repetir uma peça de roupa, dividindo os looks da sua bagagem entre compromissos de trabalho e lazer.

Catalogar o vestuário em categorias

Com algum cuidado, é fácil separar a roupa em categorias. É possível, assim, dividir as roupas deixando as mais transparentes e as malhas para ambientes não profissionais. No caso de não utilizar as transparências, as escolhas podem ser feitas por cores e estampagens, reservando a paleta mais sóbria para as reuniões. Nestas seleções, é importante contar sempre com algumas peças de vestuário mais versáteis, como as calças pantacourt que podem ser utilizadas em passeios de descontração pela cidade após um dia de intensos compromissos, trocando o restante vestuário e calçado por algo mais casual e confortável, de modo a que se sinta em férias mesmo se a viagem é de negócios.

Os acessórios também podem ajudar a equilibrar as composições nessas produções. Quanto mais apelativos, melhores para usar fora do ambiente de escritório e ajudarem a fazer da sua viagem um sucesso. Uma boa maquilhagem também pode ajudar na transição entre a sala de reunião e a rua.

Cuidados básicos de saúde em viagem

Nas deslocações, sejam elas de trabalho ou lazer, a bagagem deve também incluir a chamada Farmácia de férias. Esta deve ser elaborada tendo em conta o destino, a duração da viagem e a situação clínica do viajante.

A mudança de clima, nomeadamente da humidade e temperatura, bem como da altitude, não deve deixar-nos esquecer as diferentes condições higienossanitárias de cada região e a eventual presença de agentes infeciosos específicos do lugar de destino. Para lá da chamada ‘consulta do viajante’ – que só será preciso fazer se o destino for um local exótico -, convém incluir na bagagem os artigos básicos de higiene e, pelo menos e em função do local de destino, alguns analgésicos e antipiréticos, anti-inflamatórios e anti-histamínicos, laxantes e sais de reidratação oral, repelentes de insetos, protetor solar e hidratante, termómetro e preservativos.

Viajar em tranquilidade

Alguns dias antes de viajar, convém ainda verificar se e como o sistema de segurança social do país dá apoio a casos de acidente doença, em especial se a viagem é ao estrangeiro – em Portugal, por exemplo, pode beneficiar do Cartão Europeu do Seguro de Doença. Para proteção contra furtos ou roubos e acidentes ou doença, poderá também querer fazer um seguro de viagem. Afinal, mais vale prevenir do que remediar. Se passar uns dias fora de casa tem sempre alguns contratempos e imprevistos, todos queremos mesmo é passá-los em tranquilidade, sejam eles de férias ou de trabalho.

Com este conjunto de informações básicas, mas úteis, e pesquisando alguma informação complementar específica sobre os lugares da estadia será fácil preparar uma boa mala de bagagem para se sentir confortável e arrasar, quer numa viagem de trabalho quer  nos passeios turísticos.

1ª Página. Clique aqui e veja tudo o que temos para lhe oferecer.vila nova online - 1ª página - diário digital generalista de âmbito regional - desporto

Imagem: Vlada Karpovich/Pexels

VILA NOVA, o seu diário digital. Conte connosco, nós contamos consigo.

Se chegou até aqui é porque provavelmente aprecia o trabalho que estamos a desenvolver.

VILA NOVA é cidadania e serviço público.

Diário digital generalista de âmbito regional, a VILA NOVA é gratuita para os leitores e sempre será.

No entanto, a VILA NOVA tem custos, entre os quais a manutenção e renovação de equipamento, despesas de representação, transportes e telecomunicações, alojamento de páginas na rede, taxas específicas da atividade.

Para lá disso, a VILA NOVA pretende produzir e distribuir cada vez mais e melhor informação, com independência e com a diversidade de opiniões própria de uma sociedade aberta.

Como contribuir e apoiar a VILA NOVA?

Se considera válido o trabalho realizado, não deixe de efetuar o seu simbólico contributo sob a forma de donativo através de mbway, netbanking, multibanco ou paypal.

MBWay: 919983484

NiB: 0065 0922 00017890002 91

IBAN: PT 50 0065 0922 00017890002 91

BIC/SWIFT: BESZ PT PL

Paypal: pedrocosta@vilanovaonline.pt

Envie-nos os seus dados e na volta do correio receberá o respetivo recibo para efeitos fiscais ou outros.

Gratos pela sua colaboração.

Publicidade | VILA NOVA: deixe aqui a sua Marca

Pub

Categorias: LifeStyle

Acerca do Autor

Comente este artigo

Only registered users can comment.