CDU vê balanço muito positivo na gestão pública do Hospital de Braga

CDU vê balanço muito positivo na gestão pública do Hospital de Braga

Pub

 

 

A CDU visitou hoje o Hospital de Braga, tendo reunido com o seu Conselho de Administração. A delegação da CDU foi constituída por dois candidatos à Assembleia da República pelo Círculo Eleitoral de Braga nas eleições legislativas de janeiro de 2022 – Torcato Ribeiro, de Guimarães, cabeça de lista da coligação, e Carlos Almeida, de Braga – e por Belmiro Magalhães, da Comissão Política do Comité Central do PCP.

Intervenção decisiva da CDU no sentido da gestão pública do Hospital de Braga

Muito agradada e satisfeita com os resultados obtidos pela atual gestão, ainda muito recentemente avaliada pelo próprio SNS como de excelentes resultados, a coligação partidária que reúne PCP e ‘Os Verdes’ sob uma única sigla considera que o fim da PPP que geria este hospital se revelou uma ‘importante decisão para a qual foi decisiva a constante intervenção da CDU na Assembleia da República’. ‘Como era de prever’, acrescenta, ‘desde então mantém-se uma feroz batalha de propaganda, desvirtuando factos, omitindo dados fundamentais, explorando carências reais que persistem, procurando confundir a população e criar as condições para fazer andar para trás o que a luta e a contribuição da CDU fizeram andar para a frente’.

Torcato Ribeiro: Ainda assim, ‘o Hospital de Braga precisa de realizar investimentos’

Após o encontro, Torcato Ribeiro referiu que “o Hospital de Braga apresenta indicadores que superaram significativamente a atividade contratualizada com o Estado, em áreas tão relevantes como as primeiras consultas, consultas subsequentes e cirurgias, comprovando o acerto da decisão de reversão da PPP de gestão clínica do Hospital” . No entanto, realçou também que “o Hospital precisa de realizar investimentos em equipamentos importantes cujo período de vida se aproxima do fim, de que são exemplos os aceleradores lineares para tratamentos oncológicos, pelo que há que proceder à sua substituição”.

Muito importante a correcção da situação dos profissionais de saúde

Aproveitando para se referir às questões laborais que foram também pano de fundo aquando do desfecho da anterior PPP, o cabeça de lista da CDU Torcato Ribeiro assinalou ainda “não ter sido pouco importante a correcção da situação de discriminação em que se encontravam os profissionais deste hospital em matéria de horário de trabalho, salários e de carreiras, comparativamente com trabalhadores dos outros hospitais”.

Carlos Almeida: ‘Avançar no sentido da expansão de instalações’

Por seu lado, Carlos Almeida, candidato a deputado pela CDU, referiu que “está identificada a necessidade de expansão das instalações do hospital, que deveria ser devidamente considerada pelo Governo. O Hospital, e bem, tem recorrido ao aluguer de salas cirúrgicas noutras instituições para poder aumentar a sua capacidade de resposta. Ora, isto demonstra que é necessário construir novas instalações. Há que avançar neste sentido!”. Entretanto, acrescentou que “ainda se mantém uma polémica PPP na gestão do edifício e do estacionamento que merece ser avaliada devidamente”, uma vez que “há reclamações sobre os preços de aparcamento pago por funcionários e utentes.”

CDU não deixa de manifestar algum desapontamento

Apesar desta nota geral de regozijo, a CDU não deixa de manifestar algum desapontamento por considerar que o Hospital de Braga poderia prestar um melhor serviço às populações pelo que reputa ser resultado de políticas que o PS – e indiretamente o Governo – não quis inverter ou deixar concretizar, nomeadamente a contratação de mais médicos, enfermeiros e auxiliares, ao avanço da progressão das carreiras dos actuais profissionais de saúde e a aquisição de meios técnicos que poderiam proporcionar as condições necessárias para internalizar mais serviços.

1ª Página. Clique aqui e veja tudo o que temos para lhe oferecer.vila nova online - 1ª página - notícias - informação - jornal - diário digital generalista de âmbito regional

Imagem: CDU

VILA NOVA, o seu diário digital. Conte connosco, nós contamos consigo.

Se chegou até aqui é porque provavelmente aprecia o trabalho que estamos a desenvolver.

VILA NOVA é cidadania e serviço público.

Diário digital generalista de âmbito regional, a VILA NOVA é gratuita para os leitores e sempre será.

No entanto, a VILA NOVA tem custos, entre os quais a manutenção e renovação de equipamento, despesas de representação, transportes e telecomunicações, alojamento de páginas na rede, taxas específicas da atividade, entre outros.

Para lá disso, a VILA NOVA pretende produzir e distribuir cada vez mais e melhor informação, com independência e com a diversidade de opiniões própria de uma sociedade aberta. A melhor forma de o fazermos é dispormos de independência financeira.

Como contribuir e apoiar a VILA NOVA?

Se considera válido o trabalho realizado, não deixe de efetuar o seu simbólico contributo sob a forma de donativo através de mbway, netbanking, multibanco ou paypal.

MBWay: 919983484

NiB: 0065 0922 00017890002 91

IBAN: PT 50 0065 0922 00017890002 91

BIC/SWIFT: BESZ PT PL

Paypal: pedrocosta@vilanovaonline.pt

Envie-nos os seus dados e na volta do correio receberá o respetivo recibo para efeitos fiscais ou outros.

Gratos pela sua colaboração.

Publicidade | VILA NOVA: deixe aqui a sua Marca

Pub

Categorias: Braga, Política, Saúde

Acerca do Autor

Comente este artigo

Only registered users can comment.