Saber como consolidar créditos, reduzir despesas fixas, definir objetivos financeiros, aproveitar promoções e investir num PPR são chave para uma vida mais tranquila

5 dicas financeiras para poupar dinheiro em 2022

5 dicas financeiras para poupar dinheiro em 2022

Pub

 

 

No poupar está o ganho.

 

Se quer entrar em 2022 com o modo de poupança ativado, mas não sabe por onde começar, damos-lhe uma ajuda com cinco dicas financeiras que lhe irão permitir economizar dinheiro, de forma simples e sem grandes sacrifícios, no ano que se avizinha, garantindo-lhe uma vida mais tranquila.

5 dicas financeiras para poupar dinheiro em 2022

Consolidar Créditos

Uma das melhores formas de entrar em 2022 a poupar é fazer contas às prestações mensais de crédito que está a pagar e perceber em que ponto se encontra a sua taxa de esforço, isto é, a percentagem do seu orçamento que vai diretamente para o pagamento destes encargos.

Para a calcular divida o total dos encargos financeiros com as prestações de crédito pelo rendimento líquido total do agregado familiar. Em seguida, multiplique por 100 o valor obtido, de acordo com o valor de referência do Banco de Portugal. A taxa de esforço não deve ultrapassar os 50%, pelo que este é um bom indicador para saber se deve ou não partir de imediato para a consolidação de créditos.

Quer se encontre nesta situação ou apenas queira juntar todas as prestações mensais numa só, perante uma única instituição de crédito e com taxas de juro mais baixas, o crédito consolidado acaba por representar um excelente instrumento de poupança ou de simplificação das contas do dia a dia.

A digitalização de uma grande parte dos serviços bancários veio agilizar a contratação de serviços e o caso do crédito consolidado não é exceção. Basta pesquisar online por crédito consolidado e ser-lhe-ão apresentadas uma série de propostas, como é o caso da proveniente do UNIBANCO.

Ao entrar na página do UNIBANCO irá deparar-se com um simulador de crédito consolidado que lhe irá permitir calcular o valor de mensalidade para valores de empréstimo que vão dos 5 mil aos 75 mil euros e prazos de reembolso entre 24 e 84 meses. Caso a proposta lhe agrade, não terá que se dirigir a qualquer balcão da instituição, uma vez que todo o processo de contratualização é realizado online.

Após a submissão online do pedido de crédito consolidado, esta instituição financeira irá proceder à análise do seu perfil financeiro e da viabilidade do crédito. Aprovado o crédito, nada mais terá com que se preocupar para lá de manter a sua conta provisioanda pelo valor acordado, uma vez que será procedida à liquidação dos créditos junta da(s) outra(s) instituição(ões) financeira(s) por parte do UNIBANCO.

Reduzir despesas fixas

Há despesas que não conseguimos eliminar de todo. Serviços de telecomunicações, eletricidade e gás, são serviços que acabam por drenar uma boa parte dos nossos recursos financeiros, mas existem formas de, pelo menos, mitigar, o seu impacto no orçamento mensal.

Assim, no caso das subscrições de serviços de televisão, telemóvel e Internet pode começar por comparar quanto está a pagar por cada um deles no simulador que o site da ANACOM (Autoridade Nacional de Comunicações) disponibiliza e, caso encontre tarifários mais amigos da sua carteira, não hesite em mudar.

Deve tomar a mesma atitude em relação aos contratos de eletricidade e gás. Recorra ao simulador de preços de energia da ERSE (Entidade Reguladora dos Serviços Energéticos) e compare os preços nos diversos fornecedores a operarem no mercado português. Uma outra dica em relação à eletricidade: verifique a potência que tem contratada e procure perceber se não é demasiado alta para aquilo que a sua habitação necessita. Se isso estiver a acontecer, solicite uma diminuição de potência ao seu fornecedor. Este simples gesto poderá permitir-lhe poupar um montante interessante no final do mês.

Virando as agulhas para os serviços bancários, opte por aqueles sem custos de manutenção e reveja as apólices de seguro que tem e quanto está a pagar.

Caso possua um crédito à habitação, repare no seu extrato e veja qual o spread que o banco lhe está a cobrar. Se o valor for superior a 1,5%, chegou a hora de renegociar.

Definir objetivos financeiros

Economizar dinheiro passa, igualmente, por estabelecer metas de poupança. Além de permitir acompanhar o seu desempenho ao longo do ano, a definição de objetivos financeiros claros facilita a reorganização das suas finanças em função das metas a que se propôs.

Os objetivos dependem, muitas vezes, do seu ciclo de vida: comprar casa ou carro, aumentar a família ou poupar para a reforma, entre outros. Para facilitar a concretização dos seus objetivos de longo prazo defina metas curtas e intercalares.

Pondere criar um orçamento mensal onde se encontre discriminada a percentagem do salário que será gasta em cada categoria de despesa, como eletricidade, água, combustíveis, alimentação, vestuário, entre outros.

Aproveitar as promoções e evitar as compras por impulso

Evite as compras por impulso e as modas. Pense primeiro, compre depois, isto é, seja pragmático com os produtos/serviços onde investe o seu dinheiro. Este pragmatismo passa, por exemplo, por comparar os preços para um mesmo produto em diferentes estabelecimentos e aproveitar os saldos, promoções e descontos.

Investir num PPR

Apesar de poder parecer contraproducente investir quando o objetivo é poupar, a verdade é que alocar uma parte do seu rendimento mensal para a contratualização de um PPR (Plano Poupança Reforma) não só é uma boa forma de impor regras ao seu orçamento e começar a poupar para a reforma, como lhe permitirá beneficiar de taxas de imposto mais reduzidas sobre os juros no momento do reembolso do IRS. Aliás, os PPR são dedutíveis até 20% no IRS, em valores que oscilam entre um máximo de 300,00 euros a 400,00 em função da idade do subscritor.

1ª Página. Clique aqui e veja tudo o que temos para lhe oferecer.vila nova online - 1ª página - finanças - europa - prr - joão leão - primeiro pagamento

Será o ouro tão bom investimento quanto parece?

Imagem: Eduard Reisenhauer / Pixabay

VILA NOVA, o seu diário digital. Conte connosco, nós contamos consigo.

Se chegou até aqui é porque provavelmente aprecia o trabalho que estamos a desenvolver.

VILA NOVA é cidadania e serviço público.

Diário digital generalista de âmbito regional, a VILA NOVA é gratuita para os leitores e sempre será.

No entanto, a VILA NOVA tem custos, entre os quais a manutenção e renovação de equipamento, despesas de representação, transportes e telecomunicações, alojamento de páginas na rede, taxas específicas da atividade, entre outros.

Para lá disso, a VILA NOVA pretende produzir e distribuir cada vez mais e melhor informação, com independência e com a diversidade de opiniões própria de uma sociedade aberta. A melhor forma de o fazermos é dispormos de independência financeira.

Como contribuir e apoiar a VILA NOVA?

Se considera válido o trabalho realizado, não deixe de efetuar o seu simbólico contributo sob a forma de donativo através de mbway, netbanking, multibanco ou paypal.

MBWay: 919983484

NiB: 0065 0922 00017890002 91

IBAN: PT 50 0065 0922 00017890002 91

BIC/SWIFT: BESZ PT PL

Paypal: pedrocosta@vilanovaonline.pt

Envie-nos os seus dados e na volta do correio receberá o respetivo recibo para efeitos fiscais ou outros.

Gratos pela sua colaboração.

Consumidores exigem alívio sobre carga fiscal das poupanças

Crédito Consolidado – uma alternativa às moratórias

Publicidade | VILA NOVA: deixe aqui a sua Marca

Pub

Categorias: Economia, Finanças

Acerca do Autor

Comente este artigo

Only registered users can comment.