Em Famalicão, ‘em todas as ruas te encontro, em todas as ruas te perco’

‘Encontros Cesariny’ voltam a homenagear Mestre do Surrealismo

‘Encontros Cesariny’ voltam a homenagear Mestre do Surrealismo

Pub

 

 

A Fundação Cupertino de Miranda, detentora do legado do artista (parte da sua biblioteca e do seu acervo artístico e documental), realiza de 25 a 27 de novembro a XV edição dos Encontros Mário Cesariny, com o intuito de homenagear um dos principais representantes do Surrealismo português e internacional, considerado um dos grandes nomes da cultura nacional.

Mário Cesariny de Vasconcelos foi um dos grandes mestres do Surrealismo, tendo assumido em vida uma relação de grande proximidade e amizade com a Fundação Cupertino de Miranda.

A programação é vasta e conta no seu programa com diversas atividades, nomeadamente o lançamento de livros, declamação de poesia, oficinas de expressão plástica e um concerto, entre outros.

Em complemento, na livraria da Fundação Cupertino de Miranda, os livros de Mário Cesariny de Vasconcelos beneficiam de um desconto de 10% não acumulável com outras promoções durante todo o mês de novembro.

Recorde-se um dos mais belos dos seus poemas, Em todas as ruas te encontro:

“Em todas as ruas te encontro / Em todas as ruas te perco / conheço tão bem o teu corpo / sonhei tanto a tua figura / que é de olhos fechados / que eu ando a limitar a tua altura / e bebo a água e sorvo o ar / que te atravessou a cintura / tanto, tão perto, tão real / que o meu corpo se transfigura / e toca o seu próprio elemento / num corpo que já não é seu / num rio que desapareceu / onde um braço teu me procura // Em todas as ruas te encontro / Em todas as ruas te perco”.

mário cesariny - encontros xv - 2021 - 25 a 27 de novembro - fundação cupertino de miranda - banner

PROGRAMA

QUINTA-FEIRA | 25 NOVEMBRO 

14h00-18h00 Poesia na Rua pela Oficina Locomovente da Poesia. Coordenação de Isaque Ferreira, com João Rios e Rui Spranger. SEXTA-FEIRA | 26 NOVEMBRO 

10h00, 11h00, 14h30, 16h00 À janela, oficina de expressão dramática direcionada para o público escolar e sénior. Serviço Educativo *

21h30 A Mário Cesariny – Música e Poesia Coordenação Musical – ARTAVE (Escola Profissional Artística do Vale do Ave). Auditório** Coordenação Poesia – Isaque Ferreira, convidado Manuel Rosa. Pequeno Auditório ** SÁBADO | 27 NOVEMBRO 16h00 Caderno 19, do Centro Português do Surrealismo, apresentado por Perfecto E. Cuadrado. Pequeno Auditório ** Textos de afirmação e de combate do Movimento Surrealista Mundial – Mário Cesariny, apresentado por Manuel Rosa. Pequeno Auditório **

17h30 Welcome to Elsinore, concerto por Manuel João Vieira. Auditório **

18h30 Cocktail.

mário cesariny - surrealismo - fundação cupertino de miranda - encontros - poeta - artista plástico

Quem foi Mário Cesariny de Vasconcelos?

Mário Cesariny de Vasconcelos, nasceu a 9 de agosto de 1923, em Lisboa, e foi poeta, pintor, tradutor e considerado um dos grandes Mestres do Surrealismo Plástico e Literário Português.

Frequentou a Escola Artística António Arroio, entre 1936 e1943, onde conheceu vários outros artistas tais como Cruzeiro Seixas, Fernando de Azevedo, Júlio Pomar, Pedro Oom, entre outros, e com a companhia destes começa a frequentar o Café Herminius.

Destacou-se no Surrealismo plástico pelo seu pioneirismo na introdução de novas técnicas, exploração de materiais e pela impregnação de humor, ironia, crítica, irreverência e drama.

Mário Cesariny desenvolveu um percurso brilhante, adotando uma postura de impulsionador e promotor de diversas exposições em Portugal e no estrangeiro, estabelecendo contactos internacionais, nomeadamente com o grupo Phases. O seu percurso individual e coletivo foi pautado por diversas exposições e publicações que o distinguiram como detentor de uma das obras literárias mais ricas e carregadas de complexidade do nosso tempo.

Foi condecorado pelo Presidente da República Jorge Sampaio, em 2005, com a Grã-Cruz da Ordem da Liberdade, a mais alta condecoração oficial do Estado Português.

O artista e poeta possibilitou a incorporação por compra, doação e legado de uma grande parte da sua biblioteca e acervos artístico e documental à Fundação Cupertino de Miranda.

Mário Cesariny faleceu a 26 de novembro de 2006, em Lisboa.

1ª Página. Clique aqui e veja tudo o que temos para lhe oferecer.vila nova online - 1ª página

‘A Inocência de António Paulo Tomaz’ apresenta-se em Famalicão

Imagens: 0) Eduardo Tomé, 1,2) FCM

VILA NOVA, o seu diário digital. Conte connosco, nós contamos consigo.

Se chegou até aqui é porque provavelmente aprecia o trabalho que estamos a desenvolver.

A VILA NOVA é cidadania e serviço público.

Diário digital generalista de âmbito regional, a VILA NOVA é gratuita para os leitores e sempre será.

No entanto, a VILA NOVA tem custos, entre os quais a manutenção e renovação de equipamento, despesas de representação, transportes e telecomunicações, alojamento de páginas na rede, taxas específicas da atividade.

Para lá disso, a VILA NOVA pretende produzir e distribuir cada vez mais e melhor informação, com independência e com a diversidade de opiniões própria de uma sociedade aberta.

Como contribuir e apoiar a VILA NOVA?

Se considera válido o trabalho realizado, não deixe de efetuar o seu simbólico contributo sob a forma de donativo através de netbanking ou multibanco (preferencial), mbway ou paypal.

NiB: 0065 0922 00017890002 91

IBAN: PT 50 0065 0922 00017890002 91

BIC/SWIFT: BESZ PT PL

MBWay: 919983484

Paypal: pedrocosta@vilanovaonline.pt

Envie-nos os seus dados e na volta do correio receberá o respetivo recibo para efeitos fiscais ou outros.

Gratos pela sua colaboração.

Pub

About Author

Write a Comment

Only registered users can comment.