Água é solvente utilizado para uma produção mais sustentável das telas produtoras de energia solar

Universidade do Minho produz novas tintas ecológicas para painéis fotovoltaicos

Universidade do Minho produz novas tintas ecológicas para painéis fotovoltaicos

Pub

 

 

Na Universidade do Minho (UMinho), um grupo de investigadores dos Centros de Física e Química da Escola de Ciências (ECUM) conduziu um estudo em que conseguiu fabricar painéis fotovoltaicos com menor impacto ambiental do que o habitual mediante a utilização de duas tintas aquosas com propriedades adequadas à impressão por serigrafia, técnica amplamente utilizada na indústria têxtil.         

Uma vez que a técnica da serigrafia pressupõe a utilização de tintas, este trabalho foca-se na formulação de tintas cujo solvente é a água, para uma produção sustentável de camadas fotoabsorventes. Além disso, segundo os investigadores, a serigrafia é uma técnica de deposição de materiais considerada ecológica, de baixo custo e de fácil acesso. Esta acaba por ser uma alternativa às técnicas de deposição tradicionais sob vácuo, que apresentam um elevado custo e necessitam de grande quantidade de energia elétrica para funcionar.

Aquilo que o estudo conclui é que, após otimização das tintas aquosas, é possível obter camadas fotoabsorventes bastante promissoras e com caraterísticas bastante competitivas e comparáveis àquelas produzidas com solventes tóxicos, para o posterior desenvolvimento de equipamentos produtores de energias renováveis. Isto também resultou no desenvolvimento de um dispositivo fotovoltaico com a eficiência mais alta reportada na literatura para impressão por serigrafia de camadas foto-absorventes, superando aquelas produzidas de forma menos sustentável.

Novos solventes dão origem a painéis menos eficientes, mas muito mais ecológicos

“A investigação científica dos próximos anos alinha-se com o desenvolvimento de materiais inovadores seguindo uma vertente mais ecológica no seu processamento. Em especial, na investigação de formulação de tintas, o uso de solventes considerados tóxicos, tanto para nós como para o meio ambiente, tem permitido obter tecnologias cada vez mais eficientes, mas com elevado impacto ambiental. Com este trabalho procuramos substituir esses solventes tóxicos por água, um dos solventes ‘verdes’ mais desejáveis devido à sua inocuidade e disponibilidade. No entanto, o uso de solventes ‘verdes’ pode resultar em tecnologias menos eficientes quando comparados com os solventes tóxicos”, explica Bruna Gonçalves, investigadora dos Centros de Física e Química da ECUM.

A investigação ficou a cargo dos investigadores Bruna Gonçalves, do Centro de Física (CFUM) e de Química (CQUM), Gabriela Botelho, do CQUM, Senentxu Lanceros-Méndez, do CFUM e BCMaterials, e Yury Kolen’ko, do INL.

1ª Página. Clique aqui e veja tudo o que temos para lhe oferecer.vila nova online - 1ª página - finanças - europa - prr - joão leão - primeiro pagamento

Mário Passos e Joaquim Carneiro lançam ‘Sistemas Fotovoltaicos’

Vale Eficiência permite melhorar eficácia energética de 100 mil famílias

Imagem: ECUM

VILA NOVA, o seu diário digital. Conte connosco, nós contamos consigo.

Se chegou até aqui é porque provavelmente aprecia o trabalho que estamos a desenvolver.

VILA NOVA é cidadania e serviço público.

Diário digital generalista de âmbito regional, a VILA NOVA é gratuita para os leitores e sempre será.

No entanto, a VILA NOVA tem custos, entre os quais a manutenção e renovação de equipamento, despesas de representação, transportes e telecomunicações, alojamento de páginas na rede, taxas específicas da atividade.

Para lá disso, a VILA NOVA pretende produzir e distribuir cada vez mais e melhor informação, com independência e com a diversidade de opiniões própria de uma sociedade aberta.

Como contribuir e apoiar a VILA NOVA?

Se considera válido o trabalho realizado, não deixe de efetuar o seu simbólico contributo sob a forma de donativo através de mbway, netbanking, multibanco ou paypal.

MBWay: 919983484

NiB: 0065 0922 00017890002 91

IBAN: PT 50 0065 0922 00017890002 91

BIC/SWIFT: BESZ PT PL

Paypal: pedrocosta@vilanovaonline.pt

Envie-nos os deus dados e na volta do correio receberá o respetivo recibo para efeitos fiscais ou outros.

Gratos pela sua colaboração.

Energia | Rosseti Engenharia na construção do maior empreendimento fotovoltaico da Europa

Pub

About Author

Write a Comment

Only registered users can comment.