Iniciativa em São Miguel de Seide insere-se no Ciclo de Conferências organizado pelo Consórcio Minho Inovação

Ana Plácido tema de conferência sobre a Mulher no Minho Oitocentista

Ana Plácido tema de conferência sobre a Mulher no Minho Oitocentista

Pub

 

 

“A Mulher no Minho Oitocentista: o caso de Ana Plácido” é o tema da próxima conferência do ciclo “Estórias do Minho – Narrativas no Feminino de uma Geografia Identitária”, que vai decorrer no sábado, 20 de novembro, pelas 16h00, no auditório da Casa de Camilo, no Centro de Estudos Camilianos, em São Miguel de Seide, Vila Nova de Famalicão. O ciclo de conferências que arrancou no início de 2020 é organizado pelo Minho In – Consórcio Minho Inovação, que integra as três Comunidades Intermunicipais do Alto Minho, Cávado e Ave e foi criado no âmbito do projeto âncora «PA2. Touring Cultural – Identidade Cultural do Minho», cofinanciado pelo Programa Norte 2020.

Com este Ciclo de Conferências, que está a percorrer os 24 municípios do Minho, pretende-se valorizar um olhar inovador sobre a herança cultural do Minho rememorada no feminino, enquanto sociedade de forte tradição matriarcal, propiciando uma narrativa congregadora de saberes e valores identitários que importam estudar, conhecer, cuidar, preservar, valorizar e divulgar. Para a realização das conferências, são convidadas personalidades académicas com trabalho de investigação de relevo no assunto em análise: “Identidade Cultural do Minho”. Além de fornecer aos participantes os conteúdos sobre os temas propostos, a organização pretende promover uma experiência identitária do território, através da dinamização de um momento cultural ligado a cada uma das conferências.

A conferência de Famalicão estará a cargo de Irene Maria de Montezuma de Carvalho Mendes Vaquinhas, Professora Catedrática da Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra, e subordinar-se-á ao tema “As mulheres na família e na sociedade do século XIX”. Tendo como ponto de reflexão a figura de Ana Augusta Plácido, a maior especialista da História da Vida Privada em Portugal irá debruçar-se sobre o papel das mulheres do Minho oitocentista, quer ao nível das relações de poder e de afeto no seio familiar, quer no respeitante ao modo como as mulheres podiam ou se deviam comportar em sociedade segundo os padrões, sobretudo morais, da época.

Esta sessão contará com outras duas intervenções. A primeira será realizada por Luciene Marie Pavanelo, da Universidade Estadual Paulista (UNESP), Brasil, que falará sobre “A mulher “real” do Minho versus as “donzelinhas dos romances”: o retrato de Tomásia, por Camilo Castelo Branco”, com a intenção de apresentar uma imagem positiva de Tomásia, como uma mulher forte, em contraposição ao imaginário romântico de Silvestre. A segunda, da responsabilidade de João Paulo Braga, Investigador do Centro de Estudos Filosóficos e Humanísticos da Universidade Católica Portuguesa, focar-se-á na poesia que Camilo Castelo Branco dedicou a Ana Plácido e que inspirou músicos a comporem trechos musicais de relevante interesse. A sessão será moderada pelo Diretor da Casa de Camilo e do Centro de Estudos Camilianos, José Manuel de Oliveira.

Durante a atividade, acontecerão dois momentos musicais, da responsabilidade de Rui Mesquita, onde se interpretarão composições oitocentistas, e será representado, pela atriz Ana Paula Borges Pinto, o texto «Ana Plácido em São Miguel de Seide», da autoria do escritor A. M. Pires Cabral.

A participação neste evento, seja presencial ou através da Casa de Camilo, é gratuita, mas carece de inscrição prévia. Os interessados poderão fazê-lo através do número de telefone 252.309.750 ou do endereço eletrónico geral@camilocastelobranco.org

1ª Página. Clique aqui e veja tudo o que temos para lhe oferecer.vila nova online - 1ª página - finanças - europa - prr - joão leão - primeiro pagamento

Imagem: CEC-VNF

A MULHER NO MINHO OITOCENTISTA – O caso de Ana Augusta Plácido

Programa

  • 16h00 – Sessão de abertura

São Miguel de Seide – Auditório do Centro de Estudos Camilianos

Em representação do Consórcio Minho Inovação:

Júlio Pereira – Primeiro Secretário da CIM Alto Minho

Luís Macedo – Primeiro Secretário da CIM Cávado

Marta Coutada – Primeira Secretária Executiva da CIM Ave

José Manuel de Oliveira – Diretor da Casa de Camilo e do Centro de Estudos Camilianos

Pedro Oliveira – Vereador da Cultura da Câmara Municipal de V. N. de Famalicão

  • 16h10 – Momento musical

Romance – Arthur Napoleon

Piano – Rui Mesquita

Mazurka – E. A. Vianna

Piano – Rui Mesquita

Dança – Diana Leal

  • 16h20 – Conferência

As mulheres na família e na sociedade do século XIX

Irene Maria de Montezuma de Carvalho Mendes Vaquinhas – Doutorada em História e Professora Catedrática da Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra. Investigadora Integrada do Centro de História da Sociedade e da Cultura.

  • 16h50 – Momento teatral

Ana Plácido em São Miguel de Seide

Texto de A.M. Pires Cabral

interpretado pela atriz Ana Paula Borges Pinto

  • 17h00 – Mesa Redonda

Irene Maria de Montezuma de Carvalho Mendes Vaquinhas – Doutorada em História e Professora Catedrática da Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra. Investigadora Integrada do Centro de História da Sociedade e da Cultura.

Luciene Pavanelo – Professora de Literatura Portuguesa da Universidade Estadual Paulista (UNESP), no Instituto de Biociências, Letras e Ciências Exatas do Campus de São José do Rio Preto, São Paulo, Brasil.

João Paulo Braga – Docente e Investigador do Centro de Estudos Filosóficos e Humanísticos da Universidade Católica Portuguesa.

José Manuel de Oliveira (Moderação) – Diretor da Casa de Camilo e do Centro de Estudos Camilianos. Investigador do CITCEM da Faculdade de Letras do Porto.

  • 17h30 – Momento musical

Ó fonte que estais chorando – Francisco Lacerda

Piano – Rui Mesquita

Voz – Maria Gil

Valsa Rosa

Piano – Rui Mesquita

Violino – Mariana Domingues

  • 17h45 – Sessão de Encerramento

Pedro Oliveira – Vereador da Cultura da Câmara Municipal de V. N. de Famalicão

1ª Página. Clique aqui e veja tudo o que temos para lhe oferecer.vila nova online - 1ª página - diário digital generalista de âmbito regional

‘Estórias do Minho’ apresenta conferência ‘Mulheres do mar’ em Caminha

Imagem: M VNF

VILA NOVA, o seu diário digital. Conte connosco, nós contamos consigo.

Se chegou até aqui é porque provavelmente aprecia o trabalho que estamos a desenvolver.

VILA NOVA é cidadania e serviço público.

Diário digital generalista de âmbito regional, a VILA NOVA é gratuita para os leitores e sempre será.

No entanto, a VILA NOVA tem custos, entre os quais a manutenção e renovação de equipamento, despesas de representação, transportes e telecomunicações, alojamento de páginas na rede, taxas específicas da atividade.

Para lá disso, a VILA NOVA pretende produzir e distribuir cada vez mais e melhor informação, com independência e com a diversidade de opiniões própria de uma sociedade aberta.

Como contribuir e apoiar a VILA NOVA?

Se considera válido o trabalho realizado, não deixe de efetuar o seu simbólico contributo sob a forma de donativo através de mbway, netbanking, multibanco ou paypal.

MBWay: 919983484

NiB: 0065 0922 00017890002 91

IBAN: PT 50 0065 0922 00017890002 91

BIC/SWIFT: BESZ PT PL

Paypal: pedrocosta@vilanovaonline.pt

Envie-nos os deus dados e na volta do correio receberá o respetivo recibo para efeitos fiscais ou outros.

Gratos pela sua colaboração.

Fazer parte da História da Fundação e de Famalicão!…

Publicidade | VILA NOVA: deixe aqui a sua Marca

Pub

About Author

Write a Comment

Only registered users can comment.